Atualidades

Apresentação de trabalhos pastorais e sociais na Arquidiocese de Fortaleza

As pastorais Carcerária e Povo da Rua, além do Condomínio Espiritual Uirapuru apresentaram seus trabalhos durante o Simpósio Arquidiocesano Ano Santo da Misericórdia.

Regina Pereira

A Pastoral Carcerária mostrou as dificuldades nos cárceres locais, principalmente após a greve dos agentes carcerários. Um dia de greve causou muitos prejuízos e mortes dos internos. A greve terminou, mas os problemas continuam na Capital e Interior. Atualmente, só dois presídios permitem a entrada dos membros da Pastoral Carcerária: o presídio feminino Auri Moura Costa e o presídio Irmã Imelda que acolhe as pessoas LGBT, idosas, doentes e em detidos pela Lei Maria da Penha. A pastoral ressalta a importância do cristão nos cárceres, junto também aos familiares dos detentos.

Pe. Lino Allegri

Sobre os moradores de rua, o padre Lino Allegri, falou situação de rejeição e discriminação dos que vivem na rua e dos projetos sociais desenvolvidos ultimamente como a Campanha de Moradia em 2015 para abrigar aqueles que querem pelo menos passar a noite. Também um projeto de empreendedorismo para atendê-los em parceria com o Centro de Direitos Humanos da Arquidiocese de Fortaleza e o Ministério do Trabalho. Existem ainda o Fórum dos Moradores de Rua com discussões envolvendo vários grupos e entidades para enfocar o trabalho realizado e a realizar. O fórum é mensal. Padre Lino falou dos núcleos criados nas paróquias da Paz e do bairro Barroso e agradeceu aos agentes de pastoral pelo trabalho que realizam.

Ir. Elizabete e José Carlos

Membros do Condomínio Espiritual Uirapuru (CEU) relataram o trabalho das comunidades que atuam ali há 16 anos, onde já foram atendidas 873 crianças abandonadas, com o vírus HIV e 3.228 adolescentes. Na Fazenda da Esperança, primeira instituição a funcionar  no CEU, foram atendidas 485 jovens do sexo feminino que lutam contra a dependência das drogas.

Na Funface, foram atendidas 250 crianças fissuradas. Existem 612 inscritas. Na Casa Sol Nascente para adultos, já foram atendidas 648 mulheres e homens.

Entre as 11 obras de misericórdia do mundo, escolhidas pelo Papa Francisco, o Condomínio Espiritual Uirapuru está entre elas.

 

Por Rita Fahena – PASCOM Paróquia Nossa Senhora de Nazaré – Montese

Arte/Foto  – Wendell Albuquerque – PASCOM Àrea Pastoral Santo Antônio -Pici

Compartilhe

Subir

1 Comentário »

1 Comentário »

  • Fatinha disse:

    Participei desse simpósio. Foi muito bom! Essas palestras são renovadoras. Eu não tinha a dimensão por exemplo dos trabalhos dessas pastorais aí apresentadas. De tudo o que ouví e vi, só me resta uma lição: não desistir da luta em favor dos menos favorecidos. Eles são os preferidos de Deus!


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

festa-da-vida_popup

8ª Festa da Vida na Arquidiocese de Fortaleza

santa-luzia_t

Paróquia vai receber visita da relíquia de Santa Luzia

padre-ruy_t

Padre Antônio Ruy Barbosa Mendes celebra 25 anos de ordenação presbiteral

brendan_

[Artigo] O STF E A IGREJA CATÓLICA

CNBB-OK

Nomeados bispos para Grajaú e Rio de Janeiro


QR Code Business Card