Atualidades

CNBB lança subsídios sobre a misericórdia

O primeiro volume da coleção traz meditações do papa Francisco

Com a proposta de contribuir com reflexão e vivência do Jubileu Extraordinário da Misericórdia, a editora da CNBB acaba de lançar uma nova coleção. A série “Misericórdia” faz parte da coletânea de discursos e meditações do papa Francisco.

O volume I “Misericórdia em Palavras” traz a homilia do papa aos párocos da diocese de Roma e na missa com novos cardeais. Serão publicados, ainda, os volumes: II – Indulgências, história e significado, III – Como é grande, ó Pai, vossa misericórdia e IV – O desafio da misericórdia.

Na apresentação do primeiro livreto, o bispo auxiliar de Brasília (DF) e secretário geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Leonardo Steiner, recorda que “os cristãos são chamados a serem compadecidos como Jesus, ser misericórdia, estender a mão, tocar as chagas”.

“É próprio dos seguidores de Jesus sentir compaixão, serem compadecidos. Como o leproso curado, ao proclamar as maravilhas da misericórdia, assim é próprio dos que foram tocados pela misericórdia serem sinais operosos de compaixão”, diz.

O bispo explica que a coleção produzida pelas Edições CNBB quer ajudar os fieis a caminharem no Ano da Misericórdia. “Os dois textos deste pequeno volume sobre a misericórdia são preciosos pela simplicidade e pela incisividade”, ressalta dom Leonardo.

A coleção está disponível nas Edições CNBB, clique aqui.

 

Compartilhe

Subir

Seja o primeiro a comentar »

Seja o primeiro a comentar »


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

Pastoral Carcerária lança relatório sobre restrição ao atendimento religioso nas prisões

Dia de jejum e oração pela paz na paróquia de Nossa Senhora Aparecida, Praia do Futuro

Aniversário de 62 Anos da legião de Maria no Ceará

Nota de esclarecimento sobre a utilização de recursos do Fundo Nacional de Solidariedade (FNS)

Irmã Gabriela Pinna. “Não se resolve a violência com a prisão”


QR Code Business Card