Atualidades

[Artigo] O SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS

O SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS

Sexta feira, próximo passado, dia 12 de junho, a Igreja Católica celebrou a Festa do Sagrado Coração de Jesus. A mensagem central desta festa é certamente a inefável riqueza do amor de Deus que se manifesta em Jesus Cristo. A Festa do Sagrado Coração de Jesus é comemorada na segunda sexta-feira após a Solenidade do Corpus Christi. Além disso, essa devoção também é cultivada pela Igreja Católica ao longo de todas as primeiras brendan_sextas-feiras de cada mês. Na Bíblia o termo coração  se refere à pessoa, ao seu interior mais profundo, sede do conhecimento e do amor. Na linguagem bíblica, e também em nosso modo de falar, coração é o que de mais íntimo existe em nós, de onde partem nossas decisões, nossos amores e nossos ódios etc. Assumindo a vida humana, o Filho de Deus assume todo nosso modo humano de ser, exceto o pecado.  Com isso em mente é fácil compreender que o Coração de Jesus é símbolo do seu mais profundo e imenso amor por todos nós.  O mandamento de Jesus “Amai-vos uns aos outros como eu vos amei” (Jo 15, 12), se fundamenta no amor de Deus para conosco, um amor tão profundo que chegou ao ápice quando Jesus deu sua vida por nós.

Esta é uma devoção muito popular que ganhou dimensões globais a partir do século XVll, pelos esforços de São João Eudes e Santa Margarida Alacoque. O Papa Pio Xll escreveu a Carta Encíclica “Haurietis Aquas” (retirar água) sobre esta devoção. Nesta carta o Papa coloca os fundamentos da devoção com exemplos do Antigo e Novo Testamento. Nas primeiras sextas feiras de cada mês a popular devoção ao Sagrado Coração de Jesus pode ser encontrada em quase todas as paróquias do Brasil. Foi Santa Margarida Maria Alacoque que propagou e incentivou esta devoção. Em meados do século XVll, Jesus apareceu diversas vezes  à Santa Margarida e revelou uma mensagem de amor e misericórdia para toda humanidade. “Eis aqui o Coração que tanto amou os homens, que não omitiu nada até esgotar-se e consumir-se para testemunhar-lhes seu amor. Mas, como reconhecimento não recebe da maior parte dos homens senão ingratidões…”. Dessas revelações, foi extraído o que se convencionou chamar as 12 promessas do Sagrado Coração de Jesus.

O papa São João Paulo ll nos lembra de que, na pessoa de Jesus Cristo se revela também o amor misericordioso do Pai para com a humanidade. O Coração de Jesus então é, também, o amor misericordioso do Pai que, em Cristo, se revela e se doa totalmente a nós (Vaticano, junho, 2003).

As doze promessas do Sagrado Coração são: (i) Dar-lhes-ei todas as graças necessárias ao seu estado de vida; (ii) Estabelecerei a paz nas suas famílias; (iii) Abençoarei os lares onde for exposta e honrada a imagem do meu Sagrado Coração; (iv) Eu os consolarei em todas as suas dificuldades; (v) Serei o seu refúgio durante a vida e em especial na hora da morte; (vi) Derramarei benções abundantes sobre todos os seus empreendimentos; (vii) Os pecadores encontrarão em meu Coração, fonte inesgotável de misericórdia; (viii) As almas tíbias tornar-se-ão fervorosas; (ix)  As almas fervorosas acenderão rapidamente a um estado de grande perfeição; (x) Darei aos sacerdotes o poder de tocarem os corações mais empedernidos; (xi) Aqueles que propagarem esta devoção terão os seus nomes eternamente escritos no meu Sagrado Coração; (xii) O amor  poderoso do meu Coração concederá  a todos os que, por nove meses seguidos, confessarem-se e comungarem na primeira sexta-feira, a graça da perseverança final e da salvação eterna.

Segundo o teólogo Johan Konings S.J. “Num tempo em que o amor humano é degradado a objeto de comércio e meio de alienação, a contemplação das insondáveis riquezas do amor de Deus em Cristo se transforma numa fonte de vida”. (Liturgia Dominical, Ano B, p. 262).

Pe. Brendan Coleman Mc Donald

Redentorista  e Vigário Paroquial

Compartilhe

Subir

1 Comentário »

1 Comentário »

  • Marcus V. Cunha disse:

    Ao cumprimentar o Pe. Brendan, cujas homilias tenho o privilégio de receber aos domingos (10 h) na Catedral Metropolitana de Fortaleza, pelo brilhante artigo, devo dizer que a devoção ao Sagrado Coração de Jesus nos leva a uma aproximação mais real e viva com a divindade, a santidade e o valoroso poder do Cristo Jesus Senhor nosso e nos traz o bem estar e o conforto interior que as nossas almas estão a carecer diante um mundo tão surpreendente e afastado das ações valiosas e proveitosas ao Espírito humano.


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

Liturgia Diária: Evangelho – Lc 8,4-15

Visita Pastoral na Paróquia de Nossa Senhora da Penha, Maranguape

II Romaria Bíblica e encontro sobre contabilidade na Região São Pedro e São Paulo

Palestras sobre o tema Comunicação na Faculdade Católica de Fortaleza

Convite de Dom José Antonio – Simpósio Arquidiocesano no Ano Mariano


QR Code Business Card