Atualidades

A Coroa do Advento

O tempo do Advento possui dupla característica: sendo um tempo de preparação para as solenidades do Natal, em que se comemora a primeira vinda do Filho de Deus entre os homens, é também um tempo em que, por meio desta lembrança, voltam-se os corações para a expectativa da segunda vinda do Cristo no fim dos tempos. Por este duplo motivo, o tempo do Advento se apresenta como um tempo de piedosa e alegre expectativa (cf. Diretório da Liturgia, 2015, NALC, No. 39).

Cada ano, no tempo do Advento, a Igreja Católica apresenta a “Coroa do Advento”. A coroa é feita com ramos verdes, frequentemente, enfeitada com fitas coloridas e lugares para quatro velas, todos no mesmo nível.   No primeiro domingo do Advento uma vela amarela é acesa recordando o profeta Isaías anunciando a salvação e a vinda do Messias por volta do ano 500 a.C. É uma luz pálida (amarela) porque a salvação é ainda distante.

No segundo Domingo uma vela vermelha é acesa recordando o precursor de Jesus, São João Batista, testemunhando que a chegada do Salvador está próxima. A vela é vermelha indicando o martírio de São João Batista. No terceiro domingo uma vela rosa ou roxa é colocada na Coroa, indicando Maria, a bem-aventurada, trazendo o próprio Salvador e a alegria da salvação. No quarto domingo uma vela verde é colocada na Coroa, indicando Jesus, trazendo a alegria da salvação. “Verde da árvore da vida, a árvore da cruz, broto da raiz de Jessé”.

Na missa do Natal de Nosso Senhor Jesus Cristo uma vela branca é colocada na Coroa um pouco mais alto do que as outras quatro velas indicando a chegada de Jesus, a luz do mundo. Deus nasce no meio de nós, feito homem como nós. Traz consigo a plenitude da divindade. As quatro velas da Coroa do Natal retomam o costume judaico de celebrar a vida da luz na humanidade dispersa pelos quatro pontos cardeais.

Em cada domingo, então, se acende uma vela. Ela poderá ser trazida na procissão de entrada da seguinte maneira: a cruz processional, a Vela do Advento, a Bíblia (ou Lecionário), de onde serão proclamadas as leituras. No momento da aclamação do Evangelho, um coroinha vai acender solenamente a vela.  A pessoa que acender a vela deve permanecer junto à mesa da Palavra de onde é proclamado o Evangelho. Terminada a proclamação, quem preside coloca a vela na Coroa do Advento.

Pe. Brendan Coleman Mc Donald

Redentorista

Compartilhe

Subir

Seja o primeiro a comentar »

Seja o primeiro a comentar »


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

festa-da-vida_popup

8ª Festa da Vida na Arquidiocese de Fortaleza

santa-luzia_t

Paróquia vai receber visita da relíquia de Santa Luzia

padre-ruy_t

Padre Antônio Ruy Barbosa Mendes celebra 25 anos de ordenação presbiteral

brendan_

[Artigo] O STF E A IGREJA CATÓLICA

CNBB-OK

Nomeados bispos para Grajaú e Rio de Janeiro


QR Code Business Card