Atualidades

[Vídeo] Beatificação de Maria Celeste Crostarosa

Foi com enorme alegria que os padres redentoristas do mundo inteiro receberam a notícia que o Santo Padre Francisco vai beatificar no dia 18 de junho 2016 Madre Maria Celeste Crostarosa, fundadora das  Irmãs da Ordem do Santíssimo Redentor. O Programa para a celebração do ato de beatificação é o seguinte: Haverá a solene beatificação da Madre Maria Celeste Crostarosa na Basílica-Catedral de Maria SS. Assunta in Cielo, Foggia, na Itália, no dia de 18 de junho, 2016, presidido  por sua Eminência Cardeal ANGELO AMATO, Delegado de Sua Santidade Papa Francisco e Prefeito da Sagrada Congregação das Causas dos Santos. Foggia, dia 18 de junho às 18.30 horas, na Igreja do Mosteiro das irmãs Redentoristas do Santíssimo Redentor, com Vésperas Cantada, e presidida pelo Excelentíssimo e Reverentíssimo Senhor Pe. Michael Brehl, Superior Geral dos Padres Redentoristas (Congregação do Santíssimo Redentor). Também em Foggia, domingo, dia 19 de junho, 2016 às 10:00 horas, uma Missa Solene de Agradecimento, presidido pelo Cardeal SALVATORE DE GIORGI, Arcebispo emérito de Palermo.padre_brendan

Maria Celeste nasceu em Nápoles no dia 31 de 1696,  filha de um casal rico e religioso: D. José e D. Paula Batista que tiveram 12 filhos. Aos 22 anos, tendo ido visitar o mosteiro carmelita de Marigliano com suas irmãs,  decide-se ficar ali com a irmã Úrsula. Passaram cinco anos aí até o bispo local dissolveu a comunidade e dispersou as religiosas. Como Maria Celeste era conhecida do notável Falcóia, homem que sabia descobrir as grandes personalidades, como por exemplo, Santo Afonso, convidou as religiosas ao recém-criado mosteiro da Visitação em Scala. Aí, Maria Celeste, como noviça, no dia 25 de abril de 1725, teve o início das “revelações” e a redação dos textos de uma nova Regra para um Instituto.

A personalidade de Maria Celeste foi apresentada assim: “Ela viveu intensamente o plano da salvação. Como mulher, soube superar as dificuldades de seu tempo, e a sua obra merece um lugar de relevo na história da espiritualidade cristã. Possuía dotes para o governo, era firme nas decisões, entusiasta no empreendimento de sua obra; com notável capacidade de análise e síntese, coragem, e um ardor que se acentuava mais nas dificuldades e obstáculos, encontravam meios geniais para não desistir de realizar o que o Senhor lhe pedia”.

O Bispo Dom Falcóia, em setembro de 1730, mandou Pe. Afonso Maria de Ligório a Scala como confessor e pregador no Mosteiro aí. Maria Celeste, assessorada por Santo Afonso deu forma a uma comunidade que se esforço para viver plenamente o Evangelho de Cristo em todas as dimensões de sua vida humana e religiosa. Resumindo uma série de eventos e com a graça de Deus, no dia 13 de maio de 1731, dia de Pentecostes deu-se finalmente princípio ao novo instituto, com o nome de “Ordem do Santíssimo Salvador”. E aos 6 de agosto, festa da Transfiguração do Senhor”, no mesmo ano de 1731, as irmãs receberam o Hábito da ordem.

Paralelamente à Ordem, Santo Afonso fundou, em 1732, a Congregação do Santíssimo Redentor para missionários. Por suas origens, e por seu nome e espiritualidade, a Ordem do Santíssimo Redentor, está ligada à Congregação do Santíssimo Redentor. “Os dois institutos são chamados a realizar um fim comum de maneira complementar. Ambos têm por missão, ser testemunhas fiéis do amor do Pai e continuar assim, com a graça do Espírito Santo, o Mistério do Cristo Jesus, nascido da Virgem Maria, para a salvação da humanidade”.

Em 1738 Maria Celeste voltou para Foggia onde fundou o Mosteiro definitivo com sua irmã e seis jovens. O  redentorista São Geraldo tinha grande influência  espiritual no mosteiro. Foi aqui no dia 14 de setembro de 1755, que Madre Maria Celeste Crostarosa faleceu com 59 anos de idade. Proveito o ensejo para parabenizar as irmãs da Ordem do Santíssimo Redentor e rogo que brevemente Maria Celeste será canonizada.

Pe. Brendan Coleman Mc Donald

Redentorista

Compartilhe

Subir

Seja o primeiro a comentar »

Seja o primeiro a comentar »


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

Liturgia Diária: Evangelho – Lc 8,4-15

Visita Pastoral na Paróquia de Nossa Senhora da Penha, Maranguape

II Romaria Bíblica e encontro sobre contabilidade na Região São Pedro e São Paulo

Palestras sobre o tema Comunicação na Faculdade Católica de Fortaleza

Convite de Dom José Antonio – Simpósio Arquidiocesano no Ano Mariano


QR Code Business Card