Atualidades

São João Apóstolo e Evangelista

Pe. Dr. Brendan Coleman Mc Donald

No dia 27 de dezembro de 2017 a Igreja Católica celebra a festa de São João Apóstolo e Evangelista. As informações sobre ele procedem diretamente do evangelho. São Marcos nos diz que foi filho de Zebedeu, pescador de Betsaida  (cf. Mc 1, 20) e de Salomé, uma das mulheres a serviço de Jesus (cf. Mc, 15, 40 e Mt 27, 56). Ele escreveu o Evangelho segundo João, também as três epístolas de João, e provavelmente foi o autor do Apocalipse, embora há uma controvérsia sobre o autor deste livro.  João foi o mais novo dos apóstolos sendo vinte quatro anos de idade quando Jesus o chamou.  Ele foi um discípulo predileto por Jesus: “Aquele a quem Jesus amava” e “O que reclinou sua cabeça no peito de Jesus” (Jo 13, 23).

São João testemunhou os seguintes fatos: a) A ressurreição do filho de um dos chefes da sinagoga chamado Jairo (cf. Mc 5, 37); b) A Transfiguração junto com Pedro e Tiago (cf. Mc 9,2); c) Agonia de Jesus na propriedade chamada Getsêmani, mais um a vez com Pedro e Tiago ( Mc 14, 33); A crucifixão de Jesus no Calvário, onde Jesus disse a ele indicando Maria “Eis a tua mãe” (cf. Jo 19, 26). A bíblia diz que a partir daquela hora, o discípulo João a recebeu em sua casa.  João foi o único apóstolo que assistiu Jesus ao pé da Cruz (cf. Jo 19, 27). Porém, alguns autores afirmam que João tinha ciúme da liderança de Pedro no grupo dos doze, e um dia ele e Tiago fizeram um pedido estranha a Jesus; “Mestre, concede-nos que nos assentemos na tua glória, um a tua direito e outra a teu esquerdo”. Jesus não atendeu esse pedido dizendo “não cabe a mim concedê-lo, porque é para aqueles a quem está preparado”.

Depois de Pentecoste, a presença e a ação de João foram de grande importância para a consolidação da comunidade primitiva na Judéia, como testemunham as numerosas citações do seu nome nos Atos dos Apóstolos. Depois da dispersão dos apóstolos, São João dedicou-se a fundar e firmar as Igrejas na Ásia Menor (cf. O Santo do Dia, Dom Conti, p. 579).  João transmite-nos a mensagem fundamental de Cristo, “Amai-vos uns aos outros como Eu vos tenho amado”. Este apóstolo, de temperamento ciumento, impulsivo e vingativo ( foi chamado uma vez por Jesus de “Filho do Trovão” – Boanergesd), tornou-se apóstolo do amor sempre enfatizando que “Deus é amor”, e que o amor nossa leva a Deus e nos prende ao próximo. Celebramos sempre sua festa no dia 27 de dezembro.

Brendan Coleman Mc Donald, Redentorista

Compartilhe

Subir

Seja o primeiro a comentar »

Seja o primeiro a comentar »


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

Presidente da CNBB reflete sobre tema da CF 2018

Ordenação Presbiteral do Diácono Rodrigo Alves de Oliveira Arruda, SCJ

Carta da Articulação das Pastorais Sociais, CEBs e Organismos da Arquidiocese de Fortaleza acerca da chacina das Cajazeiras e a violência crescente em nossa cidade, estado, país

Voltados ao mistério

Mensagem do Papa para a Quaresma 2018


QR Code Business Card