Atualidades

Dom José Luiz Ferreira Salles lamenta morte de dom Ladislau

“A morte não é fim, mas começo. As realidades vividas aqui vão crescendo até que na morte se dá um desabrochar pleno. As flores que depositamos nos túmulos, as lágrimas que derramamos por quem morreu, é nossa mensagem de protesto e, ao mesmo tempo de compreensão que há um fim, e depois dele um começo”. (Rubem Alves)

Queridos irmãos e irmãs.

D. Ladislau fez ontem a sua páscoa definitiva. Deu um susto em todos nós… Não estávamos ainda preparados para sua partida… Está no coração de Deus. Tive o privilégio de conviver com ele durante 4 anos na Comissão Pastoral para a Caridade Justiça e Paz na CNBB. Apaixonado pela causa agrária e pelos pequenos com seu jeito simples, sempre foi uma voz profética. A nós, resta agradecer ao Pai pela vida generosamente doada. Agradecer por nos ter dado um pastor que deu a vida pelo rebanho. Que a esperança na ressurreição seja força na saudade e o exemplo de sua vida nos fortaleça na caminhada.

Com as palavras do livro da Sabedoria gostaria de me despedir de D. Ladislau: “A sua alma era agradável ao Senhor”” (4, 14). “Ele agradou a Deus e foi por Ele amado”(4, 10).

O Senhor, que nos consola em nossa saudade, esteja convosco e vos fortaleça na fé e na esperança.

D. José Luiz Ferreira Salles, CSsR

Compartilhe

Subir

Seja o primeiro a comentar »

Seja o primeiro a comentar »


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

Lutero e sua marca na História

Inauguração da Centro de Evangelização do Shalom Bela Vista

Papa Francisco pede fim de armas nucleares

Presidente da CNBB foi nomeado pelo Papa Francisco como Relator Geral do Sínodo 2018

Editorial – novembro 2017: “Ano do Laicato no Brasil”


QR Code Business Card