Atualidades

Leitura Orante: 2º Domingo da Quaresma: Evangelho de Mt 17, 1-9

2º Domingo da Quaresma: Evangelho de Mt 17, 1-9
12/03/2017
Tema: “A transfiguração de Jesus”

Invocação ao Espírito Santo
Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. Só a Deus honra e glória. Bendigamos o Pai e o Filho e o Espírito Santo. Nós vos invocamos, nós vos louvamos, Nós vos adoramos, oh! Santíssima Trindade. Sois a nossa esperança, a nossa salvação, A nossa glória, oh! Santíssima Trindade. Santo, Santo, Santo, Senhor Deus onipotente, O Deus que era, que é, e que há de vir. A Vós a glória e o poder pelos séculos dos séculos. Louvor, glória e ação de graças a Vós, Oh! Santíssima Trindade. Amém.

Leitura: (Verdade) O que diz o texto?
Proclamação da Palavra na Bíblia, a narrativa da Transfiguração em Mt 17,1-9. Observe, neste trecho do Evangelho, alguns símbolos. Veja os verbos mais importantes do texto, pois eles expressam ação.

Passos da Leitura Orante

Meditação: (Caminho) – O que o Texto diz para nós, hoje?
A Transfiguração de Jesus nos mostra a sua divindade, a manifestação da Trindade. O Espírito Santo apareceu na nuvem luminosa e a voz do Pai se fez ouvir: “Este é o meu Filho amado, nele depositei todo o meu amor. Escutai-o.” (Mt. 17,5). Jesus escuta o Pai, pela sua relação de intimidade. A escuta é uma atitude de abertura , para servir e se colocar disponível para com as coisas do Alto

Como Cristo, nós cristãos, não devemos temer as tribulações e sofrimentos da vida, como nos diz o Salmo 27(26): “O Senhor é minha luz e salvação de quem terei medo? O Senhor é a fortaleza da minha vida.”..

A transfiguração se reveste de várias linguagens simbólicas, pois Jesus escolhe o alto ( Monte Tabor) que é, aproximação com a divindade. A luz, outro símbolo da transfiguração: São João nos ensina: “Deus é Luz e Nele não há trevas“ ( 1 Jo 1,5)

Assim, como Jesus, voltemos nosso olhar para o Alto, numa dimensão do Transcendente, envolto no amor trinitário. E experimente a disponibilidade de Pedro, construindo nossas tendas, para bem acolher o outro.

Identificar-se com Jesus Cristo é também compartilhar seu destino: “Onde eu estiver, aí estará também o meu servo” (Jo 12, 26), O cristão vive o mesmo destino do Senhor, inclusive até a cruz: “ Se alguém quer vir após mim, negue-se a si mesmo, carregue a sua cruz e me siga (Mt 8,34) (DAp 140)

Oração: (Vida) O que o texto nos faz dizer a Deus?

Salmo 32 (33), 4-5.18-19.20.22 (R. 22)

Desça sobre nós a vossa misericórdia,
porque em Vós esperamos, Senhor.
A palavra do Senhor é reta,
da fidelidade nascem as suas obras.
Ele ama a justiça e a retidão:
a terra está cheia da bondade do Senhor.

Os olhos do Senhor estão voltados para os que O temem,
para os que esperam na sua bondade,
para libertar da morte as suas almas
e os alimentar no tempo da fome.
A nossa alma espera o Senhor:
Ele é o nosso amparo e protetor.
Venha sobre nós a vossa bondade,
porque em Vós esperamos, Senhor

Contemplação: (Vida e Missão) – Qual é o meu novo olhar a partir da Palavra?
Como estou sendo luz no meio dos outros? Tenho aprendido a necessidade de excitar o amor no outro? A minha relação com Deus é uma relação somente com Deus? E com os outros ? Como exercito a transfiguração em minha vida?

Bênção Bíblica
Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
Ele nos mostre a sua face e se compadeça de nós. Amém.
Volte para nós o seu olhar e nos dê a sua paz. Amém.
Abençoe-nos Deus misericordioso, Pai e Filho e Espírito Santo. Amém.
(Nm 6,24-27)

Elaboração: Padre Francisco Ivan de Souza e Haydée Bomfim Morais

Compartilhe

Subir

Seja o primeiro a comentar »

Seja o primeiro a comentar »


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

Mausoléu do Padre Ângelo Custódio, em Redenção Ce, completa 81 anos!

Tríduo Dom Óscar Romero na Comunidade São José do Parque Santa Rosa

Cardeal Hummes lança livro na Católica de Fortaleza em parceria com a Livraria Paulus 

Papa Francisco nomeia bispo coadjutor para Montenegro (RS)

[Fotos] Caminhada Penitencial 2017

QR Code Business Card