Atualidades

Encontro Internacional reúne responsáveis por juventude em Cracóvia

O II Encontro Internacional de Delegados em preparação para a JMJ Cracóvia 2016 acontece de 25 a 29 de novembro em Cracóvia, Wielicka e Wadowice. Foto: Jovens Conectados.

O II Encontro Internacional de Delegados em preparação para a JMJ Cracóvia 2016 acontece de 25 a 29 de novembro na Polônia. Foto: Jovens Conectados.

Entre 25 e 29 de novembro acontece em Cracóvia, Wielicka e Wadowice, o II Encontro Internacional de Delegados em preparação para a JMJ Cracóvia 2016. Mais de 100 delegações de várias partes do mundo estão presentes. Entre os países de língua portuguesa participam representantes de Angola, Brasil, Cabo Verde, Portugal e Moçambique, este último representado pelo bispo Dom Inacio Saure.
Estamos a apenas oito meses da JMJ e os organizadores não poupam esforços para preparar este evento da melhor forma.
“O objetivo da reunião é que nós (Comitê Organizador Local) sejamos capazes de ouvir a voz de todo o mundo. Os países podem conhecer as expectativas de Cracóvia, visitar a Polônia. Nossa tarefa será responder às dúvidas dos delegados para, em seguida, preparar melhor a JMJ para os participantes que vão ficar em Cracóvia”, explica o Padre Grzegorz Suchodolski, Secretário-Geral do Comitê Organizador Local.
“O Encontro também é usado para trocar informações. Queremos transmitir as nossas ideias a todos os delegados em termos de programa da JMJ e logística, bem como obter feedback. Nós os tratamos como parceiros, com os quais nos comprometemos conjuntamente durante os preparativos. Portanto, no momento da reunião, o nosso comitê será composto não por 60, mas 400 pessoas”, acrescenta o sacerdote Suchodolski.
“Na sexta-feira, em Wadowice, será feita uma apresentação do Comitê e um debate com os participantes. O sábado será dedicado para mostrar-lhes os locais dos Atos Centrais. Os delegados poderão se familiarizar com a topografia da área em Błonia, Campus Misericordiae, Lagiewniki e Centro João Paulo II”, detalha o Padre Suchodolski. “O congresso contará com a presença de representantes do Departamento Consular do Ministério das Relações Exteriores, pois para muitos peregrinos provenientes de países distantes, o problema é conseguir vistos. Queremos ouvir as dúvidas dos delegados, para em seguida preparar as respostas adequadas”, sublinha.
Embora pareça que menos de um ano seja pouco tempo quando se trata de um evento de escala internacional, ainda é possível realizar mudanças, a partir de sugestões dos delegados.
“Somos responsáveis pela logística, mas estamos abertos a ideias diferentes. Deve ser lembrado que os Atos Centrais da JMJ são também encontros de várias nacionalidades e culturas. A presença e troca de opiniões com os delegados é essencial para conhecer as necessidades que devem ser atendidas quando os jovens já estão em Cracóvia”, comenta o secretário-geral.
Portanto, pode-se concluir que o encontro dos delegados é um dos últimos eventos antes da JMJ como oportunidade de ouvir, dialogar e estabelecer uma cooperação mais profunda entre os organizadores do local e representantes de comunidades cristãs de todo o mundo.
A reunião conta com a participação de cerca de 300 pessoas de todos os continentes. Entre os presentes, 13 bispos, alguns membros do Pontifício Conselho para os Leigos, e o seu presidente, o Cardeal Stanislaw Rylko.

Texto: Michał Kłosowski
Tradução: Patricia Paiva
Revisão: Fabíola Goulart

Fonte: www.krakow2016.com/pt/ii-encontro-internacional-de-delegados-do-mundo-para-malopolska

Compartilhe

Subir

Seja o primeiro a comentar »

Seja o primeiro a comentar »


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

Rede Cearense realiza 16º Feirão de Socioeconomia Solidária

Presidente da CNBB recebe organizadores de ato contra a reforma da Previdência

Criaturas novas de Deus

Nossa Senhora de Guadalupe

Editorial – dezembro 2017: “Campanha para a Evangelização”


QR Code Business Card