Atualidades

[NOTÍCIA/Brasil] CNBB é premiada com a Ordem do Mérito Judiciário do Trabalho

O arcebispo de Aparecida (SP) e presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), cardeal Raymundo Damasceno Assis, recebeu, na tarde de ontem, dia 11, em Brasília (DF), a medalha da Ordem do Mérito Judiciário do Trabalho 2014. A premiação, promovida pelo Tribunal Superior do Trabalho cnbb_1(TST), foi concedida à Conferência pelas ações de relevância nacional desenvolvidas pela entidade, como o trabalho das Pastorais da Terra e da Criança, e pela realização da Campanha da Fraternidade 2014, que teve como tema “Fraternidade e Tráfico Humano”.

 O presidente do TST, ministro Barros Levanhagen, entregou a premiação ao cardeal Damasceno e destacou que a homenagem é feita a pessoas que investiram seu tempo na defesa de temas que são “bandeiras do TST”, como o combate às formas de trabalho degradante e infantil, por exemplo. “Todos os homenageados representam aquilo que a Ordem do Mérito Judiciário procurou atender, premiando pessoas que investiram seu tempo em causas maiores”, disse o magistrado.

Dom Damasceno, em seu agradecimento pelo reconhecimento do Tribunal, lembrou das Campanhas da Fraternidade, realizadas pela CNBB todos os anos com temáticas de relevância social. Sobre a edição de 2014, com o tema “Fraternidade e Tráfico Humano”, o cardeal considera a iniciativa importante para “defender a dignidade da pessoa humana e seus direitos, pois o tráfico é uma das formas de crime mais horrendas”, alerta. “Nossa missão é, sobretudo, religiosa e espiritual, mas sabemos que, da evangelização, faz parte a promoção da pessoa humana e de seus direitos”.

Além da CNBB, a organização não-governamental Movimento Humanos Direitos também recebeu a premiação na modalidade instituições. Outras 67 pessoas, entre autoridades dos três Poderes, magistrados, advogados, empresários, professores e profissionais da área de cultura e do esporte foram contempladas com a comenda.

De acordo com o TST, a Ordem do Mérito existe desde 1970 e é concedida em graus diferentes, que vão do Grã-Cruz (máximo) até o de Cavaleiro (primeiro grau). A lista completa com os homenageados pode ser conferida no site do Tribunal.

Com informações da Secretaria de Comunicação Social do Tribunal Superior do Trabalho (TST)
Fotografias: Aldo Dias/TST

(Fonte: CNBB)

Compartilhe

Subir

Seja o primeiro a comentar »

Seja o primeiro a comentar »


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

Pedra rejeitada

56ª Assembleia Geral dos Bispos do Brasil

POM celebra 40 anos lançando vídeo institucional

Secretaria de Comunicação da Santa Sé fez cobertura total da 56ª Assembleia

No seu onomástico Papa dá sorvete aos mais necessitados


QR Code Business Card