Atualidades

CNBB promove em Brasília a 5ª Semana Social Brasileira e debate “O Estado que temos e o Estado que queremos”

cnbb1

A Comissão Episcopal Pastoral para o Serviço da Caridade, da Justiça e Paz da CNBB, em parceria com movimentos sociais, promove em Brasília (DF), de 2 e 5 de setembro de 2013, o seminário que marca o encerramento da 5ª Semana Social Brasileira (SSB). O evento será realizado no Centro Cultural de Brasília e debaterá “O Estado que temos e o Estado que queremos”. A abertura, na tarde desta segunda-feira, 2 de setembro, às 15 horas, contará com a presença do presidente da Conferência, cardeal Raymundo Damasceno Assis.

A SSB é uma mobilização da sociedade a partir das comunidades eclesiais, dos movimentos sociais, das pastorais e dos organismos para uma reflexão crítica das estruturas do Estado. Nesta edição, a Semana propõe um reforço aos mecanismos de controle do Estado, mediante a ampliação e universalização da democracia participativa e direta, para além da democracia representativa.

A mobilização é realizada no Brasil desde o final da década de 1990. A temática desta edição foi motivada pelas constantes denúncias de corrupção de agentes do Estado brasileiro. Em março de 2010, a CNBB, como uma forma de contribuir com o debate crítico sobre a situação, publicou o documento “Por uma reforma do Estado com participação”. Desde então, as pastorais sociais decidiram promover a 5ª SSB para aprofundar o debate sobre o Estado. Em abril de 2011, a Assembleia Geral dos Bispos do Brasil aprovou, por unanimidade, a realização da 5ª SSB. No seminário, que tem início hoje em Brasília, serão expostos os resultados da reflexões feitas nos Regionais desde 2011.

Programação completa.

02/09 – segunda

15h – Mesa de abertura. Presenças:

Cardeal Raymundo Damasceno Assis – Arcebispo de Aparecida (SP) e presidente da CNBB

Dom Guilherme Werlang – Bispo de Ipameri (GO) e presidente da Comissão Episcopal Pastoral para o Serviço da Caridade, da Justiça e da Paz da CNBB

Representantes dos Regionais

16h – Reunião dos Regionais.

17h – Celebração de abertura.

19h – Jantar.

19h45 – Filme sobre as manifestações de junho.

21h – Lançamento dos livros: Haití, Quilombolas, Presença pública da igreja; Livro do CEBI.

21h45 – Caminhada celebrativa com as lamparinas.

03/09 – terça

9h – Início dos trabalhos: Primeira rodada de socialização, em forma de testemunhos, a partir dos impactados pelo Estado que temos e fila do povo.

Primeira mesa – Impactados pelo Estado que temos

1- Comitê popular da copa

2- Representantes dos povos tradicionais (quilombolas, indígenas e pescadores)

3- MONADES (atingidos pelas mudanças sócio ambientais)

4- Movimento dos Atingidos pelas Atividades Mineradoras

11h – Segunda mesa de debates – Impactados pelo Estado que temos

1 – Educação (Fórum nacional da educação ou UNE ou CNTE)

2 – Saúde (Pastoral da Saúde)

3 – Transporte (Movimento passe livre)

4 – Trabalho (Pastoral Operária)

5 – Juventude (Levante Popular da Juventude)

6 – Dívida Pública (Jubileu)

7 – Questão Agrária

12h30 – Almoço.

14h – Debate sobre a Reforma Política (na sede da CNBB)

– Lançamento da Coalizão democrática pela Reforma Política e Eleições Limpas.

17h – Composição da mesa e continuidade do debate sobre a Reforma Política (no CCB)

18h – Momento celebrativo

19h – Jantar

19h30 – Cine-fórum “O ano em que meus pais saíram de férias”. Lançar a campanha pela Reforma Política reunindo as entidades da sociedade civil para pressionar o Congresso Nacional.

04/09 – quarta-feira

9h15 – Oficinas.

1ª oficina – Estado e Direitos sociais (educação, saúde)

2ª oficina – Estado e Meio ambiente

3ª oficina – Estado e Reforma urbana

4ª oficina – Estado e Trabalho

5ª oficina – Estado e Meios de comunicação

6ª oficina – Estado, Dívida Pública e Reforma tributaria

7ª oficina – Estado e Juventudes

8ª oficina – Estado e Sociedade Civil (Marco regulatório)

9ª oficina – Estado e Territórios (comunidades tradicionais)

10ª oficina – Estado e Violência

11ª oficina – Estado e Direitos Humanos

11h – Oficinas

Plenária das oficinas (cada oficina apresentará a proposta de três compromissos que, oportunamente, serão votados e assumidos com compromisso da 5ª SSB).

12h30 – Almoço

14h15 – Plenária das oficinas

18h – Celebração eucarística

19h – Jantar e Noite cultural

05/09 – Quinta-feira

9h – Orientação da coordenação.

Trabalhos em grupos por Regional.

12h30 – Almoço

14h15 – Leitura e aprovação da carta compromisso da 5ª SSB e avaliação

15h – Celebração de envio.

Compartilhe

Subir

Seja o primeiro a comentar »

Seja o primeiro a comentar »


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

Lutero e sua marca na História

Inauguração da Centro de Evangelização do Shalom Bela Vista

Papa Francisco pede fim de armas nucleares

Presidente da CNBB foi nomeado pelo Papa Francisco como Relator Geral do Sínodo 2018

Editorial – novembro 2017: “Ano do Laicato no Brasil”


QR Code Business Card