Atualidades

Bispos falam sobre os trabalhos do segundo dia da 50ª AG

Durante entrevista coletiva realizada na tarde desta quinta-feira, 19/04, os bispos apresentaram um resumo das atividades realizadas neste dia na 50ª Assembleia Geral (AG). Participaram da coletiva o arcebispo de Mariana (MG), dom Geraldo Lyrio Rocha, atual delegado da CNBB junto ao Conselho Episcopal Latino-Americano (CELAM); o arcebispo de Salvador (BA), dom Murilo Sebastião Ramos Krieger e dom Armando Bucciol, bispo de Livramento de Nossa Senhora (BA).

Cada bispo fez uma breve exposição sobre os temas discutidos hoje na AG. O tema central, “A Palavra de Deus na vida e missão da Igreja”; o trabalho da Comissão Episcopal dos Textos Litúrgicos (CETEL), que hoje fez a exposição do andamento da revisão do texto do Missal Romano; e também a celebração do Jubileu das Assembleias Gerais da CNBB.

Jubileu das Assembleias Gerais

O destaque foi a importância da contribuição das Assembleias para a caminhada da Igreja no Brasil, que será lembrado na sessão solene no início da noite de hoje. “A reunião deste grupo cria vínculos de amizade, de fraternidade, de pastores conscientes da responsabilidade com a caminhada da Igreja no Brasil”, lembrou dom Murilo. “Os marcos luminosos das contribuições das AG representam muito para todos nós”, afirmou dom Geraldo.

Palavra de Deus

Em relação ao tema central desta 50ª AG, dom Murilo lembrou que este tema já foi abordado em 2010, inspirado pelo Sínodo dos Bispos sobre a Palavra de Deus, convocado pelo papa Bento XVI em 2008. “Estamos refletindo como a Palavra pode iluminar a pastoral. Creio que a parte final do documento que estamos estudando dará orientações muito práticas para as comunidades”, disse o arcebispo de Salvador.

Ele detalhou o processo de construção do documento final, destacando que ele é feito no espírito da colegialidade. “Todos são convidados a dar a sua contribuição neste texto, que deve ser aprovado e apresentado nos próximos dias”, disse dom Murilo.

Textos litúrgicos

A respeito da revisão do texto do Missal Romano, dom Armando foi questionado sobre o andamento do trabalho. Ele deixou claro que se trata de um trabalho longo e demorado. “Ainda vai demorar muitos anos, pois já fizemos a revisão do texto das orações do Tempo Comum. Agora estamos na revisão dos prefácios”. De acordo com ele, o trabalho deve ser concluindo em cerca de dois anos.

Sobre o mesmo assunto, dom Geraldo recordou o principal desafio do trabalho que é feito atualmente pela CETEL é verificar a fidelidade da tradução ao texto latino. “Estão verificando se o texto em português diz a mesma que o original em latim”. Ele esclareceu que até o final deste trabalho, a versão atual continua valendo.

Missão Continental

Ao questionamento sobre a importância da Campanha da Evangelização, realizada pela CNBB no período do Advento, dom Murilo explicou que a participação neste projeto tem melhorado a cada ano. “O mais importante é criar a consciência de que toda a Igreja é missionária, e que é preciso colaborar. Mas sabemos que este processo é demorado”.

Sobre este espírito, dom Geraldo recordou a contribuição da V Conferência Geral do Episcopado Latino Americano, realizada em Aparecida (SP) em 2007. “Ser católico é ser discípulo missionário de Jesus. E a Missão Continental não é a realização de eventos, mas um espírito presente na ação da Igreja, em estado permanente de Missão”.

Compartilhe

Subir

Seja o primeiro a comentar »

Seja o primeiro a comentar »


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

Assembleia de avaliação e planejamento da Região Episcopal São Pedro e São Paulo

Assembleia da Região Episcopal Nossa Senhora dos Prazeres

Comunidade Católica Corpo Místico de Cristo realiza Congresso Mariano

Paróquia Sagrada Família em Ocara realizou Retiro com Agentes Pastorais

O Sínodo da Juventude 2018


QR Code Business Card