Atualidades

IV Marcha Internacional Contra a Corrupção acontecerá em Fortaleza

Acontecerá no dia 9 de dezembro – Dia Internacional Contra a Corrupção – em Fortaleza, na Praça do Mercado Joaquim Távora, na Avenida Pontes Vieira, às 14 horas, a IV Marcha Contra a Corrupção. O evento é organizado pelo Movimento Unidos Contra a Corrupção – Ceará (movimento sem ligação partidária e sem ligação sindical). Dom Edimilson Cruz, Bispo emérito de Limoeira do Norte, participará da Marcha.

Saiba mais

Você sabia que o custo anual da corrupção no Brasil gira em torno de 80 bilhões de reais? Pois bem, tal fato interfere diretamente no seu bem estar e na sua qualidade de vida, uma vez que esses recursos poderiam ser aplicados em saúde, educação, infraestrutura, segurança, habitação e em muitas outras coisas. Quase todos os dias nos deparamos com os mais diversos casos de desvios e apropriação indevida do dinheiro público: mensalão, escândalo dos banheiros, dólares na cueca, somente para citar alguns dos mais conhecidos. A corrupção é um câncer da sociedade e não terá um fim em nosso país até que a população tome consciência, reivindique seus direitos, cobre a correta aplicação dos recursos públicos e fiscalize a atuação dos nossos políticos e agentes públicos. A participação de cada cidadão é fundamental para combater a impunidade que assola nosso país.

Informações:”www.facebook.com/groups/262910760420106/” ou “www.facebook.com/events/554283621255751/”

Compartilhe

Subir

1 Comentário »

1 Comentário »

  • ELMANO Siqueira disse:

    A verdade é que a sociedade em geral é indignada com a existência de tanta corrupção, mas, afinal, o que tem ela feito efetivamente para acabar com esse mal?
    Será que discutirmos sobre o mal que a corrupção provoca na sociedade, apenas nos momentos de lazer, tais como quando estamos reinidos com amigos e/ou familiares em uma mesa de restaurante ou bar; no local de trabalho; no encontro com amigos ao sairmos da missa; na praia ou no shopping, enfim, nos momentos informais de nosso dia a dia, irá efetivamente acabar com esse mal, que faz milhões de vítimas em nosso País?
    O que efetivamente de prático essa postura/comportamento já trouxe de avanço no que diz respeito ao combate à corrupção.
    Evidentemente que é importante não silenciarmos quanto a esse tema. Devemos mesmo discutir e expor nossa indignação com nossos familiares, amigos e demais pessoas em geral, especialmente nossos filhos, para que eles possam conviver em um ambiente em que se educa pelo compromisso da solidariedade, do amor ao próximo, e sobretudo pelo resgate e preservação dos valores da ética, da moral e da honra.
    Por isso, acredito que, sem a participação ativa da sociedade, nada irá mudar nesta nem nas próximas gerações.
    As autoridades e os órgãos de controle estatais não dão conta sozinhos de combater e coibir esse mal, esse câncer que é a corrupção. Necessitamos, todos, ajudar nesse combate e na prevenção contra esse mal.
    Ter atitude é o caminho!!!!!


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

Visitas Pastorais: uma missão episcopal

São Lucas Evangelista

Papa Francisco nomeia novo bispo para a diocese de Montenegro, no Rio Grande do Sul

18.10.2017 – Audiência Geral

Católica de Fortaleza discute futuro da Religião em Simpósio


QR Code Business Card