Atualidades

Cardeais concluem congregações gerais: grande expectativa para início do Conclave nesta terça-feira

Realizou-se na manhã desta segunda-feira, 11 de março, na Sala nova do Sínodo, a décima e última Congregação Geral dos cardeais em vista do Conclave que terá início nesta terça-feira. O diretor da Sala de Imprensa da Santa Sé, padre Federico Lombardi, concedeu coletiva aos jornalistas no início desta tarde.

Em primeiro lugar, Pe. Lombardi disse que este último encontro era ocasião para dar aos jornalistas uma série de informações e de detalhes sobre o que haverá nos próximos dias.

A Congregação desta manhã foi a décima: estavam presentes 152 cardeais. No início deste encontro foram sorteados os novos membros da Congregação particular, que devem alternar-se a cada três dias, e os sorteados hoje permanecem na função também durante o Conclave e por isto é constituída por cardeais eleitores.

Os três sorteados que acompanham o Camerlengo foram o Cardeal Antonios Naguib, pela Ordem dos Bispos; Cardeal Marc Ouellet, pela Ordem dos Presbíteros, e o Cardeal Francesco Monterisi, pela Ordem dos Diáconos. Os três purpurados foram escolhidos por sorteio, não por eleição, e permanecendo na função por três dias, se fará o sorteio de outros três, se o Conclave durar mais dias.

Foi uma manhã rica de pronunciamentos, porque, sendo a última Congregação Geral, ainda havia muitas pessoas inscritas para falar. Ao todo, foram 28 pronunciamentos, num total de 161 durante as congregações gerais destes dias.

Portanto, teve-se uma ampla participação, embora talvez alguns desejassem uma duração mais longa. Porém, a Congregação votou não fazer uma congregação na parte da tarde, porque os cardeais têm que se preparar para a transferência para a Casa Santa Marta, onde estarão alojados, e para o Conclave. Portanto, o Colégio cardinalício preferiu concluir as consultas, inclusive reduzindo um pouco a duração dos pronunciamentos.

Dentre os temas abordados durante estes pronunciamentos, destacam-se a situação do Ior (Instituto para as Obras de Religião), com uma breve exposição feita pelo Cardeal Tarcisio Bertone, que na qualidade de presidente do Conselho cardinalício de superintendência, completou a série de pronunciamentos sobre situações econômicas, das quais já se tratou na semana passada. Em seguida, falou-se sobre a natureza do Instituto, do procedimento de inserção no sistema internacional de fiscalização de Moneyval, dentre outros.

Em seguida foram abordados outros temas, mas, em particular, sendo o último encontro, falou-se sobre as expectativas em relação ao Santo Padre, portanto, o perfil e a expectativa em relação ao Pontífice.

Esta tarde ocorreu o juramento daqueles que trabalharão no Conclave, previsto pela Constituição apostólica Universi Dominici gregis, n. 48 e seguintes. A cerimônia, na Capela Paulina, foi presidida pelo Cardeal camerlengo. Cerca de 90 pessoas realizaram o juramento, que é o número das pessoas que auxiliam os cardeais durante o Conclave. Uma das figuras fundamentais é o secretário do Colégio cardinalício, que não é um purpurado e assiste os cardeais durante o Conclave (função esta que será desempenhada pelo Arcebispo Lorenzo Baldisseri); outra função de relevo diz respeito ao Mestre das Cerimônias e aos cerimoniários; além destes, os religiosos e religiosas encarregados da sacristia do Conclave, a sacristia papal.

Ademais, encontram-se também os religiosos para as confissões, médicos e enfermeiros, pessoal do serviço de refeitório e de limpeza na Casa Santa Marta, serviços técnicos, motoristas do microônibus com o qual os cardeais se deslocam da Casa Santa Marta à residência apostólica, pessoal da Guarda Suíça e da segurança.

Nesta terça-feira pela manhã, às 10h locais, será celebrada na Basílica de São Pedro a missa “pro eligendo Romano Pontifice”. O presidente da celebração é o cardeal decano, Angelo Sodano; concelebram todos os cardeais, não somente os eleitores. A homilia será feita em italiano.

No conclave passado a missa “pro eligendo Pontifice” durou 1 hora e 40 minutos, portanto, é presumível que a missa desta terça-feira não passe de duas horas. Não haverá bilhetes para a participação dos fiéis; a entrada será livre para todos que conseguirem entrar na Basílica Vaticana. A entrada para o Conclave é detalhadamente descrita no Ordo rituum conclavis.

No que concerne a esta eleição, amanhã, às 16h30, se terá a procissão dos cardeais da Capela Paulina até a Capela Sistina. Precedentemente os cardeais eleitores terão se transferido da Casa Santa Marta à Capela Paulina. Antes da procissão haverá uma oração comum.

Fonte: CNBB.

Compartilhe

Subir

Seja o primeiro a comentar »

Seja o primeiro a comentar »


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

Clima de alegria, fraternidade e comunhão marcam a 9ª Festa da Vida

Festa da Vida reúne 13 tendas temáticas

Paróquia Nossa Senhora das Dores recebe pela segunda vez a Festa da Vida

Informação sobre o Ano Nacional do Laicato

Igrejas e movimentos sociais realizam a 9º Festa da Vida na Arquidiocese de Fortaleza


QR Code Business Card