Atualidades

Organismo que dá voz às mulheres na Santa Sé recebe novas integrantes

“Para papa Francisco “mulheres são dons de Deus”

O Conselho Pontifício da Cultura apresentou na última terça-feira, um dia antes do Dia Internacional da Mulher, comemorado hoje, 8 de março, as novas integrantes do “Consulta Feminina”, organismo que conta com a representação de 37 mulheres de todos os continentes do mundo. Impulsionada pelo papa Francisco, a “Consulta Feminina” foi criada em 2015, e de acordo com o presidente do Conselho Pontifício da Cultura, cardeal Gianfranco Ravasi, tem o objetivo de levar à Cúria Romana um olhar feminino da sociedade contemporânea.

Em entrevista à Rádio Vaticano, o cardeal disse que por meio do organismo “consegue-se introduzir, por exemplo, uma leitura mais global, colorida, da realidade dos temas abordados, afastando um pouco a análise teológica-filosófica, própria da linguagem eclesial”, disse. Ainda de acordo com o bispo, até pouco tempo não havia nenhuma mulher no Conselho Pontifício da Cultura e fez questão de enfatizar que o grupo não é “uma operação de maquiagem”.

Fazem parte da composição do organismo, a ex-embaixadora do Chile para a Santa Sé, Mónica Jiménez; a jornalista turca, Yasemin Taksin e a teóloga iraniana, Sharaz Housman. “O grupo tem a ambição de refletir sobre temas universais na perspectiva das mulheres”, descreve a coordenadora do grupo, Consuelo Corradi.

“Mulheres são mais corajosas que os homens”

Em seus quatro anos de pontificado, o papa Francisco tem dado uma maior atenção às mulheres, mostrando que está ciente dos desafios que elas enfrentam, inclusive dentro da Igreja. Em um de seus discursos, o papa afirmou que sofre ao vê-las desempenhando um papel de servidão em ambientes eclesiais e reconheceu que elas são excluídas dos processos decisórios na Igreja, mas de acordo com ele “o papel das mulheres na Igreja não é feminismo, é um direito”. 

Tanto é direito que Francisco, ao longo de seu pontificado, instituiu a Comissão de Estudo para o Diaconato Feminino e promoveu a criação do grupo “Consulta Feminina” no Conselho Pontifício da Cultura, porque como ele mesmo diz: “A Igreja é mulher”.

“Este é o grande dom de Deus: nos deu a mulher. No Evangelho, ouvimos do que é capaz uma mulher. Mas é algo mais: a mulher é a harmonia, é a poesia, é a beleza. Sem ela o mundo não seria belo, não seria harmônico. Gosto de pensar, mas isso é algo pessoal, que Deus criou a mulher para que todos nós tivéssemos uma mãe (…) E as mulheres são mais corajosos que os homens”, concluiu Francisco.

Fonte: CNBB

Compartilhe

Subir

Seja o primeiro a comentar »

Seja o primeiro a comentar »


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

Mausoléu do Padre Ângelo Custódio, em Redenção Ce, completa 81 anos!

Tríduo Dom Óscar Romero na Comunidade São José do Parque Santa Rosa

Cardeal Hummes lança livro na Católica de Fortaleza em parceria com a Livraria Paulus 

Papa Francisco nomeia bispo coadjutor para Montenegro (RS)

[Fotos] Caminhada Penitencial 2017

QR Code Business Card