Atualidades

Comissão da CNBB sugere atividades para a Semana Nacional da Família

SNF2013_B_1Tem início no próximo domingo (11), e prossegue até o dia 17 de agosto, a Semana Nacional da Família 2013, com o tema “Transmissão e Educação da Fé Cristã na Família”. O evento é realizado nas comunidades eclesias do Brasil. A Comissão Episcopal Pastoral para a Vida e a Família da CNBB convida as lideranças paroquiais para promoverem com intensidade e criatividade a família cristã nas comunidades e, principalmente, nas cidades. A Semana Família é para “todos aqueles que acreditam e amam a família”, conforme o convite da Comissão.

Como recorda o Documento de Aparecida a “família é um dos tesouros mais importantes dos povos latino-americanos e é patrimônio da humanidade inteira. Em nossos países, uma parte importante da população está afetada por difíceis condições de vida que ameaçam diretamente a instituição familiar. Em nossa condição de discípulos e missionários de Jesus Cristo, somos chamados a trabalhar para que esta situação seja transformada e que a família assuma seu ser e sua missão no âmbito da sociedade e da Igreja”. (DA 451).

O assessor da Comissão para a Vida e a Família da CNBB, padre Wladimir Porreca, sugere algumas atividades motivadoras às comunidades paroquiais para a Semana Nacional da Família 2013:

Nos ambientes da igreja

• Celebrações, conferências, palestras, seminários, cursos, vigílias, memórias, homenagens, Horas Santas, procissões (com foco na liturgia dominical da família).

• Motivar os bispos, padres e seminaristas e, membros afastados e ex-coordenadores da comunidade para a Semana da Família (convidar para almoço, reunião, homenagem)

• Preparar ambiente das comunidades para celebrar a Semana da Família – mudar o ambiente, como no Natal (cartazes, imagens, murais, flores, faixas).

Nos ambientes públicos

• Pelos meios de comunicação – rádio, TV, jornais, boletins, murais, redes sociais (facebook), enviar e-mails temáticos a cada dia. Elaborar textos e falas pequenas e temáticas sobre a beleza da família.

• Manifestações evangélicas nas ruas, na câmara municipal, mesas redondas com lideranças comunitárias e religiosas;

Nas escolas

• Encontros entre os membros das famílias dos alunos no ambiente doméstico;

• Celebrações Ecumênicas, ou não, no ambiente escolar;

• Atividades escolares e lúdicas centradas na temática anual;

• Visibilidade da família cristã: testemunhos, manifestações, caminhadas, publicidade etc.

• Conferências e cursos sobre família

• Utilização do subsídio “Hora da Família” para professores e para as reuniões dos membros das famílias no ambiente doméstico.

• Atividades em comum com as comunidades paroquiais.

• Participação dos docentes e colaboradores em encontros no ambiente escolar e/ou em suas casas.

Fonte: CNBB

Compartilhe

Subir

Seja o primeiro a comentar »

Seja o primeiro a comentar »


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

XIX Assembleia Estadual da Pastoral Operária do Ceará

Visitas Pastorais: uma missão episcopal

São Lucas Evangelista

Papa Francisco nomeia novo bispo para a diocese de Montenegro, no Rio Grande do Sul

18.10.2017 – Audiência Geral


QR Code Business Card