Atualidades

[ARTIGOS] 9º Mutirão Brasileiro de Comunicação

Muticom2003Para uma sociedade rápida e veloz, urge que a comunicação social paute alternativas que valorizem outros elementos, tais como respeito pelos humanos, valorização do bem, do heroísmo, da solidariedade e da vida.

Pensar a comunicação social a partir de valores e princípios é o que propôs o 9º Muticom que trouxe o tema: Ética nas Comunicações, através de palestras com especialistas, debates, grupos de trabalho, apresentação de modelos de comunicação que estão dando certo e avaliação de publicações, sites e outras mídias produzidas por grupos comprometidos e Igreja.

Na programação houve temas de grande relevâncias e grandes especialistas:

Ética nas Comunicações abordado por  Pe. Gildásio Mendes, salesiano, professor, escritor, doutor em Comunicação pela Wayne State University, em Michigan, reconhecido pela USP;

A comunicação social e a construção ética do indivíduo, com abordagem da professora Elizabeth Barros, doutora em Educação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1995) e pós-doutorada em saúde pública pela ENSP/Fiocruz (2001);

A era da desintermediação e o senso religioso contemporâneo, palestra proferida por Dom Leomar Antônio Brustolin, teólogo e escritor, mestre em Teologia pela Faculdade Jesuíta de Filosofia e Teologia (1993) e doutor em Teologia pela Ponticia Università San Tommaso de Roma, Itália (2000);

A Igreja Católica na mídia: análise do discurso, tema abordado por Elson Faxina, jornalista, doutor em Comunicação pela Unisinos-RS, professor de comunicação da Universidade Federal do Paraná, mestre em Televisão, Rádio e Cinema pela ECA-USP, editor de jornalismo da Rádio e Televisão Educativa do Paraná.

A espetacularização da notícia,  com o escritor, repórter e apresentador do programa Profissão Repórter, Caco Barcelos.
Durante o Mutirão Brasileiro de Comunicação houve ainda Grupos de Trabalho:

Análise de materiais impressos;
Análise de sites e redes sociais;
O comportamento do individuo nas Redes Sociais;
A música religiosa como forma de comunicação;
O mercado da fé;
Trânsito religioso;
O padre e os desafios da comunicação;
Educomunicação.
Foram também apresentadas experiências de comunicação educativa

Conexão PASCOM

O Muticom é palco de um grande lançamento. A Comissão Episcopal Pastoral para a Comunicação da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), atendendo à necessidade de uma maior integração dos planos de pastoral no campo da comunicação, respondendo ao apelo de ampla capilaridade na divulgação das informações produzidas pela Igreja e, também, para facilitar a mobilização dos agentes de pastoral da Comunicação em todo o país, criou o Programa de Relacionamento pastoral: Conexão Pascom.

Aproveitando esee grande evento que está mobilizando todos os envolvidos em comunicação nas paróquias do Brasil, Dom Darci Nicioli, Presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Comunicação da CNBB, enriqueceu muito mais o evento, lançando o Conexão Pascom.

De acordo com a organização, a intenção é montar um cadastro nacional dos agentes de pastoral da Pascom de todas as dioceses do Brasil. O Conexão Pascom será uma newsletter que levará informações que nos estão reservados na caminhada da Igreja.

Saiba mais em: www.cnbb.org.br

Grupo do Regional

Um grupo de 28 agentes da Pastoral da Comunicação do Ceará participou do  9º mutirão de comunicação:  14 de Fortaleza, 5 de Crato, 4 de Itapipoca, 2 de Sobral, 1 de Tianguá, 1 de Crateús e 1 do Conselho de Leigos do Regional. Dentre eles havia 4 padres: Pe. Francisco Bezerra, Pe. Alderí Leite e Pe. Emílio Castelo, de Fortaleza, e Pe. Francisco Oliveira, de Itapipoca.

Alguns depoimentos

– O Muticom de Vitória, Espírito Santo, foi um momento de formação, aprendizado e de muita alegria em ver muitos comunicadores trabalhando e tirando suas dúvidas para fazer cada vez melhor a comunicação na Igreja.  Janayna Gomes – Setor de Comunicação da Arquidiocese de Fortaleza.

– Devemos ter um novo olhar sobre a comunicação e a ética deve ser o nosso valor primordial. Não anunciamos uma notícia, anunciamos uma Verdade, que deve ser transmitida com autenticidade e afetividade.  Alex Ferreira – Pascom Regional NE 1.

– Dias muito gratificantes desde a abertura, com a palestra sobre “Ética nas comunicações”, facilitada pelo padre Gildásio Mendes e nos dias seguintes com celebrações Eucarísticas, palestras e grupos de trabalhos muito bem organizados e com pessoas altamente qualificadas. Aumentaram em mim conhecimentos profundos no que diz respeito à comunicação. Todas as palestras foram enriquecedoras, mas uma delas me impressionou bastante: “A comunicação social e a construção do indivíduo”, pronunciada por Elizabeth Barros, fazendo-me ver como tentar entender melhor o nosso irmão e todos que nos cercam.. No todo, o encontro foi cheio de qualidades.  A convivência com pessoas de todo Brasil, suas culturas e experiências. Estou muito feliz de ter participado do 9º MUTICOM.

Por Marta Andrade – Setor de Comunicação da Arquidiocese de Fortaleza.

Compartilhe

Subir

Seja o primeiro a comentar »

Seja o primeiro a comentar »


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

Liturgia Diária: Evangelho – Mt 9,9-13

Festa na paróquia de São Francisco de Assis, Jacarecanga

Soberania nacional é o eixo central da análise de conjuntura apresentada aos bispos Consep

Liturgia Diária: Evangelho – Lc 7,31-35

Papa Francisco anuncia duas novas nomeações na manhã desta quarta-feira, 20


QR Code Business Card