Atualidades

Coletiva sobre a Festa do Jubileu Centenário da Arquidiocese de Fortaleza

Mais de 500 mil pessoas são esperadas na festa do Jubileu Centenário da Arquidiocese de Fortaleza, na próxima sexta-feira, 13, no Condomínio Espiritual Uirapuru (CEU), a partir das 14 horas. Será um momento de grande comunhão com os irmãos da Igreja do Ceará, segundo anunciou o arcebispo de Fortaleza, dom José Antonio Aparecido Tosi Marques, na entrevista coletiva que ocorreu na manhã de hoje na Cúria Arquidiocesana (no Seminário da Prainha). Dom José Antonio lembrou que o dia exato dos 100 anos da Arquidiocese de Fortaleza é hoje, mas a festa foi marcada para sexta-feira próxima para possibilitar a presença do Núncio Apostólico (representante do Papa no Brasil), dom Giovanni D´Aniello que vai presidir a celebração eucarística no dia do evento, às 18h30min. O Núncio Apostólico também trará uma bênção do papa Francisco. Dom José Antonio fez um pequeno histórico da Igreja no Ceará que foi desmembrada da Diocese de Olinda e completou 150 anos de Diocese do Ceará em 2003/2004. A Diocese do Crato, fundada em 1914, celebrou o seu Jubileu Centenário no ano passado e a de Sobral na semana passada. “Num espaço de 50 anos a Igreja no Ceará se multiplicou e foram surgindo mais dioceses. Atualmente são nove: Fortaleza, Crato, Sobral, Limoeiro do Norte, Tianguá, Quixadá, Crateús, Itapipoca e Iguatu. Tudo é fruto do amor de Deus. O amor da comunhão dos irmãos”, declarou o arcebispo de Fortaleza que lembrou as palavras do papa Francisco: o cristão deve viver a alegria do Evangelho. “No mundo temos um grande peso de indiferença. Essa indiferença é vencida pelo Evangelho. Quando se vê pela luz do Evangelho, ninguém é excluído ou descartado”, disse dom José Antonio. Sobre a programação da festa do Jubileu Centenário, o padre Francisco Antônio Francileudo explicou que terá início com a acolhida das caravanas. Depois, em 10 blocos, haverá apresentações artísticas. O primeiro será Naldo José, com o forró cristão. Às 15 horas, será recitado o Terço da Misericórdia com o frei Jurandir, padre Antônio Furtado, padre Geilson e irmã Kelly Patrícia. Em seguida, a apresentação do poeta José Jurandir, das Comunidades Eclesiais de Base (Ceb’s). Também se apresentarão os cantores Zé Vicente e Waldonys, a Comunidade Recado e Missionário Shalom. A concelebração eucarística terá início às 18h30min. E o término da festa será feita pelo padre Reginaldo Manzotti. A previsão é que toda a festividade se encerre às 22h30min. Dezoito bispos confirmaram presença, inclusive dom Sérgio da Rocha, presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). Também estarão na festa, mais de 300 padres, 100 seminaristas, 200 Ministros Extraordinários da Sagrada Comunhão e a colaboração de aproximadamente 500 voluntários. Representantes do Corpo de Bombeiros, Polícias Civil e Militar, AMC e ETUFOR estiveram presentes na entrevista coletiva para falar sobre a segurança do local do evento. Mais informações no Setor de Comunicação da Arquidiocese de Fortaleza – (85)33888703 ou no site www.arquidiocesedefortaleza.org.br email: pascom@arquidiocesedefortaleza.org.br

                                 IMG_4095  IMG_4097 IMG_4098     IMG_4103  IMG_4105 IMG_4106    IMG_4110

Compartilhe

Subir

Seja o primeiro a comentar »

Seja o primeiro a comentar »


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

Crianças, adolescentes e adultos se reúnem para formação em Fortaleza

Conduzidos pela mão de Deus

Nota de repúdio dos bispos do Regional CNBB NE1-Ceará diante do escárnio público contra os símbolos sagrados

Em 2017, o Dia Mundial dos Pobres dia será celebrado em 19 de novembro.

Coleta da Campanha Missionária acontece neste final de semana no Brasil e no mundo


QR Code Business Card