Atualidades

Evangelho – Mc 6,14-29

6ª-feira da 4ª Semana do Tempo Comum – 3 de Fevereiro de 2017 – Cor: Verde

Evangelho – Mc 6,14-29

É João Batista a quem mandei cortar a cabeça, que ressuscitou.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Marcos 6,14-29

Naquele tempo:
14O rei Herodes ouviu falar de Jesus,
cujo nome se tinha tornado muito conhecido.
Alguns diziam: ‘João Batista ressuscitou dos mortos.
Por isso os poderes agem nesse homem.’
15Outros diziam: ‘É Elias.’
Outros ainda diziam:
‘É um profeta como um dos profetas.’
16Ouvindo isto, Herodes disse:
‘Ele é João Batista.
Eu mandei cortar a cabeça dele, mas ele ressuscitou!’
17Herodes tinha mandado prender João,
e colocá-lo acorrentado na prisão.
Fez isso por causa de Herodíades,
mulher do seu irmão Filipe,
com quem se tinha casado.
18João dizia a Herodes:
‘Não te é permitido ficar com a mulher do teu irmão.’
19Por isso Herodíades o odiava
e queria matá-lo, mas não podia.
20Com efeito, Herodes tinha medo de João,
pois sabia que ele era justo e santo,
e por isso o protegia.
Gostava de ouvi-lo,
embora ficasse embaraçado quando o escutava.
21Finalmente, chegou o dia oportuno.
Era o aniversário de Herodes,
e ele fez um grande banquete para os grandes da corte,
os oficiais e os cidadãos importantes da Galiléia.
22A filha de Herodíades entrou e dançou,
agradando a Herodes e seus convidados.
Então o rei disse à moça:
‘Pede-me o que quiseres e eu to darei.’
23E lhe jurou dizendo:
‘Eu te darei qualquer coisa que me pedires,
ainda que seja a metade do meu reino.’
24Ela saiu e perguntou à mãe:
‘O que vou pedir?’
A mãe respondeu:
‘A cabeça de João Batista.’
25E, voltando depressa para junto do rei, pediu:
‘Quero que me dês agora, num prato,
a cabeça de João Batista.’
26O rei ficou muito triste, mas não pôde recusar.
Ele tinha feito o juramento diante dos convidados.
27Imediatamente, o rei mandou
que um soldado fosse buscar a cabeça de João.
O soldado saiu, degolou-o na prisão,
28trouxe a cabeça num prato e a deu à moça.
Ela a entregou à sua mãe.
29Ao saberem disso, os discípulos de João foram lá,
levaram o cadáver e o sepultaram.
Palavra da Salvação.

Reflexão – Mc 6, 14-29 
Todas as pessoas que participam da missão de Jesus, participam também do seu tríplice múnus: sacerdotal, profético e real. Participam do sacerdócio de Cristo através da busca da santificação pessoal e comunitária, da oração, da intercessão, etc. Participa do múnus profético através da palavra que denuncia o pecado e anuncia o Reino e participa do múnus régio pelo serviço aos irmãos e irmãs. A participação no múnus profético exige compromisso com a verdade e os valores morais, que atrai a ira de todos os que são contrários à proposta de Jesus, e, como no caso de João Batista, acarreta em ódio, vingança, perseguição e pode até levar à morte.

Compartilhe

Subir

Seja o primeiro a comentar »

Seja o primeiro a comentar »


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

Lutero e sua marca na História

Inauguração da Centro de Evangelização do Shalom Bela Vista

Papa Francisco pede fim de armas nucleares

Presidente da CNBB foi nomeado pelo Papa Francisco como Relator Geral do Sínodo 2018

Editorial – novembro 2017: “Ano do Laicato no Brasil”


QR Code Business Card