Atualidades

Meditação do IV domingo de Páscoa

JESUS, BOM PASTOR QUE NOS CONDUZ

Queridos irmãos e irmãs,

Eu gostaria de partilhar com vocês essa experiência do IV Domingo da Páscoa, Domingo do Bom Pastor, nós, por meio da Liturgia da Palavra vamos meditar esta experiência bonita de Deus, o Bom Pastor que nos conduz, assim como nos manda Jesus, Ele, modelo de vida para cada um de nós.

Nós percebemos na Escritura Sagrada que Deus sempre conduziu o seu povo, a mão poderosa de Deus sempre conduziu o povo de Israel e conduz hoje a cada um de nós.

Na 1ª Leitura nós vamos perceber como Pedro cheio do Espírito Santo faz uma memória, lança ao povo de Israel essa oportunidade de recordar que Jesus de Nazaré, o crucificado, agora ressuscitado, é aquele que foi enviado por Deus para conduzir o povo a uma esperança maior, a terra prometida, a esperança da Salvação. Em nenhum outro nome há salvação a não ser em Jesus Cristo, o Bom Pastor que nos conduz, Ele, pedra outrora rejeitada pelos construtores, torna-se então com a sua ressurreição, a pedra angular, a pedra principal, a pedra pela qual nós podemos alicerçar a nossa vida e termos em Jesus, o Filho amado, a certeza de que somos muito amados por Deus, somos filhos de Deus muito amados e é este presente de amor que Deus nos confere na 2ª Leitura de hoje, na 1ª Carta de João, no capítulo 3, um grande presente Deus nos dá, de sermos chamados filhos de Deus, mas nem sequer ainda se manifestou que seremos, pois ainda devemos viver esse amor entre nós. É vivendo o amor que nós testemunhamos a nossa filiação divina, somos filhos de Deus.

No Evangelho de hoje, o belíssimo capítulo 10 do Evangelho de João, nos versículos de 11 a 18, Jesus se apresenta para nós como o Bom Pastor, o Bom Pastor que dá a vida pelas suas ovelhas, ao contrário dos mercenários, Jesus é capaz de dar a vida, de proteger, de ser reconhecido em sua voz, pois Ele mesmo nos diz: “as minhas ovelhas escutam a minha voz, elas me conhecem”. Ao contrário do mercenário que no primeiro perigo foge, abandona o rebanho, não cuida do rebanho, Jesus é aquele que vem cuidar de cada um de nós, pois Ele é o Bom Pastor, mas, Jesus não se contenta apenas com as ovelhas do seu redil, Ele mesmo nos diz um pouco mais à frente tenho ainda outras ovelhas que ainda não são desse redil, também a elas eu devo conduzir.

As Atuais Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja do Brasil nos lembram os lugares onde nós ainda não fomos, os lugares aonde a ação de Jesus, o Bom Pastor, a partir da nossa ação pastoral deve ser presente. Peçamos ao Senhor, o Bom Pastor que nos conduz que nós tenhamos a coragem, a ousadia, de anunciar o Evangelho da vida, de sermos também cada agente de pastoral, cada membro da Igreja um evangelizador, ousado, capaz de anunciar esse Bom Pastor que nos conduz.

E possamos pedir a Deus a graça de que Ele, Pastor do rebanho, possa nos dar a força de atingirmos a capacidade de viver o Evangelho de Jesus Cristo, a altura da vocação que temos como cristãos. Que Deus nos abençoe e nos guarde e que Jesus, o Bom Pastor nos capacite para vivermos bem este Evangelho da vida, o Evangelho do IV Domingo da Páscoa, Dia Mundial de Orações pelas Vocações, vamos rezar também a Deus para que Ele mande santas vocações para as nossas famílias, para toda a Igreja.

Louvado seja o Nosso Senhor Jesus Cristo!

Padre Fernando Antonio Carvalho Costa, Pároco de Nossa Senhora da Salette – Bela Vista.

Compartilhe

Subir

2 Comentários »

2 Comentários »


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

Paróquia de Jesus, Maria, José realizará Caminhada pela Paz no bairro Antônio Bezerra

Saiba o que irá mudar na mídia vaticana

Rede Cearense realiza 16º Feirão de Socioeconomia Solidária

Presidente da CNBB recebe organizadores de ato contra a reforma da Previdência

Criaturas novas de Deus


QR Code Business Card