Atualidades

Evangelho – Mc 9,14-29

2ª-feira da 7ª Semana do Tempo Comum – 20 de Fevereiro de 2017 – Cor: Verde

 ‘Eu tenho fé, mas ajuda a minha falta de fé.’
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Marcos 9,14-29

Naquele tempo:
14Descendo Jesus do monte com Pedro, Tiago e João
e chegando perto dos outros discípulos,
viram que estavam rodeados por uma grande multidão.
Alguns mestres da Lei estavam discutindo com eles.
15Logo que a multidão viu Jesus,
ficou surpresa e correu para saudá-lo.
16Jesus perguntou aos discípulos:
‘O que discutis com eles?’
17Alguém da multidão respondeu:
‘Mestre, eu trouxe a ti meu filho
que tem um espírito mudo.
18Cada vez que o espírito o ataca,
joga-o no chão e ele começa a espumar,
range os dentes e fica completamente rijo.
Eu pedi aos teus discípulos para expulsarem o espírito.
Mas eles não conseguiram.’
19Jesus disse: ‘Ó geração incrédula!
Até quando estarei convosco?
Até quando terei que suportar-vos?
Trazei aqui o menino.’
20E levaram-lhe o menino.
Quando o espírito viu Jesus,
sacudiu violentamente o menino,
que caiu no chão e começou a rolar e a espumar pela boca.
21Jesus perguntou ao pai:
‘Desde quando ele está assim?’
O pai respondeu: ‘Desde criança.
22E muitas vezes,
o espírito já o lançou no fogo e na água para matá-lo.
Se podes fazer alguma coisa,
tem piedade de nós e ajuda-nos.’
23Jesus disse: ‘Se podes!…
Tudo é possível para quem tem fé.’
24O pai do menino disse em alta voz:
‘Eu tenho fé, mas ajuda a minha falta de fé.’
25Jesus viu que a multidão acorria para junto dele.
Então ordenou ao espírito impuro:
‘Espírito mudo e surdo, eu te ordeno
que saias do menino e nunca mais entres nele.’
26O espírito sacudiu o menino com violência,
deu um grito e saiu.
O menino ficou como morto,
e por isso todos diziam: ‘Ele morreu!’
27Mas Jesus pegou a mão do menino,
levantou-o e o menino ficou de pé.
28Depois que Jesus entrou em casa,
os discípulos lhe perguntaram a sós:
‘Por que nós não conseguimos expulsar o espírito?’
29Jesus respondeu:
‘Essa espécie de demônios
não pode ser expulsa de nenhum modo, a não ser pela oração.’
Palavra da Salvação.

Reflexão
Todos nós queremos dar soluções rápidas para todos os problemas e, por isso, podemos ser surpreendidos porque não conseguimos revolvê-los de forma satisfatória ou eles voltam a acontecer. Isso acontece principalmente porque não paramos para refletir sobre o problema e não buscamos todos os meios necessários para a sua superação. Jesus, antes de realizar o exorcismo, conversou com o pai da criança e exigiu dele uma postura de fé. Depois, chamou a atenção dos discípulos sobre a necessidade da oração. Devemos conhecer profundamente os desafios que nos são colocados no trabalho evangelizador e nos preparar em todos os sentidos para a sua superação.

Compartilhe

Subir

Seja o primeiro a comentar »

Seja o primeiro a comentar »


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

Mausoléu do Padre Ângelo Custódio, em Redenção Ce, completa 81 anos!

Tríduo Dom Óscar Romero na Comunidade São José do Parque Santa Rosa

Cardeal Hummes lança livro na Católica de Fortaleza em parceria com a Livraria Paulus 

Papa Francisco nomeia bispo coadjutor para Montenegro (RS)

[Fotos] Caminhada Penitencial 2017

QR Code Business Card