Atualidades

Informações do 23º Grito dos Excluíd@s

Resultado de imagem para cartaz do grito dos excluídos 2017

 LEMA: “POR DIREITOS E DEMOCRACIA A LUTA É TODO DIA”
TEMA: VIDA EM PRIMEIRO LUGAR!

Os direitos e os avanços democráticos no Brasil, conquistados nas últimas décadas, são fruto das lutas populares. Nossa Constituição Federal de 1988 é um exemplo. Porém, hoje, vários direitos sociais, garantidos pela Constituição, correm o risco de serem usurpados por um congresso, judiciário e executivo que defendem os interesses de bancadas que só pensam em manter seu status quo de poder e de benefícios pessoais.

A sociedade precisa despertar para a organização popular, a resistência e a solidariedade entre os trabalhadores e trabalhadoras, camponeses e camponesas, comunidades originárias, comunidades tradicionais, que são os segmentos mais atingidos pelas atuais contra reformas trabalhista, da previdência, terceirização! Precisamos retomar a construção do Projeto Popular para o Brasil Plurinacional, onde um outro jeito ser no mundo é possível: justo e solidário, onde a vida esteja em primeiro lugar.

Como diz o Papa Francisco: NENHUMA FAMÍLIA SEM CASA, NENHUM CAMPONÊS SEM TERRA, NENHUM TRABALHADOR SEM DIREITOS”! A LUTA É TODO DIA! NENHUM DIREITO A MENOS!

Essa luta é nossa! Vamos às ruas nesse dia 07 de Setembro e ousemos gritar: “Por direitos e democracia, a luta é todo dia!” e “Vida em Primeiro Lugar!”.

Concentração: Escola São José do Arpoador (Vizinho ao Seminário Nova Jerusalém – Pe. Caetano) – Rua Francisco Calaça – Bairro Colônia, às 8h – Caminhada segue pela Av. Leste Oeste até o MARCO ZERO.

PROGRAMAÇÃO DO DIA 07 de SETEMBRO

 Concentração/ Animação em frente à escola São José do Arpoador – Rua Francisco Calaça;

– Momento de mística e preparação para a caminhada pela Av. Leste Oeste;

PRIMEIRA PARADA
– Temáticas: Saúde, Prevenção, Saneamento E Meio Ambiente;

SEGUNDA PARADA
– Temáticas: Educação, Democracia E Participação Cidadã;

TERCEIRA PARADA
– Temáticas: Desigualdade Social: Extermínio da Juventude, Violência, Trabalho Escravo, Etc… e Violação dos Direitos: Reformas Trabalhista, da Previdência, Terceirização, Etc;

Encerramento e mística final no MARCO ZERO (Barra do Ceará).

OBS.: Pedimos que haja participação das pessoas na partilha final com pães. Também levem suas garrafinhas de água! Levem também suas bandeiras das lutas, cartazes, imagens de denúncias e anúncios!

Contatos:
Isabel Forte  –  (85) 98425.2136
Fernanda Gonçalves – (85) 98555-6008
Aurélio Araújo – (85) 98404-9225
Joyce Elayne (85) 99729-3676

Compartilhe

Subir

Seja o primeiro a comentar »

Seja o primeiro a comentar »


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

Pedra rejeitada

56ª Assembleia Geral dos Bispos do Brasil

POM celebra 40 anos lançando vídeo institucional

Secretaria de Comunicação da Santa Sé fez cobertura total da 56ª Assembleia

No seu onomástico Papa dá sorvete aos mais necessitados


QR Code Business Card