Atualidades

A fundamentação do Dízimo

Recentemente a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil publicaram um livrinho de quarenta e quatro páginas titulado “O Dízimo na Comunidade de Fé: Orientações e Propostas”. Este livro será de grande utilidade para os párocos da Nossa Arquidiocese e presta esclarecimentos importantes para os fiéis dizimistas. O dízimo é definido no livro  assim: Por meio do dízimo, que é uma contribuição motivada pela fé, os fiéis vivenciam a comunhão, a participação e a corresponsabilidade na evangelização”. É realmente uma contribuição sistemática e periódica dos fiéis, através da qual a comunidade assume corresponsavelmente sua sustentação e a da Igreja.

O sistema da contribuição do dízimo tem quatro características: a) É relacionado com a experiência de Deus e com o amor fraterno;  b) É um compromisso moral dos fiéis com a Igreja; c) É fixado de acordo com a consciência retamente formada; e d) É sistemático e periódico. É importante lembrar que a escolha da quantia de dinheiro destinada para o dízimo é decisão de consciência, iluminada pela Palavra de Deus, sensível às necessidades da Igreja e do próximo.

Os fundamentos bíblicos do dízimo são apresentados no livro em seis páginas e meia. São citados textos do Antigo além do Novo Testamento. O dízimo está vista sob outros prismas nessas páginas. Por exemplo: nos profetas, na prática da religião judaica no tempo de Jesus, nos textos sobre a partilha dos bens, nos escritos paulinos e especialmente nos textos do Novo Testamento. Além disso, o livro recorda para nós que o quinto mandamento dos Mandamentos da Igreja nos obriga a “ajudar a Igreja em suas necessidades”, com o esclarecimento que cada fiel o faça “conforme as próprias possibilidades”. O texto fala das finalidades do dízimo assim: “ Organizar o culto divino, prover o sustento do clero e dos demais ministros, praticar obras de apostolado, de missão e de caridade, principalmente em favor dos pobres”. Assim o texto está em perfeita sintonia com o Código de Direito Canônico que estabelece que todos “os fiéis têm obrigação de socorrer as necessidades da Igreja” (cf. Cân. 222. 1).

O segundo capítulo do livro trata de orientações para a pastoral do dízimo. Este capítulo aborda cinco temas: a) A implantação do dízimo; b) A organização e o funcionamento da Pastoral do Dízimo; c) Os agentes da Pastoral do Dízimo; d) O dízimo da Pastoral de Conjunto; e) A motivação permanente. Estes temas são de grande importância para os padres e os agentes da Pastoral do Dízimo. Segundo o livro estas orientações e propostas são oferecidas às nossas comunidades como uma referência em seu empenho de conversão pastoral e de renovação comunitária. (Fonte: Doc. da CNBB, 106).

Pe. Brendan Coleman Mc Donald, Redentorista e Assessor da CNBB Reg. NE1

padre-Brendan200

Compartilhe

Subir

Seja o primeiro a comentar »

Seja o primeiro a comentar »


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

Evangelho – Mc 3,20-21

Agentes de Pastorais participam de Formação sobre a CF 2017

Escola de Comunicação do Regional NE 1 abre inscrições para o Curso de Comunicação Pastoral

Educar para a paz em tempos de injustiças e violência

Romaria eterna

SSCP   CAS-002   9L0-066   350-050   642-999   220-801   74-678   642-732   400-051   ICGB   c2010-652   70-413   101-400   220-902   350-080   210-260   70-246   1Z0-144   3002   AWS-SYSOPS   70-347   PEGACPBA71V1   220-901   70-534   LX0-104   070-461   HP0-S42   1Z0-061   000-105   70-486   70-177   N10-006   500-260   640-692   70-980   CISM   VCP550   70-532   200-101   000-080   PR000041   2V0-621   70-411   352-001   70-480   70-461   ICBB   000-089   70-410   350-029   1Z0-060   2V0-620   210-065   70-463   70-483   CRISC   MB6-703   1z0-808   220-802   ITILFND   1Z0-804   LX0-103   MB2-704   210-060   101   200-310   640-911   200-120   EX300   300-209   1Z0-803   350-001   400-201   9L0-012   70-488   JN0-102   640-916   70-270   100-101   MB5-705   JK0-022   350-060   300-320   1z0-434   350-018   400-101   350-030   200-310   200-310   350-050   70-532   200-310   70-411   100-105  ,""" 1Z0-803   SY0-401   000-080   70-480   200-101   70-461   70-270   70-177   70-480   352-001   500-260   MB2-707   MB5-705   642-999   2V0-621   1Z0-804   300-208   70-483   70-486   300-101   300-206   101   300-209   200-125  ," EX300   000-105   74-678   210-065   350-018   N10-006   640-916   70-410   MB2-704   NS0-157   220-801   300-320   70-461   1Z0-804   LX0-103   MB2-704   210-060   101   200-310   640-911   200-120   EX300   300-209   1z0-808   220-802   ITILFND   1Z0-804   LX0-103   MB2-704   210-060   220-801   74-678   642-732   400-051   ICGB   c2010-652   70-413   101-400   220-902   200-310   640-911   200-120   EX300   300-209   1Z0-803   350-001   400-201   500-260   640-692   70-980   70-532   200-101   000-080   000-017   210-060   2V0-620   300-320   N10-006   70-411   352-001   210-260   SY0-401   400-101   100-105  , " 1Z0-803   810-403   640-692   70-463   000-105   350-060   70-486   200-120   200-120   210-060   100-105  ," 70-533   PR000041   LX0-103   300-320   200-125  ," 400-101  


QR Code Business Card