Atualidades

Pentecostes: a face da terra renovada

Pe Geovane Saraiva*

Fomos batizados, e pelo batismo somos convidados a falar a linguagem do amor, na consciência de que o Espírito do Senhor, que se espalhou por todo o universo, constantemente, quer renovar a face da terra, socorrendo e saciando a fome e a sede da humanidade. Jesus nos assegura a presença do seu espírito criador e santificador em nosso meio. Convençamo-nos da necessidade da linguagem compreensiva a todos, na busca por um mundo solidário, de justiça, reconciliação e paz.

O mundo fecundado é cheio de graças só a partir de Pentecostes, pelos dons do Espírito Santo derramado por toda a extensão da terra, dons traduzidos em amor e graça no coração dos fiéis. Contamos com o fundamento sólido da palavra de Deus, que, pedagogicamente, quer animar e vivificar os corações dos cristãos, convocando-os a levar adiante a desafiante tarefa, iniciada por Jesus de Nazaré, quando, ao subir ao Pai, prometeu-nos solenemente o Espírito Santo: “Eis que estou convosco todos os dias até o fim do mundo” (cf. Mt 28, 20). Estejamos sempre mais convencidos de que vida nova, segundo a vontade de Deus-Pai, só mesmo com o Espírito Santo de Deus.

Que sejamos motivados a vencer o medo que parece crescer sempre mais entre nós, dizendo sim à ação criativa do Espírito de Deus. Urge sempre mais a certeza de que o Espírito Santo prometido por Jesus é a própria vida de Deus, causando-nos um novo impulso e um florescimento maravilhoso e responsável. Que o Espírito Santo possa mexer com os corações e a consciência dos seres humanos, agindo nos cristãos e nas pessoas de boa vontade em geral, fazendo-as diferenciadas pela força vivificadora do Espírito Santo de Deus, no amor e no testemunho.

Não nos esqueçamos jamais das palavras de Jesus diante dos empecilhos: “Vós chorareis e vós lamentareis, mas o mundo se alegrará; vós ficareis tristes, mas a vossa tristeza se transformará em alegria” (cf. Jo 16, 20). Dentro de uma perspectiva acolhedora, na busca da conversão permanente e da infinita bondade de Deus, de coração aberto ao seu amor misericordioso, coloquemo-nos em estreita sintonia com a linguagem do Espírito Santo de Deus, na diversidade de dons e carismas, na promessa de renovar a face da terra.

*Pároco de Santo Afonso, Jornalista, Vice-Presidente da Previdência Sacerdotal, integra a  Academia Metropolitana de Letras de Fortaleza – geovanesaraiva@gmail.com

Compartilhe

Subir

Seja o primeiro a comentar »

Seja o primeiro a comentar »


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

Nota de repúdio dos bispos do Regional CNBB NE1-Ceará diante do escárnio público contra os símbolos sagrados

Em 2017, o Dia Mundial dos Pobres dia será celebrado em 19 de novembro.

Coleta da Campanha Missionária acontece neste final de semana no Brasil e no mundo

Reunião do Conselho Episcopal Regional (CONSER) Regional Nordeste 1 da CNBB – Ceará

Padre Antônio Niemiec é o novo secretário nacional da Pontifícia União Missionária


QR Code Business Card