Atualidades

[ARTIGOS] Campanha da Fraternidade 2015

padre-Brendan200Em 2015, a Igreja Católica Apostólica Romana celebra o 50º. aniversário de encerramento do Concílio Vaticano II, realizado de outubro de 1962 a outubro de 1965. Tratou-se do evento mais importante da Igreja no século 20. No Brasil, diversos eventos vêm sendo realizados em âmbitos acadêmicos e eclesiais, nos últimos quatro anos, para comemorar esse cinquentenário. Para 2015, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) está promovendo uma reflexão mais ampla, em nível popular, sobre o Concílio, através da Campanha da Fraternidade. Com o tema: “Fraternidade Igreja e Sociedade” e o lema: “Eu vim para servir” (cf. Mc 10, 45) a Campanha aborda a relação Igreja-sociedade à luz da fé cristã e das diretrizes do Concílio Vaticano II.

O Objetivo Geral da Campanha da Fraternidade de 2015 é “Aprofundar, à luz do Evangelho, o diálogo e a colaboração entre a Igreja e a sociedade, propostos pelo Concílio Ecumênico Vaticano II, como serviço ao povo brasileiro, para a edificação do Reino de Deus”. Além do Objetivo Geral, a CF 2015 tem seis Objetivos Específicos: (i) Fazer memória do caminho percorrido pela Igreja com a sociedade, identificar e compreender os principais desafios da situação atual; (ii) Apresentar os valores espirituais do Reino de Deus e da doutrina Social da Igreja como elementos autenticamente humanizastes; (iii) Identificar as questões desafiadoras na evangelização da sociedade e estabelecer parâmetros e indicadores para a ação pastoral; (iv) Aprofundar a compreensão da dignidade da pessoa, da integridade da criação, da cultura da paz, do espírito e do diálogo inter-religioso e intercultural, para superar as relações desumanas e violentas; (v) Buscar novos métodos, atitudes e linguagens na missão da Igreja de Cristo de levar a Boa Nova a cada pessoa, família e sociedade; (vi)  Atuar profeticamente, à luz da evangélica opção preferencial pelos pobres, para o desenvolvimento integral da pessoa e na construção de uma sociedade justa e solidária. (Fonte: www.portalkairos.net).

O Cardeal Odilo Pedro Scherer, Arcebispo de São Paulo, numa carta sobre a Campanha da Fraternidade 2015 disse: “Os cristãos e suas organizações tomam parte da história dos povos e da grande família humana. E a Igreja, “povo de Deus”, fiel à missão recebida de Jesus Cristo, quer estar a serviço da comunidade humana, não zelando apenas pelos seus projetos internos e seu próprio bem”. Segundo Dom Odilo, “O Papa Francisco vem recordando isso constantemente nos seus diversos pronunciamentos, dizendo que a Igreja precisa ser “uma Igreja em saída”, “uma comunidade samaritana”, ou como um hospital de campo”, para socorrer e assistir os feridos”. É oportuno lembrar que a Igreja Católica não pode omitir, nem abster de dar sua contribuição para a reta ordem, social, econômica e política da sociedade.

                                                Pe. Dr. Brendan Coleman Mc Donald,  Redentorista e Assessor da CNBB Reg. NE1

 

Compartilhe

Subir

Seja o primeiro a comentar »

Seja o primeiro a comentar »


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

Planilha de contribuição das paróquias e das áreas pastorais: outubro de 2017

Festa da Paróquia Nossa Senhora das Graças – Santa Maria

“I Aviva Povo de Deus”

Paróquia Nossa Senhora das Graças e São Pedro na Praia da Tabuba, em Caucaia – CE.

Material que foi veiculado no Jornal JCTV na Rede Vida de Televisão


QR Code Business Card