Atualidades

Leitura Orante: 15º Domingo do Tempo Comum

15º DOMINGO DO TEMPO COMUM:
Evangelho Mt 13,1-23

Tema: O acolhimento a Palavra

Invocação à Santíssima Trindade

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.
Creio, Senhor Jesus, que sou parte de seu Corpo.
Trindade Santíssima Pai, Filho, Espírito Santo – presente e agindo na Igreja e na profundidade do meu ser.
Eu vos adoro, amo e agradeço.

LEITURA: (Verdade) O que diz o texto do dia?

Proclamação da Palavra, na Bíblia – Mt 13,1- 23. (Observe as palavras de Jesus, os gestos das pessoas, as ações).

MEDITAÇÃO: (Caminho) O que o texto diz para nós, hoje?

Passos da Leitura Orante

Jesus no Evangelho de hoje nos propõe a Parábola do Semeador e da semente.

O Evangelho suscita-nos uma reflexão sobre a forma como acolhemos a Palavra e exorta-nos a ser uma “boa terra”, disponível para escutar as propostas de Jesus, para acolhê-las e para deixar que elas deem abundantes frutos na nossa vida de cada dia.

“A Palavra possui, em si mesma, tal potencialidade, que não a podemos prever. O Evangelho fala da semente que, uma vez lançada à terra, cresce por si mesma, inclusive quando o agricultor dorme (cf Mt 4, 26-29). A Igreja deve aceitar esta liberdade incontrolável da Palavra, que é eficaz a seu modo e sob formas tão variadas que muitas vezes nos escapam, superando as previsões e quebrando os nossos esquemas” (Evangelii Gaudium – A Alegria do Evangelho – 22– Papa Francisco)

Jesus usa a pedagogia, sempre partindo das realidades existentes e utiliza metáforas, para facilitar a compreensão de sua mensagem. Um pedagogo, por excelência.

A atitude de Jesus, de sentar-se à beira do mar, nos faz sentir a importância que ele dava à criação e ao Criador. E com essa atitude, a multidão se aproximava, para escutá-Lo.

ORAÇÃO: (Vida) O que o texto nos leva a dizer a Deus?

Senhor, que eu tenha mais sede da Palavra, semente do Reino de Deus. Mais abertura de coração para acolhê-la com amor. Mais disposição de entrega quando a ouço, a leio ou a medito. Mais luz na mente para compreender a mensagem. Mais vontade de vivê-la. Que diante dela eu nunca seja impenetrável ou indiferente como à beira da estrada. Que eu não tenha a inconstância de quem se entusiasma no momento como os que seguiam Jesus só pelo impacto dos milagres e depois perdiam todo o ardor na hora da provação. Que minhas preocupações e interesses diários não sejam como os espinheiros que sufocam a planta não lhe permitindo frutificar. Que eu seja sempre o bom terreno não me conformando com os 30 ou 60 por cento, quando posso render mais. Se não sou terra boa por natureza, que eu me deixe penetrar pela Palavra e transformar em bom terreno. Amém.

CONTEMPLAÇÃO: (Vida e Missão) Qual meu novo olhar a partir da Palavra?

A importância é a qualidade de nossa terra. O nosso coração deve ser livre e disponível para escutar, orar a Palavra e ter disponibilidade para testemunhá-la. Qual a minha atitude, diante da escuta da Palavra? Como estou colaborando com o cuidado do planeta terra?

BÊNÇÃO BÍBLICA

Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
Ele nos mostre a sua face e se compadeça de nós. Amém.
Volte para nós o seu olhar e nos dê a sua paz. Amém.
Abençoe-nos Deus misericordioso, Pai e Filho e Espírito Santo. Amém.
(Nm 6, 24-27)

Compartilhe

Subir

Seja o primeiro a comentar »

Seja o primeiro a comentar »


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

Soberania nacional é o eixo central da análise de conjuntura apresentada aos bispos Consep

Liturgia Diária: Evangelho – Lc 7,31-35

Papa Francisco anuncia duas novas nomeações na manhã desta quarta-feira, 20

“Magnum Principium” do Papa Francisco

Material em preparação ao Simpósio Arquidiocesano no Ano Mariano


QR Code Business Card