Atualidades

Caminhada com Maria reúne devotos em nome da fé (Jornal O Povo)

Caminhada com Maria reúne devotos em nome da fé Durante a tarde de ontem, milhares de fiéis prestigiaram a 10ª Caminhada com Maria. Por 12 quilômetros, discursos de agradecimento, confiança e veneração figuravam nas intenções de um público estimado em 1,7 mi

Uma multidão a perder de vista em um cortejo repleto de histórias de fé e superação. Pela penitência celebrou-se a confiança em Nossa Senhora da Assunção, em uma caminhada conduzida por milhares de vozes em preces de agradecimento. Um público estimado pela organização em 1,7 milhão de pessoas participou, ontem à tarde, da décima edição da Caminhada com Maria.

A procissão seguiu do Santuário de Nossa Senhora da Assunção, no bairro Vila Velha, até a catedral, no Centro, onde aconteceu a coroação da imagem santa. Foram quase quatro horas e 12 quilômetros de homenagens. A avenida Presidente Castelo Branco se vestiu de azul, branco, amor e devoção para acompanhar a passagem da imagem de Nossa Senhora. Pelas ruas, crianças e idosos, principalmente, pareciam nem se importar com a lonjura do trajeto de fé. “A gente nem percebe que anda tanto. O amor por Maria faz esquecer”, justificava dona Edite Santiago, de 62 anos.

O amontoado de gente nas calçadas demonstrava que o bairro parara diante do respeito à imagem e veneração à Nossa Senhora, padroeira da Capital. “Saí de casa pra ver e fazer um pedido. Ela sempre me atende”, confessava a telefonista Samara Cordeiro, 29 anos.

Na sacada das casas, a reafirmação da fé católica vinha em forma de altares montados especialmente para aquele momento. E eram dezenas e dezenas deles em todo o percurso da caminhada. As casas exibiam imagens emolduradas por decorações, das mais simples às mais sofisticadas, com a particularidade de que cada história possui de se fazer símbolo de fé.

Nos corações de todos, a vontade de agradecer. Fátima Ferreira, 52 anos, participa da Caminhada com Maria desde a primeira edição. “Em cada caminhada, venho com mais vitórias. Na primeira, vim fazendo tratamento de um câncer de ovário. Pedi minha cura e ele (câncer) nunca mais apareceu. Assim é todo ano. Eu sempre começo agradecendo”, diz. “Ela é tudo pra nós”, resumiu Francisca Damasceno, de 68 anos.

Público

Ontem à tarde, a Polícia Militar e a Guarda Municipal não souberam precisar a quantidade de participantes da caminhada. Segundo organizadores, porém, foram mais de 1 milhão e 700 mil pessoas presentes.

O quê

ENTENDA A NOTÍCIA

A Caminhada com Maria esteve, ontem, na décima edição. O tema deste ano foi “Com Maria no caminho da fé”. A procissão saiu do Santuário de Nossa Senhora da Assunção rumo à catedral, onde aconteceu a coroação da imagem da padroeira de Fortaleza.

FOTOS EDIMAR SOARES

Fonte: O POVO. Leia em http://www.opovo.com.br/app/opovo/fortaleza/2012/08/16/noticiasjornalfortaleza,2900420/caminhada-com-maria-reune-devotos-em-nome-da-fe.shtml

Compartilhe

Subir

1 Comentário »

1 Comentário »

  • Vera disse:

    Participo da Caminhada com Maria desde a primeira edição. Amo participar, é muito gratificante. Minha fé, admiração, e devoção é por Maria a mãe de Jesus. Não tenho e nem compreendo o porque de as pessoas falarem de Maria individualmente como se em cada nome fosse uma pessoa diferente. Para mim Maria é Maria a mãe do meu Senhor. A Mãe de Deus. E como mãe, tenho grande respeito a Maria e sou grata a Deus pela sua grandiosidade. Sempre fico muito feliz em participar. Quero fazer uma ressalva: muito bom a colocação dos telões, mas não está ao alcance da visão de todos. Eu fiquei na praça e lamentei não ter havido a elevação da imagem de Maria para o momento da coroação, pois eu estava na praça e não tivemos visão do telão e nem da coroação. A outra coisa é uma reclamação: apesar das pessoas ao retornar para casa estejam sindo de um momento de fé, de oração, quando tudo termina parecem muitas vezes pessoas irracionais, sem um mínimo de respeito aos demais. Então minha reclamação é quanto a ausência de guardas e policiais nos pontos de ônibus, na Praça da Estação, falo em particular da praça pois é lá onde pego o transporte para o meu destino. Tinham apenas funcionários da Etufor, responsáveis apenas pela distribuição dos coletivos . As pessoas que chegavam e estavam nas filas não eram respeitadas. Isso , idosos, mulheres, crianças todos sendo empurrados por pessoas que não tem um mínimo de respeito pelos demais. Invadiram, empurraram, enfim, uma verdadeira baderna e falta de respeito. Moro na Barra do Ceará e só consegui chegar em casa as 22:30h. Isso como a maioria dos que estavam presentes estávamos exaustos, aborrecidos, pois estávamos com crianças e idosos, e não íamos nos arriscar a um acidente. Então todas essas coisas são importantes e tem que haver uma atenção especial para esse quesito, para que as pessoas não deixem de participar desses momentos de fé tão importante por medo. Sei que um evento dessa natureza vem-se trabalhando muito incessantemente e algumas coisas acabam por passar desapercebido. Abraço e parabéns aos organizadores. Deus os abençoe.


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

Paróquia de Jesus, Maria, José realizará Caminhada pela Paz no bairro Antônio Bezerra

Saiba o que irá mudar na mídia vaticana

Rede Cearense realiza 16º Feirão de Socioeconomia Solidária

Presidente da CNBB recebe organizadores de ato contra a reforma da Previdência

Criaturas novas de Deus


QR Code Business Card