Atualidades

CNBB 60 anos: a formação missionária

CCMO Centro Cultural Missionário (CCM) tem início com a XV Assembleia Geral dos Bispos do Brasil (1977) que tratou como tema principal o das “Regiões missionárias do Brasil”. Para resolver os problemas pastorais das igrejas carentes de recursos humanos próprios e orientar as mesmas na “caminhada rumo à autonomia”, apontava-se à urgência de constituir um Centro Missionário, destinado à formação e acompanhamento de missionários, autóctones e estrangeiros, que atuam no país ou se destinam ao exterior.

O projeto, já em via de realização, foi apresentado à XIX Assembleia Geral (1981). Após o estudo em grupo e o debate em plenário, os Bispos aprovaram a seguinte proposição: “A Igreja no Brasil, reconfirmando seu empenho de corresponsabilidade e comunhão intereclesial, na evangelização de regiões missionárias, dentro e fora do país, julga válida a constituição de um centro de animação e formação de missionários, que sirva especialmente para a formação inicial e contínua de missionários brasileiros e estrangeiros, destinados às situações e regiões missionárias, dentro e fora do país”.

Em 29 de dezembro de 1982 a Presidência e CEP da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), definiram a estruturação do Centro.

Hoje, o CCM é um organismo da CNBB que tem por instituições promotoras a própria CNBB, a Conferência dos Religiosos do Brasil (CRB) e as Pontifícias Obras Missionárias (POM). A partir de 1995, funciona na quadra 905 Norte, Conjunto “C”, em Brasília, DF, num imóvel doado pela Congregação do Espírito Santo e reformado pela CNBB com a colaboração das POM. O CCM tem por finalidade: oferecer um percurso de iniciação à missão no Brasil para missionárias e missionários que chegam do exterior; promover cursos de formação missionária para brasileiras e brasileiros enviados a outra região ou além-fronteiras; fomentar o surgimento, a formação, e a capacitação de animadores missionários na Igreja no Brasil; realizar eventos de estudo e aprofundamento sobre teologia, espiritualidade e prática de missão.

O CCM é constituído por três departamentos: Centro de Animação e Estudos Missionários (CAEM), que proporciona cursos de formação a missionárias e missionários enviados a outros países, ou que atuam em regiões e projetos missionários no Brasil; Centro de Formação Intercultural (CENFI), que se dedica à formação cultural e eclesial dos missionários que vem do exterior; Serviço de Colaboração Apostólica Internacional (SCAI), que oferece assistência jurídica e orientação a missionárias e missionários em relação ao visto de entrada e à permanência legal no Brasil e em outros países.

O CCM oferece dois cursos do Cenfi ao ano, de 90 dias cada um, para missionárias e missionários que chegam do exterior; um curso ad gentes de um mês, para missionárias e missionários que são enviados ao exterior; um curso de formação de um mês, para missionárias e missionários enviados a regiões necessitadas no Brasil; três cursos de idiomas de um mês para missionárias e missionários enviados além-fronteiras e para missionárias e missionários estrangeiros; vários cursos e eventos de animação, formação e espiritualidade missionária para agentes de pastoral, leigos e leigas, religiosos e religiosas, seminaristas e presbíteros.

Pe. Estêvão Raschietti, SX, Secretário Executivo do CCM.

Compartilhe

Subir

Seja o primeiro a comentar »

Seja o primeiro a comentar »


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

Lutero e sua marca na História

Inauguração da Centro de Evangelização do Shalom Bela Vista

Papa Francisco pede fim de armas nucleares

Presidente da CNBB foi nomeado pelo Papa Francisco como Relator Geral do Sínodo 2018

Editorial – novembro 2017: “Ano do Laicato no Brasil”


QR Code Business Card