Atualidades

João Batista alegrou o mundo

São João Batista é lembrado como uma pessoa que viveu com muita seriedade e com muito rigor, na austeridade e na penitência, anunciador da verdade e da justiça, prometendo tempos bons e o futuro tão esperado pela humanidade. Foi consagrado de tal modo, que ainda no seio materno, ele exultou com a chegada do Salvador da humanidade e seu nascimento trouxe grande alegria ao mundo, na realização de sua promessa, com tempos novos, tempos messiânicos. É a esterilidade de seu Pai, Zacarias, que se transformou em fecundidade e o homem mudo, passou a ser um profeta corajoso e exuberante (cf. Lc 1, 57s).

João Batista nos ajuda a perceber a insatisfação vivida pelo povo brasileiro diante do dinheiro público em obras faraônicas, de pouca utilidade, que satisfaz sim, a vontade das empreiteiras e dos políticos, mas léguas e léguas distantes das reais necessidades da população. Por isso mesmo, a juventude não concorda com os elevados gastos nos estádios da Copa, num país que geme as dores do parto no transporte público, bem como o desvio dos recursos nas grandes obras, nas estradas sem conservação, no mísero salário professores públicos, sem falar na realidade precária da saúde e no avanço do agronegócio.

Um homem foi enviado por Deus, e o seu nome se chamava João. O Evangelho de São João, logo no início, depois do prólogo, trata do batismo realizado por João no Rio Jordão, batizando o autor do batismo nas águas santificadas, tendo como ponto alto o seu encontro com Jesus, que ao ver passar, reconhece-o e assim se expressou: “Eis o Cordeiro de Deus, aquele que tira o pecado do mundo” (Jo 1, 29).

Para vivermos bem e realizados, é necessário que se faça o seguimento de Jesus de Nazaré, a partir da exigência, que tem origem no seu projeto de amor para conosco, através da experiência central e decisiva, na obediência ao projeto do Pai em favor da humanidade, a exemplo de João Batista, que recebeu a imprescindível missão de testemunhá-lo como luz e desse modo preparar um povo bem disposto a acolhê-lo.

Foi ele que preparou o povo para o início da missão pública de Jesus, dizendo com todas as letras que ele mesmo caminharia à frente do Cristo Jesus, anunciando que os sinais dos tempos chegaram e as promessas anunciadas por Zacarias estavam para se realizar. O seu vibrante convite foi o de acordar o povo do sono, muitas vezes profundo, para reconhecer o Salvador, como o sol que veio nos visitar.

No mundo em vivemos, diante das prioridades nos projetos megalômanos, muitas vezes em detrimento da pessoa humana, sem esquecer o meio ambiente, com todo seu ecossistema, guardemos como ensinamento e inspiração as palavras sábias e proféticas do glorioso São João Batista: “É necessário que ele cresça e eu diminua” (Jo 3, 29).

A afirmação de Jesus, “Eis-me aqui, ó Pai, para fazer a tua vontade” (Hb 10, 9), nos indica o caminho da verdade e da vida, através próprio Filho Deus, que ao se encarnar e entrar no mundo realiza a vontade daquele que o enviou. Daí a importância de olhar para a grandeza do precursor, do homem que se alimentava de gafanhotos e mel da selva, figura humana e divina, que recebeu o maior do todos os elogios do seu Mestre e Senhor, ao afirmar: “Dos nascidos de mulher, ninguém é maior que João Batista” (MT, 11, 11).

Deus nos dê a graça da esperança, de sempre sonhar com tempos novos, quando nos assegura que podemos ser maior que João Batista, transformando-nos em artífices do reino de Deus, na busca da justiça e da verdade, da solidariedade e da paz, no caminho do bem.

Por Padre Geovane Saraiva, padre da Arquidiocese de Fortaleza, escritor, membro da Academia Metropolitana de Letras de Fortaleza, da Academia de Letras dos Municípios do Estado Ceará (ALMECE) e Vice-Presidente da Previdência Sacerdotal – Pároco de Santo Afonso – geovanesaraiva@gmail.com.

Compartilhe

Subir

Seja o primeiro a comentar »

Seja o primeiro a comentar »


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

Na celebração do I Dia Mundial dos Pobres Arquidiocese lança a 9ª Festa da Vida

Lutero e sua marca na História

Inauguração da Centro de Evangelização do Shalom Bela Vista

Papa Francisco pede fim de armas nucleares

Presidente da CNBB foi nomeado pelo Papa Francisco como Relator Geral do Sínodo 2018


QR Code Business Card