Atualidades

[Notícia] Dom Antônio Roberto Cavuto celebra 10 anos de episcopado

Dom Antônio - Foto oficial

Fiéis das várias paróquias da Diocese de Itapipoca se reúniram  no dia 2 de julho, na Catedral de Nossa Senhora das Mercês,  às 19  para homenagear seu pastor Dom Antônio Roberto Cavuto, que celebra anos de episcopado.

Dom Antônio foi ordenado bispo no dia 2 de julho de 2005 em Belo Horizonte, MG pela imposição das mãos de Dom Serafim Cardeal Fernandes de Araújo, Arcebispo emérito de Belo Horizonte e assistido por Dom Benedito Francisco de Albuquerque e Dom José Alberto  CSS.  Tomou posse da Diocese de Itapipoca, no dia 31 de julho de 2005, às 5h da tarde, na Praça da Catedral de Nossa Senhora das Mercês.

”Queremos ver Jesus”. Este foi o lema escolhido por Dom Antônio para seu episcopado, segundo ele temos que vê Jesus, para “conhecê-Lo, amá-Lo e segui-Lo, na busca da comunhão e da construção da justiça e da paz.”

Ao chegar procurou inteirar-se da realidade eclesial diocesana e regional, em comunhão com seu antecessor, dom Benedito e o clero local, bem como conhecer a realidade sócio-política do nosso Ceará.

Nestes dez anos podemos destacar o trabalho contínuo e dedicado de Dom Antônio em vários aspectos. Deu prioridade à formação dos futuros padres e a formação permanente do Clero. Assim sendo, constituiu o Conselho de Formação, Visitas Periódicas aos Seminários, aquisição de terreno para construção do Seminário Filosófico-Teológico Dom Paulo Ponte na Arquidiocese de Fortaleza; ordenou 15 presbíteros, criou a Escola Diaconal ordenando 11 diáconos permanentes e deu continuidade aos encontros da formação do clero.

Na Dimensão Bíblico-Catequética continuou a Escola Diocesana de Catequese funcionando o Curso com aulas presenciais e semi-presenciais  para facilitar um maior número de participantes das Paróquias. Com a equipe de formação retomou os Círculos Bíblicos, e vem animando e fortalecendo a caminhada das comunidades que se reúnem para estudo e reflexão dos subsídios oferecidos pela diocese.

A Dimensão Missionária foi bastante dinamizada com a revitalização do COMIDI, criação dos COMIPAS e as Semanas Missionárias Diocesanas com a 18ª a ser realizada em Julho em Paracuru e também com envio do Pe. Arnoldo à Roma para cursar Missiologia.  Na missão ad gentes enviou dois padres: Nonato e Agenor para trabalharem na Diocese de Humaitá-AM.

A grande preocupação de Dom Antônio com a Comunicação o levou a criar o Jornal Folha Diocesana (antes apenas um Boletim) e também o site da Diocese.  Dá amplo apoio às Rádios Uirapuru e FM Esperança e apresenta semanalmente o programa radiofônico “Queremos Ver Jesus”. Tendo em vista a importância da comunicação para a Igreja, realizou junto à Pascom diocesana uma pesquisa para conhecer a realidade comunicacional da diocese e buscar estratégias para melhorá-la.

Dom Antônio elevou a condição de Paróquia as Áreas Pastorais já existentes: General Sampaio, Tejuçuoca,  Almofala, Canaã, Tururu, São José (Itapipoca), Mundaú (a ser instalada) e criou a Paróquia de São Francisco e Santa Paulina em Trairí.

Na parte estrutural da Diocese inaugurou um auditório moderno e climatizado e tem como projeto a ampla reforma da Cúria, bem como ampliação do Seminário Diocesano e Casa de Retiros em Mundaú.

Nestes dez anos, D. Antônio tem tido o cuidado pastoral de visitar toda a sua diocese quer pelas visitas pastorais, festas de padroeiros, eventos pastorais e festivos, cumprindo o dever de “como pastor próprio, ordinário e imediato, pastoreia as suas ovelhas em nome do Senhor, exercendo em favor das mesmas o múnus de ensinar, santificar e governar”  (Código do Direito Canônico).

Em seu episcopado, acolheu em 2011 na Diocese, a 15ª Romaria da Terra do Ceará, reunindo cerca de 15 mil participantes e em 2014, acolheu os comunicadores do estado para o 1º Mutirão Regional de Comunicação.

Dom Antônio sempre deu atenção especial a todas as pastorais, movimentos e organismos da Diocese ajudando e acompanhando seus trabalhos na construção de uma Igreja a serviço da evangelização e da vida plena para todos. A nível diocesano e regional tem se preocupado com a problemática do semiárido e já realizou na diocese dois encontros sobre a temática da água e contribuiu com a realização do seminário regional “vida sustentável no semiárido cearense’.

Também promoveu grandes encontros diocesanos, como o I e II Mutirão de Comunicação, I Congresso Eucarístico, a I Jornada Catequética, Seminário Diocesano sobre o Ano da Fé, I Seminário Diocesano das Pastorais Sociais, Dia Nacional da Juventude todos os anos e I Congresso Bíblico,

Atualmente é secretário do Regional Nordeste I da CNBB e assume a dimensão dos ministérios ordenados e vida consagrada.

Foram muitas as realizações nestes 10 anos, sinais de uma vida de doação, humildade e amor pelo povo de Deus, seguindo o exemplo de São Francisco de Assis.

 

Pastoral da Comunicação da Diocese de Itapipoca

 

Compartilhe

Subir

Seja o primeiro a comentar »

Seja o primeiro a comentar »


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

Planilha de contribuição das paróquias e das áreas pastorais: outubro de 2017

Festa da Paróquia Nossa Senhora das Graças – Santa Maria

“I Aviva Povo de Deus”

Paróquia Nossa Senhora das Graças e São Pedro na Praia da Tabuba, em Caucaia – CE.

Material que foi veiculado no Jornal JCTV na Rede Vida de Televisão


QR Code Business Card