Atualidades

[Artigo] VISITAÇÃO DE NOSSA SENHORA

 

No dia 31 de maio, a Igreja Católica celebra a Visitação de Nossa Senhora a sua prima Isabel, grávida de seis meses (cf. Lc 1, 36). Este acontecimento é no mínimo  estranho e não é de fácil compreensão. Maria estava grávida e partiu para uma longa e difícil viagem de Nazaré na Galileia, até Ain Karin, na Judéia, onde morava Isabel cento e cinquenta quilômetros de distância. Quando Nossa Senhora saudou Isabel, “a criança pulou de alegria em seu ventre, e Isabel ficou repleta do Espírito Santo” (Lc 1, 41). Essa criança que estava no ventre de Isabel era João Batista, primo de Jesus e teve, sem dúvida, sua vida marcada pelo seu encontro com o Verbo Incarnado.brendan_

Este estremecimento da criança no ventre de Isabel é o gesto de reconhecimento de que Maria era, literalmente, portadora de Deus. Isabel ficou cheia do espírito Santo e reconhece a Mãe do Salvador. Com um grande grito Isabel exclamou: “Bendita és tu entre as mulheres e bendito é o fruto de teu ventre”. Sempre que rezamos a oração da Ave Maria, repetimos as palavras de Isabel e reconhecemos Maria como Mãe de Deus. Maria por sua vez agradeceu a Deus com as palavras:  “A minha alma agradece o Senhor, e o meu espírito se alegra em Deus, meu Salvador, porque olhou para  a humildade de sua serva. Doravante todas as gerações me chamarão bem-aventurada”.

Por que Maria visitou Isabel fazendo aquela longa viagem num estado de gravidez? Sem dúvida foi um gesto de solidariedade, um ato de caridade e, sobretudo um ato de amor e profundo respeito para sua prima. Porém, alguns autores contemporâneos afirma que a visitação foi um gesto de santificação do nome de Deus, “pois Deus é santificado em cada gesto de amor e solidariedade”.  É o Deus da Vida que se manifesta hoje na festa da Visitação de Nossa Senhora. Esta festa litúrgico-mariana na Igreja Católica realmente apresenta o mistério da salvação que redundou em dons celestes, quando a santíssima Virgem, na força do Espírito Santo e grávida do Verbo Divino, visitou sua prima Isabel. Na ocasião Maria  esboça o mistério da salvação em que Deus “visitou e   redimiu seu povo” (Lc 1, 68). Na festa de hoje, temos a honra e o prazer de receber a visita da Mãe de Deus trazendo seu divino Filho. Cada vez que rezamos a Ave Maria nos lembramos desta visita entre as duas primas.

Pe. Brendan Coleman Mc Donald

Redentorista

 

Compartilhe

Subir

Seja o primeiro a comentar »

Seja o primeiro a comentar »


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

Nota de repúdio dos bispos do Regional CNBB NE1-Ceará diante do escárnio público contra os símbolos sagrados

Em 2017, o Dia Mundial dos Pobres dia será celebrado em 19 de novembro.

Coleta da Campanha Missionária acontece neste final de semana no Brasil e no mundo

Reunião do Conselho Episcopal Regional (CONSER) Regional Nordeste 1 da CNBB – Ceará

Padre Antônio Niemiec é o novo secretário nacional da Pontifícia União Missionária


QR Code Business Card