Atualidades

Significado da Festa da Cátedra de São Pedro

Pe. Dr. Brendan Coleman Mc Donald, C.Ss.R

No dia 22 de fevereiro a Igreja Católica está celebrando a festa  da Cátedra de São Pedro Apóstolo. Relativamente poucos católicos compreende o que significa esta festa. O que vou escrever agora é tirado ipsis litteris do livro: Dicionário Enciclopédico das Religiões, Volume 1 (A-J) da autoria de Hugo Schlesinger e Humberto Porto, páginas 538/539, da Editora Vozes, Petrópolis, 1995.

A Cátedra de São Pedro é “a peça de um pequeno trono de madeira, revestido de bronze e ornamentado com incrustações de marfim, mede 1,36m de altura, por 0,85m e 0,65m e foi examinada inclusive através do teste do carbono 14 (radioativo). Era um trono real que foi oferecido ao papa João Vlll pelo imperador dos francos Carlos, o Calvo, provavelmente no ano de 875, data da coroação do Pontífice. De fato, na madeira do trono se distingue uma figura coroada representando os traços do monarca, como são vistos na Bíblia que ele ofereceu ao mesmo papa. O revestimento protetor do trono, reforçando-o e possibilitando o transporte, deve remontar a uma época posterior (talvez século Xl ou Xll). Utilizava-se essa Cátedra de São Pedro na liturgia da coroação de um novo papa e na festa da Cátedra de São Pedro (22 de fevereiro). A ausência de dados históricos sobre sua origem, a presença de incrustações de marfim aparentemente de uma época romana, deram azo à formação da tradição que pretendia afirmar a origem do trono como petrina, isto é, teria realmente pertencido ao próprio apóstolo Pedro, o que agora ficou desmentido. O monumento da Cátedra de São Pedro no interior da Basílica Vaticana é obra do arquiteto Giovanni Bernini (1598-1680). A peça que contém o relicário é sustentada por dois Padres da Igreja Latina, Santo Agostinho e Santo Ambrósio, e por dois padres da Igreja Grega, Santo Atanásio e São João Crisóstomo. Estes insignes mestres lembram que as mais altas inteligências se submetem à autoridade da Cátedra de São Pedro. Por cima adeja a pomba do espírito Santo. Esse monumento foi construído no pontificado de Alexandre Vll (1655- 1667). Por sobre a Cátedra esplende “a glória de Bernini” onde se coloca a figura do santo ou da santa durante a beatificação ou canonização”.

A festa deste ano une, numa só, duas comemorações anteriores à reforma litúrgica: a da estadia de São Pedro como bispo em Antioquia e a da sede definitiva de Pedro em Roma, onde morreu por volta do ano 67. Com a palavra “Cátedra” a Liturgia entende o lugar simbólico de onde Pedro exerceu sua função de mestre e guia da Igreja universal, conforme as palavras de Cristo: “Tu és Pedro e sobre esta pedra edificarei minha Igreja” (Mt 16,18) e as outras: “apascenta meus cordeiros, apesenta minhas ovelhas” (Jo 21,16).  Da palavra “Cátedra” deriva o termo “Catedral”, ou igreja primacial, de onde o bispo ensina e preside à comunidade dos fiéis na diocese.

Pe. Brendan Coleman Mc Donald, Redentorista e Assessor da CNBB Reg. NE1

Compartilhe

Subir

Seja o primeiro a comentar »

Seja o primeiro a comentar »


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

Rede Cearense realiza 16º Feirão de Socioeconomia Solidária

Presidente da CNBB recebe organizadores de ato contra a reforma da Previdência

Criaturas novas de Deus

Nossa Senhora de Guadalupe

Editorial – dezembro 2017: “Campanha para a Evangelização”


QR Code Business Card