Atualidades

[ARTIGO] O Papa Francisco e a ecologia

O Papa Francisco e a ecologia

Padre Geovane Saraiva*

O mundo Papa-Francisco-Vida-Consagrada250 aguarda ansioso e, ao mesmo tempo se regozija, pelo sopro do Espírito Santo de Deus em Francisco, na sua prática ecológica e ambiental, vivendo verdadeiramente o compromisso assumido no dia 13 de março de 2013, entregando em breve nas mãos do povo de Deus sua nova Encíclica sobre a ecologia. O exemplo maior é dado por ele mesmo, o Papa Francisco, a nos dizer que sempre mais devemos nos convencer que de Deus viemos, para Deus é que existimos e para Deus voltaremos. Que a fé é verdadeiramente um grande tesouro, e isto me faz imediatamente lembrar as palavras de Jesus à Samaritana: “Se conhecesses o dom de Deus, e quem é que te diz: Dá-me de beber, certamente lhe pedirias tu mesma e ele te daria uma água viva.” (cf Jo 4,10), encaixando-se de um modo especial na preciosíssima pérola que é nossa fé. Daí o nosso esforço de fazermos de tudo para possuí-la, uma vez que sem ela nossa vida seria completamente pobre, a ponto de perder todo aquele belo e maravilhoso encanto e mesmo seu sentido !

A fé no seu sentido mais amplo é a nossa grande e maior riqueza; é o abandono total de cada pessoa nas mãos de Deus, entregando nossos destinos aos destinos do nosso Deus, infinitamente bom.  Francisco de Assis, depois de descobrir o enorme amor de Deus, insondavelmente se perguntou: “Quem sou eu, quem sois Vós? Uma noite toda foi insuficiente para saborear esta realidade tão grande. Francisco embeveceu-se no amor divino. A transcendência de Deus manifestando-se na imanência da Encarnação encantou seu coração. Mais e mais ele se extasiava diante do Bom Senhor, do Altíssimo, do Sumo Bem, do Único Bem, de todo o Bem. E o que sentia ia-se tornando oração. Convém ler e meditar as orações que brotaram, espontâneas, desta alma toda repleta da imensa misericórdia do Senhor” (Os Fioretti de São Francisco de Assis).

Pensando em uma vida com maior encanto na face da terra, no seu sentido mais largo e profundo, é que o nosso querido Papa Francisco está trabalhando na elaboração de sua nova Encíclica sobre o tema da ecologia, que ainda não tem data certa para a sua publicação. O maravilhoso, no entanto, é a sua humildade explicitada em sua atitude de acercar-se de especialistas para escrever este documento, além da contribuição de pessoas da melhor qualidade, no que diz respeitos aos indígenas, ao ecossistema e à vida da floresta amazônica, tais como, Dom Erwin Krautler, Bispo do Xingu, sem esquecer o grande antropólogo e teólogo Paulo Suess, ambos do Conselho Indigenista Missionário (CIMI), no Brasil.

Colaboração vital e de uma importância incomensurável, não poderia faltar, oriunda dos filhos espirituais de São Francisco de Assis, na pessoa do Ministro Geral da Ordem dos Frades Menores, Frei Michael Perry, que já entregou ao Sumo Pontífice o documento “Franciscanos pela Ecologia”. Com absoluta certeza o Papa irá falar aos cristãos, bem como as pessoas de boa vontade do planeta em sua Carta Encíclica sobre a importância da ecologia, dizendo alto e em bom tom que este mundo tem que ser reflexo da cidade santa, da nova Jerusalém e que jamais podemos pensar em edificar este mundo sem Deus.

Que as palavras do Cardeal Lorscheider, impoluto filho de São Francisco e grande baluarte na defesa da vida e da ecologia, que do céu não cessa de pensar no nosso mundo tão contraditório, sobretudo, quando o mesmo encantava as pessoas, ao falar do pobrezinho de Assis: “No Cântico das Criaturas, que expressa esta liberdade interior e exterior, conseguida pelo Santo de Assis; que só uma vida inteiramente aberta a Deus e ao Irmão é capaz de dar à criatura humana o gozo da libertação, que conduz à liberdade pura e santa com que Deus nos criou”, para que tenhamos um mundo, a partir da ecologia, mais de acordo com o projeto do Criador e Pai. Assim seja!

*Padre da Arquidiocese de Fortaleza, escritor, colunista, blogueiro, membro da Academia Metropolitana de Letras de Fortaleza, da Academia de Letras dos Municípios do Estado Ceará (ALMECE) e Vice-Presidente da Previdência Sacerdotal – Pároco de Santo Afonso – geovanesaraiva@gmail.com

 

Compartilhe

Subir

1 Comentário »

1 Comentário »

  • FCO EDSON NOBRE diz:

    Não só a igreja, mas toda a humanidade espera ansiosamente a manifestação dos filhos de Deus. O Papa Francisco é esse filho de Deus que se manifesta ao mundo. Obrigado Papa Francisco pela preocupação também com a ecologia.


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

D. Fisichella nos 25 anos da Veritatis Splendor: quem critica o Papa não é fiel à tradição católica

Leigos e leigas dão suas opiniões sobre o Simpósio

A teóloga Tânia Couto fala sobre o ‘ Cristão Leigo na Igreja’

Paróquia Bom Jesus dos Aflitos recebe a visita da imagem peregrina de Nossa Senhora do Rosário de Fátima

Alegria e entusiasmo marcam o início do Simpósio Arquidiocesano no Ano Nacional do Laicato

Festa de Santa Teresinha da Comunidade Passaré


QR Code Business Card