Atualidades

Combonianos no Brasil – 60 anos

Os Missionários Combonianos completam 60 anos em terra brasileira. Só cabe gratidão.

Há exatos 60 anos os primeiros combonianos chegavam à pequena cidade de Balsas, sul do Maranhão. No dia 12 de junho de 1952, às vésperas da festa do padroeiro da cidade, Santo Antônio, os primeiros missionários, filhos de Daniel Comboni, eram recebidos com rojões, entre aclamações e gritos de alegria. Aquela chegada, naquele dia, representou uma feliz coincidência, como que a simbolizar a consagração de uma aliança esponsal com aquela comunidade eclesial. E, posteriormente, com toda a igreja – povo do Brasil. Hoje, profundamente mergulhados na cultura do provisório, do descartável e do transitório, os combonianos insistem em confirmar sua fidelidade e sua disposição em amar, zelar, cuidar de tantos homens e mulheres que têm visto nesses missionários um instrumento da compaixão e do amor do Pai. Em que pesem as normais fragilidades pessoais e institucionais, essas ‘bodas de diamante’ significam para os combonianos uma renovada disposição a servir, como outrora, ‘os mais abandonados e esquecidos desse mundo’. Não cabem nesses momentos autoelogios e autoexaltação e sim, autênticas manifestações de agradecimentos que brotam do mais profundo do coração de quantos têm servido como missionários nessa terra.

Agradecimentos a todos aqueles combonianos vivos e atuantes, e aos ‘ressuscitados’ no Pai, que com sacrifício, abnegação e espírito de adaptação souberam conviver, animar e colaborar com comunidades eclesiais, famílias e grupos humanos defendendo e promovendo a plenitude do direito e da vida.

Agradecimentos a tantos homens e mulheres dessa terra nordestina e brasileira que têm acolhido, cuidado, protegido e amado mais de 300 combonianos que aqui passaram ao longo desses 60 anos. Pessoas tão humanas que têm sido para esses missionários verdadeiros pais, irmãs e irmãs, de verdade. Sabendo compreender e relevar, – sem julgar ou condenar, – suas formas de ser que nem sempre eram condizentes com o jeito e a cultura local.

Agradecimentos a todas aquelas famílias que com verdadeiro espírito de desprendimento e solidariedade não somente têm apoiado as escolhas e opções dos combonianos, mas colocaram seus bens, seu tempo, e ofereceram suas orações para apoiar e sustentar uma missão que tem sido bem maior que os próprios ‘enviados’.

Agradecimentos, enfim, ao Deus da vida, pois se algo os combonianos têm semeado ao longo desses 60 anos foi a seiva divina do Espírito que fez germinar, crescer e frutificar fraternidade, esperança renovada e vontade de transformar.

Conselho Provincial Brasil Nordeste

 … nada de orgulho por ser comboniano… 

só um compromisso a mais…

Leia em   http://www.ecooos.org.br/

Compartilhe

Subir

Seja o primeiro a comentar »

Seja o primeiro a comentar »


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

Planilha de contribuição das paróquias e das áreas pastorais: outubro de 2017

Festa da Paróquia Nossa Senhora das Graças – Santa Maria

“I Aviva Povo de Deus”

Paróquia Nossa Senhora das Graças e São Pedro na Praia da Tabuba, em Caucaia – CE.

Material que foi veiculado no Jornal JCTV na Rede Vida de Televisão


QR Code Business Card