Atualidades

Papa Francisco nomeia bispo para a diocese de Juazeiro

Dom Carlos Alberto Breis até o momento era bispo coadjutor

O papa Francisco acolheu, nesta quarta-feira, 7 de setembro, o pedido de renúncia ao governo pastoral da diocese de Juazeiro (BA) apresentado por dom José Geraldo da Cruz, em conformidade com o cânon 401, primeiro parágrafo do Código de Direito Canônico.

Em conseqüência, o governo pastoral da diocese de Juazeiro será assumido por dom Carlos Alberto Breis Pereira (na foto), bispo coadjutor.

Dom Carlos Alberto Breis Pereira, OFM, pertence à Província Franciscana de Santo Antônio do Brasil. Nasceu em São Francisco do Sul (SC), no dia 16 de setembro de 1965. Realizou a profissão religiosa no dia 31 de agosto de 1991, em Olinda (PE). Cursou Filosofia no Instituto Salesiano e Teologia, no Instituto Franciscano. É mestre em Teologia com especialização em Espiritualidade pela Pontifícia Universidade Antonianum de Roma. Foi ordenado presbítero em 20 de agosto de 1994, em Fortaleza (CE).

Na caminhada sacerdotal atuou em diferentes atividades. Foi mestre de frades professos temporários (1994 a 2002 e 2009 a 2011), secretário provincial para a formação e os estudos, delegado do Serviço para a Formação e os Estudos (Serfe) por dois mandatos. De 2012 a 2014, exerceu o cargo de vigário provincial. Foi presidente da Conferência dos Ministros Provinciais do Brasil (2015-2016).

Dom Carlos Alberto nomeado bispo coadjutor de Juazeiro em 17 de fevereiro de 2016. Sua ordenação episcopal aconteceu em 07 de maio de 2016, em Recife (PE).

Compartilhe

Subir

Seja o primeiro a comentar »

Seja o primeiro a comentar »


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

Pastoral Carcerária lança relatório sobre restrição ao atendimento religioso nas prisões

Dia de jejum e oração pela paz na paróquia de Nossa Senhora Aparecida, Praia do Futuro

Aniversário de 62 Anos da legião de Maria no Ceará

Nota de esclarecimento sobre a utilização de recursos do Fundo Nacional de Solidariedade (FNS)

Irmã Gabriela Pinna. “Não se resolve a violência com a prisão”


QR Code Business Card