Atualidades

[Artigo] QUARESMA  2016

A Igreja Católica iniciou na Quarta-feira de Cinzas, dia 10 de fevereiro, o Tempo da Quaresma que termina no dia 24 de março na Quinta-feira Santa na celebração da última ceia de Jesus Cristo com seus apóstolos. A palavra Quaresma vem do latim quadragésima, é o período de quarenta dias que antecede a maior festa do cristianismo: a Ressurreição de Jesus Cristo, comemorada no Domingo da Páscoa. Durante a Quaresma a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil promove a Campanha da Fraternidade desde 1964, como itinerário de libertação pessoal, comunitária e social. Este ano a CF tem como Tema: “Casa comum, nossa responsabilidade” e como Lema: “Quero ver o direito brotar como fonte e correr a justiça qual riacho que não seca” (Am 5, 24). A Campanha da Fraternidade este ano de 2016 é uma campanha ecumênica com oito igrejas diferentes assumindo a responsabilidade pela campanha. O Objetivo Geral é: “Assegurar o direito ao saneamento básico para todas as pessoas e empenharmo-nos, a luz da fé, por políticas públicas e atitudes responsáveis que garantam a integridade e o futuro da nossa Casa Comum” (cf. página 11 do Texto Base)). A Campanha da Fraternidade deste ano tem oito objetivos específicos. O primeiro destes é realmente  um resumo dos demais quando diz: “Unir igrejas, diferentes expressões religiosas e pessoas de boa vontade na promoção da justiça e do direito ao saneamento básico”.padre_brendan

A duração da Quaresma é baseada no símbolo do número quarenta na Bíblia. É um número de expectativa, de preparação e de prova. Na Bíblia caracteriza as intervenções sucessivas de Deus: Davi, como Saul, reinou 40 anos; o dilúvio durou 40 dias; Moisés serviu Deus no Monte Sinai durante 40 dias e durante 40 anos Moisés conduziu o povo de Israel na peregrinação pelo deserto até chegaram à Canaã; Jesus passou 40 dias no deserto e depois apareceu ressuscitado durante 40 dias etc. Cerca de duzentos anos depois da morte de Cristo, os cristãos começaram a preparar a Festa da Páscoa com três dias de oração, meditação e jejum. Por volta do ano 350 D.C., a Igreja Católica aumentou o tempo de preparação para quarenta dias. Assim surgiu a Quaresma. Embora seja um tempo penitencial, não é um tempo triste e depressivo. Trata-se de um tempo especial de purificação e de renovação da vida cristã para poder participar com maior plenitude do mistério pascal do Senhor.

A liturgia da Quaresma insiste: o pecado não é irreparável. Para os que creem, existe volta, conversão, perdão e salvação. Jesus não veio para condenar, mas para salvar. “Eu vim para que os homens tenham a vida e a tenham em abundância” (Jo 10,10).  É importante lembrar que o jejum é obrigatório para os católicos entre 18 e 60 anos na Quarta-feira de Cinzas e na Sexta-feira Santa. Ao longo do período da Quaresma há também o costume de dar esmolas aos pobres e mais necessitados.

Pe. Brendan Coleman Mc Donald

Redentorista e Assessor da CNBB Reg. NE1

Compartilhe

Subir

Seja o primeiro a comentar »

Seja o primeiro a comentar »


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

Visita Pastoral Taquara - 20 a 2252016 (26)

Visita Pastoral da Paróquia Nossa Senhora da Imaculada Conceição na Taquara

carceraria

Nota da Pastoral Carcerária à margem da crise do Sistema Penitenciário do Ceará.

cpt

Iniciativa recorda os 40 anos da CPT

familia3

“O Evangelho da família, alegria para o mundo” é o tema do 9º Encontro Mundial das Famílias

cchristi

Dia de Corpus Christi na Paróquia do Cristo Rei


QR Code Business Card