Atualidades

Visita da cruz peregrina e ícone de Maria em Fortaleza

Nos dias 1, 2 e 3 de março a Arquidiocese de Fortaleza entrará em um grande movimento da nossa Igreja, a Jornada Mundial da Juventude. Os dois símbolos desta jornada, a cruz da juventude e o ícone de Maria, estarão peregrinando por várias paróquias levando mensagem de vida e esperança, conduzindo a juventude de Fortaleza tanto para o aterro da Praia de Iracema, no dia 3 de março, para o nosso evento BOTE FÉ, como também para a grande concentração de fé que ocorrerá no Rio de Janeiro, quando estaremos vivenciando a Jornada Mundial da Juventude com o Papa Bento XVI. A coordenação do evento convida todos os irmãos para este momento de fé.

Para informações acesse www.botefefortaleza.org.br ou no telefone (85) 3388 8703, Setor de Comunicação da Arquidiocese de Fortaleza.

Roteiro da Peregrinação da Cruz em Fortaleza

Dia 01 de março

Saída de Quixadá – 15h

Chegada a Aquiraz – 16h30min

Saída de Aquiraz – 19h30min

Chegada ao Bom Jardim – 21h

Dia 02 de Março

Chegada a Caucaia – 6h

Saída para Canindé – 8h30min

Chegada a Canindé – 10h

Saída para a Região Serra – 12h

Chegada à Região Serra – 15h

Saída da Região Serra – 19h

Chegada a Pajuçara – 21h

Dia 03 de março

Chegada ao Centro Socio Educacional D. Aloísio – 7h

Saída do Centro Socio Educacional D. Aloísio – 8h30min

Chegada à Paróquia Senhor do Bonfim – 9h

Saída para Santuário de Fátima – 11h30min

Chegada ao Santuário de Fatima – 12h

Saída do Santuário de Fátima – 15h30min

Chegada ao Aterro da Praia de Iracema – 16h

Entrada da Cruz e do Ícone – 17h

Missa – 18h

História da Cruz da JMJ

A Cruz da JMJ ficou conhecida por diversos nomes: Cruz do Ano Santo, Cruz do Jubileu, Cruz da JMJ, Cruz Peregrina, muitos a chamam de Cruz dos Jovens porque ela foi entregue pelo papa João Paulo II aos jovens para que a levassem por todo o mundo, a todos os lugares e a todo tempo.

A cruz de madeira de 3,8 metros foi construída e colocada como símbolo da fé católica, perto do altar principal na Basílica de São Pedro durante o Ano Santo da Redenção (Semana Santa de 1983 à Semana Santa de 1984). No final daquele ano, depois de fechar a Porta Santa, o Papa João Paulo II deu essa cruz como um símbolo do amor de Cristo pela humanidade. Quem a recebeu, em nome de toda a juventude foram os jovens do Centro Juvenil Internacional São Lourenço em Roma. Estas foram as palavras do Papa naquela ocasião:

“Meus queridos jovens, na conclusão do Ano Santo, eu confio a vocês o sinal deste Ano Jubilar: a Cruz de Cristo! Carreguem-na pelo mundo como um símbolo do amor de Cristo pela humanidade, e anunciem a todos que somente na morte e ressurreição de Cristo podemos encontrar a salvação e a redenção”. (Sua Santidade João Paulo II, Roma, 22 de abril de 2004).

Os jovens acolheram o desejo do Santo Padre. Levaram a cruz ao Centro São Lourenço, que se converteria em sua morada habitual durante os períodos em que ela não estivesse peregrinando pelo mundo.

Desde 1984, a Cruz da JMJ peregrinou pelo mundo, através da Europa, além da Cortina de Ferro, e para locais das Américas, Ásia, África e agora na Austrália, estando presente em cada celebração internacional da Jornada Mundial da Juventude. Em 1994 a Cruz começou um compromisso que, desde então, se tornou uma tradição: sua jornada anual pelas dioceses do pais sede de cada JMJ internacional, como um meio de preparação espiritual para o grande evento.

O Ícone de Nossa Senhora

Em 2003, o Papa João Paulo II deu aos jovens um segundo símbolo de fé para ser levado pelo mundo, acompanhando a Cruz da JMJ: o Ícone de Nossa Senhora, “Salus Populi Romani”, uma cópia contemporânea de um antigo e sagrado ícone encontrado na primeira e maior basílica para Maria a Mãe de Deus, no ocidente, Santa Maria Maior.

“Hoje eu confio a vocês… o Ícone de Maria. De agora em diante ele vai acompanhar as Jornadas Mundiais da Juventude, junto com a Cruz. Contemplem a sua Mãe! Ele será um sinal da presença materna de Maria próxima aos jovens que são chamados, como o Apóstolo João, a acolhe-la em suas vidas” (Roma, 18ª Jornada Mundial da Juventude, 2003) (Fonte: site oficinal da JMJ)

Compartilhe

Subir

3 Comentários »

3 Comentários »

  • Geralda Feitosa disse:

    Nossa gratidão ao DEUS TRINO DE AMOR pela oportunidade e pela partilha das bênçãos e graças dessa peregrinação da CRUZ DA JMJ e Ícone de MARIA, em nosso País.

  • O Movimento Sacerdotal Mariano da Arquidiocese de Fortaleza estará unido ao Santo Padre, sempre, na Jornada Mundial da Juventude para enriquecer ainda mair nossa Igreja particular.

  • Laura Oliveira disse:

    Gostaria de saber se as paróquias onde a cruz vai passar em Fortaleza foram pré determinadas ou se solicitarmos que ela passe em uma paróquia ainda haveria tempo. A Paz!


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

Assembleia de avaliação e planejamento da Região Episcopal São Pedro e São Paulo

Assembleia da Região Episcopal Nossa Senhora dos Prazeres

Comunidade Católica Corpo Místico de Cristo realiza Congresso Mariano

Paróquia Sagrada Família em Ocara realizou Retiro com Agentes Pastorais

O Sínodo da Juventude 2018


QR Code Business Card