Atualidades

Arquidioceses de Aracaju e Fortaleza acolhem, com júbilo, a ordenação episcopal de Dom Valdemir Vicente

O clero e o povo de Deus das arquidioceses de Aracaju e Fortaleza vivenciaram, nesta sexta-feira, 24 de agosto, numa comunhão de fé, as alegrias e bênçãos de um acontecimento memorável: a sagração episcopal de Dom Valdemir Vicente, nomeado pelo Papa Francisco como bispo auxiliar de Fortaleza. Presidida pelo arcebispo metropolitano de Aracaju, Dom João José Costa (sagrante principal), e concelebrada por outros nove bispos, dezenas de sacerdotes e diáconos, a solene liturgia ocorreu na matriz da paróquia Nossa Senhora de Lourdes, bairro Siqueira Campos, Aracaju, comunidade paroquial onde o novo prelado serviu como pároco nos últimos três anos.

Dom José Palmeira Lessa, arcebispo emérito de Aracaju, e Dom Antônio Tosi, arcebispo de Fortaleza, foram os bispos consagrantes. A solene concelebração eucarística também foi enriquecida com as presenças de Dom Giovanni Crippa (bispo de Estância), Dom Vitor Aguinaldo (bispo de Propriá), Dom Dulcênio Fontes de Matos (bispo de Campina Grande-PB), Dom Valério Breda (bispo de Penedo-AL), Dom André Vital (bispo de Limoeiro do Norte-CE), Dom José Edson (bispo de Eunápolis), Dom Paulo Celso (bispo auxiliar do Rio de Janeiro), e do Monsenhor Júlio César Souza de Jesus, também nomeado bispo auxiliar de Fortaleza.

Dom Valdemir Andrade, cujo lema episcopal é “Fazei tudo para a glória de Deus” (2Cor 10,31), foi ordenado justamente no mesmo dia em que comemorou 17 anos de ministério sacerdotal. Natural de Aracaju e com 45 anos de idade, é o primeiro bispo egresso do Seminário Maior Nossa Senhora da Conceição, da Província Eclesiástica de Aracaju. Além de pároco em várias comunidades da nossa arquidiocese, atuou como reitor do Seminário Propedêutico Sagrado Coração de Jesus (Aracaju), diretor espiritual no Seminário Maior, chanceler da Cúria Metropolitana, notário nos processos das matérias reservadas à Santa Sé, membro do conselho presbiteral e do Colégio de Consultores, vigário episcopal e vigário-geral da Arquidiocese.

Na homilia, Dom João Costa ressaltou que a ordenação de Dom Valdemir tornou ainda mais representativa a participação dos sergipanos no episcopado brasileiro. Quatro dos 10 bispos presentes à cerimônia de sagração são naturais de Sergipe, três deles do município de Lagarto (Dom João, Dom Dulcênio e Dom Paulo Celso).

Dirigindo-se aos bispos, a todos os membros do clero e ao grande número de fieis presentes, Dom João pediu uma profunda e sincera acolhida a Dom Valdemir: “Seja acolhido com júbilo e ação de graças, este nosso irmão (…). Ele deve ser honrado como ministro de Cristo e dispensador dos mistérios de Deus, pois a ele foi confiado dar testemunho da Boa Nova e o ministério do Espírito e da santidade”.

Ao novo bispo, o arcebispo metropolitano de Aracaju exortou para que ele sempre recorde de que foi tirado dentre os seres humanos e colocado a serviço deles nas coisas de Deus. “O Episcopado é um serviço e não uma honra; o bispo deve distinguir-se mais pelo serviço prestado que pelas honrarias que poderá receber, como diz o Senhor: aquele que é maior seja o menor de todos, e aquele que preside, como o que serve” (Lc 22, 26).

Nas palavras de agradecimento, Dom Valdemir Vicente recordou o dia (25 de junho deste ano) em que Dom João Costa, em nome do Papa Francisco, perguntou se aceitaria ser bispo auxiliar de Fortaleza. “A primeira coisa que me veio à mente foram as palavras que sempre acompanharam a minha caminhada vocacional: ´fazei tudo para a glória de Deus´. Depois de ter tido SIM, chorei como criança que não quer outra coisa senão os braços da Mãe. Em Fátima, Portugal, passei longos dias chorando, rezando e meditando este chamado inusitado de Deus em minha vida”.

A apresentação de Dom Valdemir, em Fortaleza, está marcada para o dia 6 de outubro (sábado), às 18h30, na catedral da Sé.

Fotos: Carlos Barbosa – SRTE-SE 2255

 

Compartilhe

Subir

Seja o primeiro a comentar »

Seja o primeiro a comentar »


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

Atualidades

D. Fisichella nos 25 anos da Veritatis Splendor: quem critica o Papa não é fiel à tradição católica

Encontro de preparação para 3ª Semana Catequética Paroquial

Paróquia de Nossa Senhora Aparecida no Montese realiza Carreata dia 30 

10ª edição da Marcha pela Vida em Fortaleza

Papa: não se pode acreditar em Deus e ser mafioso

As dores da humanidade


QR Code Business Card