Atualidades

Novo Vigário de Cristo

geovane150Padre Geovane Saraiva*

No mês de março o mundo católico terá um novo Sumo Pontífice. Pontífice quer dizer ponte, que tem a função de ligar uma margem à outra de um rio. No caso do Sucessor de Pedro, o múnus que lhe competirá é o de fazer a ligação da terra ao céu, numa misteriosa troca de dons. Penso que será uma feliz ocasião em que o povo de Deus terá para reavivar a sua fé e avançar para as águas mais profundas, orientados pela palavra segura, fecunda e esperançosa do futuro papa, representante visível de Cristo aqui na terra (cf. Lc 5, 4-7; MT 16, 18 ).

Visto pelos olhos da fé, o gesto de Bento XVI, que surpreendeu o mundo, revela-nos o sopro do Espírito Santo e deve ser humildemente acolhido por todos. Renúncia durante seis séculos era tida como um sinal de fraqueza, mas que agora deve ser notado como uma atitude de grandeza.

Num mundo marcado pelo pluralismo, na diversidade de pensamentos e opções de vida, alimenta-se o sonho de esperança, onde o Espírito Santo aja em toda sua plenitude através do próximo papa que logo assumirá a função maior na Igreja Católica. Nossa ardorosa súplica ao bom Deus, para que diante da missão incomensurável, ele seja fermento, sal e luz para toda a humanidade.

Jesus Cristo continua a afirmar: “O que vos peço é que não os tireis do mundo, mas que os guardes do mal” (Jo 17, 15). A Igreja vive inserida num mundo onde há pedofilia, homossexualidade e segunda união. Mesmo sendo uma organização de voluntários, espera-se de seus membros obrigações e vínculos, onde não se prescindem clareza e convicção. Jamais podemos esquecer que o futuro papa terá a tarefa de fermentar a criação, na promoção do Reino de Deus e sua justiça.

Com a chegada do novo Vigário de Cristo na terra, que o planeta possa ser alegremente contemplado, no sentido de que os cristãos sejam estimulados e fomentados a um compromisso de dialogar e cuidar da criação, nas suas mais diversas realidades. O mundo precisa carinhosamente de práticas ecológicas e ambientais, para que a fé da humanidade possa se tornar cada vez mais coerente com aquilo que se acredita.

*Padre da Arquidiocese de Fortaleza, Escritor, Membro da Academia de Letras dos Municípios do Estado Ceará (ALMECE), da Academia Metropolitana de Letras de Fortaleza e Vice-Presidente da Providência Sacerdotal. E é Pároco de Santo Afonso.

geovanesaraiva@gmail.com

Compartilhe

Subir

Seja o primeiro a comentar »

Seja o primeiro a comentar »


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

Nossa Senhora de Guadalupe

Editorial – dezembro 2017: “Campanha para a Evangelização”

Agenda do Arcebispo: Janeiro 2018

Decretos e Provisões – novembro 2017

Boletim Igreja no Brasil – CNBB – n. 266


QR Code Business Card