Atualidades

Palavra de paz e de misericórdia

Estamos no mês de setembro, que é um dos três meses temáticos propostos pela CNBB, que foi instituído para a retomada da consciência e do valor das Sagradas Escrituras na vida e missão do Povo de Deus. Setembro é o período consagrado a um estudo e meditação de um dos livros da Bíblia, em razão que no dia 30 deste mês, celebramos a memória de São Gerônimo, o grande tradutor da “Vulgata” texto oficial das Escrituras, do grego para a língua latina.

Este ano o texto de estudo escolhido foi o Evangelho de São Lucas, com o lema: “Alegrai-vos comigo, encontrei o que estava perdido!” ( Lc. 15,9 ). O evangelista Lucas coloca no centro do seu Evangelho as parábolas da Misericórdia, mostrando o maravilhoso rosto de um Deus Pai compassivo, acolhedor e carinhoso. Podemos acompanhar na narrativa lucana o itinerário do discípulo cristão nos seus cinco aspectos ou dimensões sequenciais: encontro, conversão, seguimento, comunhão fraterna e missão. Perpassa também todo o Evangelho de Lucas a alegria, que é a presença do Espirito Santo fazendo acontecer a salvação e o Reino entre os pequenos.

Vemos ainda no texto lucano a perspectiva Mariana do Evangelho, pois, é possível descobrir o discipulado e a peregrinação da fé e na fé de Maria a Mãe de Jesus. É importante ressaltar que a Bíblia mais que um livro ou uma coleção de livros é uma pessoa que nos fala e quer entrar na nossa vida: Jesus Cristo. Por isso desconhecer a Bíblia é ignorar o próprio Cristo, afirmava São Gerônimo.

Que este mês nos ajude a celebrar a leitura orante da Bíblia, nos motive para implementar a animação bíblica de toda pastoral e nos encaminhe para a missão, pois, não existe evangelização sem o anuncio explícito da Palavra do Senhor. Palavra que será sempre uma descoberta alegre, fascinante, transformadora porque nos leva ao centro do Mistério de Deus amor e seu Sacratíssimo Coração.

Somos um Povo convocado pela Palavra que nos torna Igreja, isto é, Assembléia de pessoas que acreditam, que a Palavra nos ilumina, guia e nos forma, conduzindo-nos para a Pátria definitiva, a Casa do Pai. Deus seja louvado!

Por Dom Roberto Francisco Ferreria Paz, Bispo de Campos (RJ).

Compartilhe

Subir

Seja o primeiro a comentar »

Seja o primeiro a comentar »


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

Festa na paróquia de São Francisco de Assis, Jacarecanga

Soberania nacional é o eixo central da análise de conjuntura apresentada aos bispos Consep

Liturgia Diária: Evangelho – Lc 7,31-35

Papa Francisco anuncia duas novas nomeações na manhã desta quarta-feira, 20

“Magnum Principium” do Papa Francisco


QR Code Business Card