Atualidades

[Artigo] Solenidade da Santa Mãe de Deus, Maria

No dia de 1º. de janeiro de 2016 a Igreja Católica celebra a Solenidade da Santa Mãe de Deus, Maria. A Igreja Católica sempre tributou a Maria uma veneração, uma imitação, um amor muito especial, desde o início do Cristianismo. O motivo, porque ela é a Mãe de Jesus, o Filho de Deus e nosso Salvador. Jesus Cristo é o único Salvador e Redentor. Jesus é o Filho de Deus, igual ao Pai e ao Espírito Santo na natureza. À Jesus devemos o culto máximo de adoração. Em relação à Maria: Maria é uma criatura como nós, criada por Deus. À Maria não devemos a culto de adoração, mas veneração, amor e imitação. Decerto, Deus não tem mãe.brendan_
Porém, Maria é Mãe de Jesus, Mãe de Deus, porque Jesus é Deus. Em Deus há três pessoas: Pai, Filho e Espírito Santo. O Filho  eterno como o Pai e o Espírito Santo, por vontade do Pai se encarna para salvar a humanidade. A divindade do Filho de Deus se uniu à humanidade no seio de Maria, e esta, por obra do Espírito Santo, gerou, deu à luz a pessoa de Jesus Cristo, que é o Filho de Deus. Maria, então sendo Mãe de Jesus Cristo, e este sendo homem e Deus, é Mãe do Filho de Deus feito homem e Mãe de Deus. A festa de hoje remete também à renhida discussão teológica que reclamou para Maria o título de “Theótokos”, “Genitora (Mãe) de Deus”. O Concílio de Éfeso (431) proclamou este dogma mariano católico afirmando que Maria é Mãe de Deus. Este mesmo Concílio insistiu que Jesus foi iguala nós em tudo menos o pecado (Hb 4,15) e viveu e sofreu na carne de maneira verdadeiramente humana. Vinte anos depois, o Concílio de Calcedônia chamou Jesus “verdadeiramente Deus e verdadeiramente homem”. É por ser Mãe de Jesus humanamente que Maria é chamada Mãe de Deus, pois a humanidade e a divindade em Jesus não se podem separar. Dando Jesus ao mundo Maria deu Deus a todos nós.

A própria Bíblia prova que Maria tem este título de Mãe de Deus. “O Senhor mesmo vos dará um sinal: Eis a virgem que concebe e dá à luz um filho que se chamará Emanuel (Deus conosco)”(Is 7,14).  “O anjo disse à Maria: Não tenhas medo Maria, encontraste graça junto de Deus. Eis que conceberás e darás à luz um filho, e o chamarás com o nome de Jesus. Ele será grande, será chamado Filho do Altíssimo. Maria, porém, disse: como é que vai ser isso se eu conheço homem nenhum? O anjo respondeu: O Espírito santo virá sobre ti e o poder do Altíssimo vai te cobrir com a sua sombra, por isso o Santo que nascer de ti será chamado Filho de Deus” (Lc 1, 30-35).

Católicos acreditam que Deus Pai escolheu Maria, desde toda a eternidade para ser a Mãe de seu Filho Jesus. Quem não respeita Maria, está contra essa determinação de Deus Pai! Também que não respeita Maria, está contra a Bíblia. Um anjo do céu se apresentou diante de Maria e com muito respeito a saudou: “Ave, cheia de graça” (Lc 1, 28). Será que os que não gostam de Maria são mais perfeitos do que os anjos? E Maria disse: “Desde este momento todas as gerações me chamarão de bem-aventurada” (Lc 1, 48). São palavras escritas na Bíblia, Palavras de Deus. Os que não amam, não honram e não imitam Maria estão contra a Bíblia, não praticam totalmente a Palavra de Deus.  Será que Jesus como qualquer filho gostaria de ver sua santa mãe sendo desrespeitada? Maria é a mãe do Corpo Místico de Cristo, a Igreja e portanto, a nossa mãe também. Acreditamos que Ela intercede ante o Senhor da história por todos nós.

Pe. Dr. Brendan Coleman Mc Donald

Redentorista e Assessor da C NBB Reg. NE1

Compartilhe

Subir

Seja o primeiro a comentar »

Seja o primeiro a comentar »


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

Planilha de contribuição das paróquias e das áreas pastorais: outubro de 2017

Festa da Paróquia Nossa Senhora das Graças – Santa Maria

“I Aviva Povo de Deus”

Paróquia Nossa Senhora das Graças e São Pedro na Praia da Tabuba, em Caucaia – CE.

Material que foi veiculado no Jornal JCTV na Rede Vida de Televisão


QR Code Business Card