Atualidades

[Artigo] Abandonar-se em Deus

Abandonar-se em Deus

Padre Geovane Saraiva*

No encontro da Fraternidade Jesus+Caritas deste ano de 2016 do Nordeste, nos dias 26 e 27 de julho, foi enfocado o centenário do martírio do bem-aventurado Charles de Foucauld. Lindolfo Euqueres, irmãozinho do Evangelho de João Pessoa, ajudou-nos a viajar pelo Deserto do Saara, fixando-nos em Tamanrasset, lugar abençoado e amado pelo Irmão Carlos de Foucauld. Lá ele passou os últimos onze anos de sua vida, derramando seu sangue na areia daquele abençoado deserto (1/12/1916). Também não nos esquecemos de visitar, pelo estudo do irmão Lindolfo, a cidade de El Golea, na Argélia. Lá se encontram os restos mortais do nosso amigo e pai espiritual.padre-geovane_saraiva_t

Como seria maravilhoso se cada pessoa soubesse compreender o valor das virtudes cristãs, a partir da simplicidade, da entrega e do despojamento, abraçando, de todo o coração, numa profunda compreensão aos olhos da fé, o projeto do Deus-amor na sua beleza, preciosidade sublime e elevada, único e maior tesouro, a ponto de se distanciar da lógica do poder, da vaidade e da ganância! Tudo por causa do  encontro com o absoluto de Deus, tendo como condição sine qua non a busca do último lugar, a conversão permanente, a Eucaristia como o eixo, a oração do abandono e o Evangelho da Cruz.

Numa sociedade contrária ao projeto de Deus, proclamado por Jesus de Nazaré, que tem como princípio subir na vida, somos chamados a escutar o clamor de Deus no mais íntimo da consciência. No mundo com o estigma da insensatez e da ausência de corações generosos e solidários, somos desafiados, à luz do Evangelho, de modo concreto, a mudar nosso estilo de vida. Na parábola do agricultor rico e insensato, fechado em si mesmo e voltado para a lógica do acúmulo, que o esvazia e desumaniza, de armazenar e crescer a segurança de seu bem-estar, Jesus deixa claro que tudo dele é loucura e tem por fim a frustração e fracasso total.

O belo texto Em busca do último lugar, do Padre Günter Lembradl, muito nos ajudou, no sentido de compreender o referido tema, a partir do seguinte paradoxo: “Descer só pode quem já tem uma vida cheia; cheia de amor e de misericórdia, como Jesus Cristo que, estando na forma de Deus, renunciou ao direito de ser tratado como Deus. Pelo contrário, esvaziou-se a si mesmo e tomou a forma de servo, tornando-se semelhante aos homens. E sendo encontrado na figura de homem, rebaixou-se ainda mais, fazendo-se obediente até à morte, e morte de cruz (cf. Fil. 2, 5ss). O último lugar não é um lugar já definido e pronto que alguém pode escolher, mas é a opção de vida de alguém de abandonar-se nas mãos de Deus, deixar-se guiar por Ele. Ao último lugar se chega após uma longa caminhada de descer. Buscar o último lugar é para gente corajosa que não tem medo de enfrentar aventuras”.

Aprendamos com Charles de Foucauld, que, ao levar a Eucaristia para os irmãos no Deserto do Saara, ofereceu-lhes a mesma ternura e compaixão do Filho de Deus, com uma enorme vontade de ser amigo de todos, bons e maus, de amar a todos, indistintamente. Quis ser, de verdade, o irmão universal, assemelhando-se a Jesus de Nazaré em tudo, sobretudo na sua paixão e calvário. Amém!

*Pároco de Santo Afonso e vice-presidente da Previdência  Sacerdotal, integra a  Academia Metropolitana de Letras de Fortaleza – geovanesaraiva@gmail.com

 

Compartilhe

Subir

Seja o primeiro a comentar »

Seja o primeiro a comentar »


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

Evangelho – Mc 3,20-21

Agentes de Pastorais participam de Formação sobre a CF 2017

Escola de Comunicação do Regional NE 1 abre inscrições para o Curso de Comunicação Pastoral

Educar para a paz em tempos de injustiças e violência

Romaria eterna

SSCP   CAS-002   9L0-066   350-050   642-999   220-801   74-678   642-732   400-051   ICGB   c2010-652   70-413   101-400   220-902   350-080   210-260   70-246   1Z0-144   3002   AWS-SYSOPS   70-347   PEGACPBA71V1   220-901   70-534   LX0-104   070-461   HP0-S42   1Z0-061   000-105   70-486   70-177   N10-006   500-260   640-692   70-980   CISM   VCP550   70-532   200-101   000-080   PR000041   2V0-621   70-411   352-001   70-480   70-461   ICBB   000-089   70-410   350-029   1Z0-060   2V0-620   210-065   70-463   70-483   CRISC   MB6-703   1z0-808   220-802   ITILFND   1Z0-804   LX0-103   MB2-704   210-060   101   200-310   640-911   200-120   EX300   300-209   1Z0-803   350-001   400-201   9L0-012   70-488   JN0-102   640-916   70-270   100-101   MB5-705   JK0-022   350-060   300-320   1z0-434   350-018   400-101   350-030   200-310   200-310   350-050   70-532   200-310   70-411   100-105  ,""" 1Z0-803   SY0-401   000-080   70-480   200-101   70-461   70-270   70-177   70-480   352-001   500-260   MB2-707   MB5-705   642-999   2V0-621   1Z0-804   300-208   70-483   70-486   300-101   300-206   101   300-209   200-125  ," EX300   000-105   74-678   210-065   350-018   N10-006   640-916   70-410   MB2-704   NS0-157   220-801   300-320   70-461   1Z0-804   LX0-103   MB2-704   210-060   101   200-310   640-911   200-120   EX300   300-209   1z0-808   220-802   ITILFND   1Z0-804   LX0-103   MB2-704   210-060   220-801   74-678   642-732   400-051   ICGB   c2010-652   70-413   101-400   220-902   200-310   640-911   200-120   EX300   300-209   1Z0-803   350-001   400-201   500-260   640-692   70-980   70-532   200-101   000-080   000-017   210-060   2V0-620   300-320   N10-006   70-411   352-001   210-260   SY0-401   400-101   100-105  , " 1Z0-803   810-403   640-692   70-463   000-105   350-060   70-486   200-120   200-120   210-060   100-105  ," 70-533   PR000041   LX0-103   300-320   200-125  ," 400-101  


QR Code Business Card