Atualidades

[Artigo] A recompensa da vida eterna

A recompensa da vida eterna

Pe. Geovane Saraiva*

Jesus nos indica o caminho da verdade e da vida, através dele mesmo, ao se encarnar e entrar no mundo, realizando a vontade do Pai. Daí a importância de olhar para a grandeza do homem que se alimentava de gafanhotos e mel da selva, figura humana e divina que recebeu o maior de todos os elogios do seu Mestre e Senhor, no que Ele afirmou: “Dos nascidos de mulher, ninguém é maior que João Batista” (Mt, 11, 11). É no mistério indizível de Deus que é possível compreender a brutalidade e crueldade do crime, de uma pessoa que morreu ao testemunhar sua fé, ao denunciar mentiras e injustiças, concretamente na figura de João Batista. Sua morte faz-nos lembrar de todas as pessoas que, pela causa do Evangelho, conscientes de suas consequências, numa confiança inabalável, perderam e perdem a vida (cf. Mc 6, 17-29).padre-geovane_saraiva_t

O paradoxo do covarde assassinato de João Batista nos convence sempre mais da humildade generosa, da renúncia e da doação, nas palavras do Papa Francisco (28/08/2016): “Deus paga muito mais do que os homens! Ele nos dá um lugar muito mais bonito do que nos dão os homens! O lugar que Deus nos dá está perto de seu coração, e a sua recompensa é a vida eterna”.

Nossa atenção, no dia 29 de agosto, se volta para João Batista, filho do sacerdote Zacarias e de Isabel, conhecido como o “precursor” de Cristo pela palavra e pela vida (cf. Mc 17, 29). Tendo nascido seis meses antes do Messias de Deus, não exerceu função sacerdotal, a exemplo do seu pai Zacarias, mas foi mostrado ao mundo como pregador, como um homem que desempenhou bem sua função, anunciando um batismo de penitência para o perdão dos pecados. Seu grande trunfo encontrava-se na vinda do Salvador da humanidade. Sua vocação profética, desde o ventre materno, reveste-se de algo extraordinário, repleto de júbilo messiânico, ao preparar o nascimento do Salvador da humanidade.

Um homem foi enviado por Deus, e o seu nome se chamava João. O Evangelho de São João, logo no início, depois do prólogo, trata do batismo realizado por João no Rio Jordão, batizando o autor do batismo, tendo como ponto alto o seu encontro com Jesus, pois, ao vê-lo passar, reconhece-o e expressa deste modo: “Eis o Cordeiro de Deus, aquele que tira o pecado do mundo” (cf. Jo 1, 29).

É nesse sentido que olhamos com amor e carinho para a figura de João Batista, o maior de todos os profetas, que foi imolado sem alarde e sem julgamento, vítima de maldades e intrigas na Corte Real. Sua morte brutal e violenta nos faz pensar na nossa missão de batizados, anunciadores de novos tempos, numa mística que deveria ser profundamente marcada de coragem e esperança, personificada nos seres humanos, na aspiração e no compromisso com um mundo verdadeiramente de irmãos, numa Igreja com rosto pascal. O batismo de penitência que o acompanhou no anúncio prefigura o batismo segundo o Espírito, no sentido de que as pessoas abracem a fé, transformando-se em criaturas novas.

Para vivermos bem e realizados, é necessário que se faça o seguimento de Jesus de Nazaré, que tem origem no seu projeto de amor para conosco, a partir do exigente anúncio do “precursor”, realizado através da experiência central e decisiva, na obediência ao projeto do Pai em favor da humanidade, no exemplo doloroso supracitado, na acolhida da bela e indispensável missão de testemunhá-lo como luz e acolhê-lo no íntimo do coração. Amém!

*Pároco de Santo Afonso e vice-presidente da Previdência  Sacerdotal, integra a  Academia Metropolitana de Letras de Fortaleza – geovanesaraiva@gmail.com

 

Compartilhe

Subir

Seja o primeiro a comentar »

Seja o primeiro a comentar »


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

Anuário da Arquidiocese de Fortaleza 2015 – 2016

O Papa pensa em renunciar ao Pontificado?

Escola de Formação Missionária da IAM

Papa no Angelus: converter-se não é mudar de roupa mas de atitude

Evangelho – Mc 3,22-30

SSCP   CAS-002   9L0-066   350-050   642-999   220-801   74-678   642-732   400-051   ICGB   c2010-652   70-413   101-400   220-902   350-080   210-260   70-246   1Z0-144   3002   AWS-SYSOPS   70-347   PEGACPBA71V1   220-901   70-534   LX0-104   070-461   HP0-S42   1Z0-061   000-105   70-486   70-177   N10-006   500-260   640-692   70-980   CISM   VCP550   70-532   200-101   000-080   PR000041   2V0-621   70-411   352-001   70-480   70-461   ICBB   000-089   70-410   350-029   1Z0-060   2V0-620   210-065   70-463   70-483   CRISC   MB6-703   1z0-808   220-802   ITILFND   1Z0-804   LX0-103   MB2-704   210-060   101   200-310   640-911   200-120   EX300   300-209   1Z0-803   350-001   400-201   9L0-012   70-488   JN0-102   640-916   70-270   100-101   MB5-705   JK0-022   350-060   300-320   1z0-434   350-018   400-101   350-030   200-310   200-310   350-050   70-532   200-310   70-411   100-105  ,""" 1Z0-803   SY0-401   000-080   70-480   200-101   70-461   70-270   70-177   70-480   352-001   500-260   MB2-707   MB5-705   642-999   2V0-621   1Z0-804   300-208   70-483   70-486   300-101   300-206   101   300-209   200-125  ," EX300   000-105   74-678   210-065   350-018   N10-006   640-916   70-410   MB2-704   NS0-157   220-801   300-320   70-461   1Z0-804   LX0-103   MB2-704   210-060   101   200-310   640-911   200-120   EX300   300-209   1z0-808   220-802   ITILFND   1Z0-804   LX0-103   MB2-704   210-060   220-801   74-678   642-732   400-051   ICGB   c2010-652   70-413   101-400   220-902   200-310   640-911   200-120   EX300   300-209   1Z0-803   350-001   400-201   500-260   640-692   70-980   70-532   200-101   000-080   000-017   210-060   2V0-620   300-320   N10-006   70-411   352-001   210-260   SY0-401   400-101   100-105  , " 1Z0-803   810-403   640-692   70-463   000-105   350-060   70-486   200-120   200-120   210-060   100-105  ," 70-533   PR000041   LX0-103   300-320   200-125  ," 400-101  


QR Code Business Card