Atualidades

Dom Leonardo Steiner fala sobre a JMJ Rio2013: “o Santo Padre já está no meio de nós”

Dom Leonardo Steiner, secretario geral da CNBB, está presente na Cidade da Fé, evento da Conferência que está sendo realizado no Rio Centro, Jacarepaguá (RJ). Em entrevista na manhã desta terça-feira, 23 de julho, o secretário relatou o caminho percorrido pela Igreja no Brasil até chegar ao início oficial da JMJ 2013 que será na tarde de hoje, em Copacabana.

Dom Leonardo considera que esse acontecimento é fruto de uma longa e proveitosa preparação por parte das comunidades: “Estamos em plena Jornada Mundial da Juventude. Já vínhamos caminhando há mais de dois anos em vista deste momento desde que demos início à peregrinação da Cruz e do Ícone de Nossa Senhora. Essa peregrinação tornou-se, para nós, um tempo muito forte de evangelização. Em seguida, tivemos a Semana Missionária, outro momento muito importante para os nossos jovens, para nossas Igrejas Particulares. O passo seguinte foi a abertura da Cidade da Fé aqui no Rio Centro, onde temos a presença de tantas instituições católicas, livrarias, escolas, grupos de fazem paramentos, mas também o turismo religioso. O governo fez questão de participar desse evento”.

O secretário geral da CNBB enfatiza o sentido da iniciativa ilustrando que a presença dos destinos do turismo religioso recorda aos jovens que “aqui podemos ver uma verdadeira exposição da riqueza religiosa do Brasil, nossas raízes católicas não apenas nas construções mais antigas do tempo colonial, mas especialmente com os atuais lugares de peregrinação”. Num dos pavilhões do Rio Centro também foi reservado para que os jovens possam assistir a diversos espetáculos de música e também participar de celebrações da Eucaristia. O conjunto dessas atividades, segundo dom Leonardo, “faz dessa Cidade da Fé um lugar muito importante e rico da Jornada”.

Juntamente com o presidente da CNBB, cardeal Raymundo Damasceno Assis, o secretário geral participou de encontros com o Papa Francisco e relatou: “O Santo Padre já está no meio de nós. Ele está realmente muito contente e admirado com o acolhimento do povo brasileiro que considerou muito afetuosa e calorosa”. Dom Leonardo destacou que o Papa foi muito feliz em sua primeira palavra quando, com muito jeito, chegou a pedir licença para entrar no coração dos jovens e do povo brasileiro. Depois, outra expressão “muito bonita”, segundo o secretário que o Papa usou foi de que não trazia “nem ouro e nem prata”, mas Jesus Cristo: “a maneira simples de ele falar mostra o grande desejo de entrar no coração dos jovens e de todos os brasileiros e poder anunciar a beleza do Evangelho”.

Dom Leonardo disse ainda que todos que estavam presentes na reunião de acolhida do Papa Francisco foram “profundamente tocados por uma palavra tão simples, mas uma palavra que quer permanecer no meio de nós”. E sobre os próximos dias, o secretário acrescentou: “agora, os passos seguintes será continuarmos juntos dele para podermos, assim, encontrar com Jesus”. Ao final da entrevista, o secretário geral lembrou que “essa Jornada quer se estender, ter continuidade. Um momento que lança para o futuro a realidade de uma Igreja que sabe trabalhar com os jovens, uma Igreja que está aberta para os jovens, uma Igreja que sabe incentivar os jovens a serem evangelizadores”.

Fonte: CNBB

Compartilhe

Subir

Seja o primeiro a comentar »

Seja o primeiro a comentar »


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

Liturgia Diária: Evangelho – Mt 20,1-16a

Liturgia Diária: Evangelho – Lc 8,4-15

Visita Pastoral na Paróquia de Nossa Senhora da Penha, Maranguape

II Romaria Bíblica e encontro sobre contabilidade na Região São Pedro e São Paulo

Palestras sobre o tema Comunicação na Faculdade Católica de Fortaleza


QR Code Business Card