Atualidades

Bispos falam sobre Amazônia, Congresso Missionário e nota sobre Povos Tradicionais

Na tarde de hoje, 24, aconteceu no Centro de Eventos Padre Vitor Coelho de Almeida, em Aparecida (SP), mais uma entrevista coletiva com a imprensa. Os bispos que falaram com a imprensa foram: o arcebispo emérito de São Paulo e presidente da Comissão Episcopal para a Amazônia da CNBB, cardeal Cláudio Hummes; o bispo de Balsas (MA) e presidente da Comissão Pastoral da Terra (CPT), dom Enemésio Angelo Lazzaris e o bispo de Ponta Grossa (PR) e presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Ação Missionária e Cooperação Intereclesial da CNBB, dom Sérgio Arthur Braschi.

Abrindo a coletiva, dom Sérgio Braschi destacou o 3º Congresso Missionário Nacional, que acontecerá em Palmas (TO), de 12 a 15 de julho. Além disso, dom Sérgio ressaltou a participação brasileira no 4º Congresso Americano Missionário e no 9º Congresso Missionário Latino-Americano (CAM 4 – Comla 9), a ser realizado na Venezuela, em novembro de 2013.

“A Igreja é essencialmente missionária, por isso destacamos o 3º Congresso Missionário Nacional, que tem como tema ‘Discipulado missionário do Brasil para um mundo secularizado e pluricultural, à luz do Vaticano II’. Esse congresso tem a finalidade de rever a caminhada missionária no Brasil”, disse dom Sérgio sobre o evento que acontecerá em Palmas.

Já o cardeal Cláudio Hummes, presidente da Comissão Episcopal para a Amazônia, fez um relato de sua viagem missionária à Amazônia, no último mês.

“Fiquei impressionado com a viagem que a Comissão para a Amazônia fez àquela região. Pudemos ver com nossos próprios olhos as dificuldades enfrentadas por àquele povo. Pude perceber que a Igreja lá ainda está florescendo. Visitei a diocese de São Gabriel da Cachoeira (AM), e fique encantado, pois, de acordo com informações locais, a diocese é formada por 98% de indígenas. E a floresta, por lá, ainda é intocada, com apenas 4% de desmatamento. Uma verdadeira beleza”, destacou dom Cláudio Hummes.

Dom Enemésio Lazzaris apresentou aos jornalistas uma nota da CNBB sobre a defesa dos territórios e dos direitos dos povos indígenas, quilombolas, pescadores artesanais e demais populações tradicionais.

“Vivemos a realidade de dois ‘Brasis’, o que se vangloria com a realização de grandes obras e dos que são impactados por esses mega projetos, como é o caso claro das pessoas que vivem a realidade da construção da Usina Hidrelétrica de Belo Monte, em Altamira (PA)”, ressaltou dom Enemésio.

Compartilhe

Subir

Seja o primeiro a comentar »

Seja o primeiro a comentar »


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

Liturgia Diária: Evangelho – Lc 8,16-18

Liturgia Diária: Evangelho – Mt 20,1-16a

Liturgia Diária: Evangelho – Lc 8,4-15

Visita Pastoral na Paróquia de Nossa Senhora da Penha, Maranguape

II Romaria Bíblica e encontro sobre contabilidade na Região São Pedro e São Paulo


QR Code Business Card