Atualidades

[Notícia] Congresso Estadual da Renovação Carismática Católica

“Conhecemos coisas de Deus que o mundo não conhece, porque Deus nos abriu os olhos da alma”, fala Dom José a membros da RCC em congresso

O Congresso Estadual da Renovação Carismática Católica – RCC teve como último pregador o arcebispo de Fortaleza Dom José Antonio que presidiu a celebração eucarística. Na homilia Dom José  saudou os “filhos desta graça” e entusiasmou a todos com suas palavras de gratidão a Deus e incentivo à propagação desta graça através da evangelização.congresso_40-anos-da-rcc

“Existe uma forma divina de compreender a vontade de Deus. Jesus precisa conhecido não só com os olhos da carne mas com a visão interior porque Ele não é apenas um grande profeta, mas o próprio Deus”, explica Dom José. “Conhecemos coisas de Deus que o mundo não conhece, porque Deus nos abriu os olhos da alma. Talvez fizemos a experiência de ser católico apenas por tradição, não suficiente para enfrentar as realidades profundas da vida com suas dificuldades. Mas Deus nos deu a conhecer com profundidade seu Filho”.

O arcebispo fez uma advertência a partir da Liturgia da Palavra do dia: “não podemos nos assoberbar, como diz o Apóstolo Paulo. A fragilidade humana não nos deixa, ela mesma, nos acompanha para dizer-nos  que tudo existente  de bom em  nós é graça de Deus. Não é nosso merecimento. É graça de Deus conhecer Jesus com os olhos espiritual”.

40 anos de sangue e água

“Celebrar 40 anos da existência da RCC significa recordar e agradecer a experiência de Deus na vida de tantas pessoas que através desta graça puderam viver a vida cristã de um modo novo”, disse.

O momento mais tocante do ensinamento do arcebispo se deu quando ele explicou o significado das bodas de rubi. “Eu fiz ano passado bodas de rubi de padre e fui estudar o significado. O rubi é uma pedra que possui muito simbolismo. Ela é cor de sangue, mas olhando bem pra ela tem reflexos de água. Água e sangue. Sangue e água. Lembra o quê? Estes 40 anos da RCC no Ceará  significam que assim  como Jesus  derramou  sangue e  água na cruz assim também nós somos chamados a derramar- nos até a ultima gota por amor a Jesus. Sangue e água que devem sair de nós para saciar o mundo”.

“O sangue e água saíram do coração de Jesus quando Ele foi ferido pela lança do soldado.  Muitas vezes contagiaremos o mundo quando somos feridos pela lança e continuamos a amar. Assim seremos como Jesus que na cruz entrega o Espírito“, conclui o arcebispo.

Vanderlúcio Souza – Seminarista da Arquidiocese de Fortaleza 

                        congresso_40-anos-da-rcc-no-ceara

Compartilhe

Subir

Seja o primeiro a comentar »

Seja o primeiro a comentar »


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

Planilha de contribuição das paróquias e das áreas pastorais: outubro de 2017

Festa da Paróquia Nossa Senhora das Graças – Santa Maria

“I Aviva Povo de Deus”

Paróquia Nossa Senhora das Graças e São Pedro na Praia da Tabuba, em Caucaia – CE.

Material que foi veiculado no Jornal JCTV na Rede Vida de Televisão


QR Code Business Card