Publicado em 31/01/2018 por João Augusto

Agenda Pastoral 2018 atualizada 31/01

AGENDA PASTORAL DE 2018
ANO NACIONAL DO LAICATO

O Secretariado de Pastoral está atualizando hoje, 31 de janeiro, a Agenda Pastoral da Arquidiocese. Na medida em que mais datas forem chegando ao Secretariado, quer das regiões episcopais, quer das coordenações arquidiocesanas, serão inseridas na Agenda Pastoral.

Miguel Brandão

AGENDA-PASTORAL-DE-2018-atualizada-31-01-2018

 

Artigos Relacionados

Publicado em 31/01/2018 por João Augusto

Dom Roberto Francisco Ferreria Paz: CEBs, uma Igreja em saída, que enfrenta desafios urbanos

Dom Roberto Francisco Ferreria Paz
Bispo de Campos (RJ)

O 14º Intereclesial de CEBs aconteceu em Londrina-PR, nos dias 23 a 27 de janeiro deste ano. Congregou 3300 delegados e 60 Bispos além de numerosos diáconos e padres, com presença de convidados como os Povos Indígenas, Quilombolas, outras Igrejas e Religiões.

Verificou-se, uma vez mais, a vitalidade e entusiasmo dessa experiência originante e fontal de ser Igreja e viver a fé a partir do povo, dos simples e pequenos. É inegável o legado do empoderamento dos pobres que nelas aprenderam a ligar inseparavelmente a vida com a fé, a ler e iluminar a sua caminhada a partir da Palavra de Deus, promovendo, de forma integral, a dignidade humana.

Sempre foi muito claro para as CEBs, como instância eclesial, sua autonomia em relação a partidos e agremiações sindicais ou outros organismos populares, legítimos, de uma Democracia viva; elas incentivaram seus membros e lideranças a se inserirem nesses campos de atuação fazendo ecoar a defesa da vida dos pobres, a justiça social e o bem comum. Longe de uma instrumentalização ideológica ou partidária, o que se viveu e testemunhou nestes dias, resultou da fé viva, contextualizada e comprometida, de comunidades adultas que buscaram responder com fidelidade ao Deus da Misericórdia, como expressa o lema do Intereclesial: “Eu vi e ouvi, os clamores do meu povo e desci para libertá-lo” (Ex 3,7).

A espiritualidade foi marcante e profundamente criativa e animada, situada na realidade, celebrada pela Palavra e pela Eucaristia, animada com gestos e símbolos significativos que envolveram e levaram a partilha e a participação de todos/as. O tema escolhido: os desafios urbanos, é de veras mordente e de uma urgência indubitável, refletido com debates proveitosos, mas apenas enunciado e abordado em referência a tópicos que fazem parte do cenário urbano: moradia, mobilidade, políticas públicas, saúde, educação, lazer e cultura, ecumenismo e diálogo inter-religioso, ecologia e saneamento ambiental.

Faltou, talvez, uma teologia, eclesiologia e pastoral, que nos descortinassem os sonhos e as esperanças da vida urbana, na perspectiva da Nova Jerusalém, a cidade da Paz e da Justiça. Penso que deixou um balanço muito positivo e alentador, de alegria transbordante, de fraternura entre os participantes, de testemunho fiel de uma Igreja em saída, que revigorou o protagonismo dos cristãos leigos e leigas, especialmente dos mais humildes e pequenos, para transformar e evangelizar, com renovada esperança e justiça, as estruturas e relacionamentos urbanos. Deus seja louvado!

Fonte: CNBB

Publicado em 31/01/2018 por João Augusto

Sala Dom Lustosa será inaugurada na Paróquia e Santuário Nossa Senhora de Fátima

A Paróquia e Santuário Nossa Senhora de Fátima, no Bairro de Fátima, irá  inaugurar na próxima sexta, dia 2 de fevereiro, a Sala dedicada a Dom Lustosa.

A Sala Dom Lustosa,  primeiramente, tem como finalidade prestar uma justa homenagem a Dom Antonio de Almeida Lustosa, que foi o Arcebispo que  criou a Paróquia Nossa Senhora de Fátima, através do Decreto 105, de 14.09.55 e, segundo, porque existe em curso um processo aberto pela Arquidiocese de Fortaleza para a beatificação e canonização de Dom Lustosa.

Essa sala será, pois, um recinto para conhecimento da vida e obra desse Servo de Deus, que através da Oração específica, com aprovação eclesiástica, os fiéis e paroquianos possam pedir a sua beatificação e, também, pedidos de sua intercessão.

A Santa Missa será às 17 horas  no próprio Santuário, seguida da bênção de inauguração da Sala e apresentação do documentário sobre o Segundo Arcebispo de Fortaleza.

Publicado em 31/01/2018 por João Augusto

Nota de Falecimento de Giuseppe Allegri

Faleceu na manhã do sábado, 27, de problemas cardíacos, Giuseppe Allegri, 83, irmão dos padres Lino e Ermano Allegri.

Nesta quarta, 31, haverá a Missa das Exéquias e o Sepultamento.

Padre Lino e Padre Ermano estão na Itália junto a sua família e agradecem o apoio e as orações pelo falecido e sua família.

Publicado em 31/01/2018 por João Augusto

Recipar 2018 terá certificação da Católica de Fortaleza

Encontro traz entre os palestrantes indicado ao Nobel da Paz.

O RECIPAR – Secretaria Paroquial e Liderança Pastoral será realizado pela primeira vez em Fortaleza, dia 9 de abril, no Hotel Sonata. O encontro realizado pela Promocat tem por objetivo auxiliar o participante desenvolver na prática, suas habilidades, vocação, experiência, com temas propostos exclusivamente para gerar mais eficiência, qualidade no atendimento, produtividade, motivação pelo seu exercício na instituição. O encontro oferecerá certificação de 10horas /aula pela Faculdade Católica de Fortaleza – FCF.

O RECIPAR traz para Fortaleza o indicado ao Nobel da Paz 2018, Luiz Gabriel Tiago, Doutor em Educação no Trabalho, Escritor, Palestrante, Especialista em Gentileza Corporativa e fundador da empresa social “Pontinho de Luz”, entidade que doa por mês uma média de dez toneladas de produtos de primeiras necessidades. Pela atividade desenvolvida, O Sr. Gentileza como ficou conhecido foi indicado à honraria do Nobel da Paz.

Ainda integra a programação do encontro palestra sobre  ‘Gestão compartilhada: liderança e serviço’, com Aristides Luis Madureira, escritor e diretor da Editora “A Partilha” que atua há mais de 20 anos como missionário na Pastoral do Dízimo, aplicando técnicas de gestão paroquial e fomentando mais incentivo para uma Igreja viva; ‘Eficácia no secretariado: administração do tempo com foco em prioridades como sinônimo de profissionalismo e agilidade’, com Everton Barbosa, assessor de imprensa na Arquidiocese de Maringá, escritor e palestrante com uma dinâmica inovadora que leva o participante a aprimorar seu trabalho com coesão, planejamento e prática.

‘Sua Marca Pessoal pode ir Além! Propósito – Estratégia – Ação e Gestão!’, é o tema de Daniela Viek, profissional de marketing pessoal que pretende oferecer ao secretariado como desenvolver sua marca pessoal em um mundo cada vez mais conectado; ‘Secretaria digital: como ampliar o atendimento utilizando sites, e-mails e redes sociais’, com Fábio Castro, diretor geral da Promocat e idealizador do projeto Recipar.

O RECIPAR chega a Fortaleza para atender funcionários, colaboradores e também aos voluntários que exercem funções de secretaria e liderança nas paróquias, cúrias, casas religiosas, Movimentos Eclesiais, Novas Comunidades e demais entidades ligadas à Igreja Católica do Regional Nordeste I, da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil.

Mais sobre a Católica de Fortaleza

A Faculdade Católica de Fortaleza – FCF, continuadora da missão do Seminário da Prainha, tradição no Ensino Superior em Filosofia e Teologia desde 1864, é hoje uma Instituição reconhecida pelo Ministério da Educação e quer ser presença na vida Acadêmica na Igreja e na Sociedade. A FCF atualmente oferece os Cursos de Graduação: Bacharelado em Filosofia e  Bacharelado em Teologia; Licenciatura em Filosofia e Licenciatura em Ciências Sociais (Turno da Noite), além de Cursos de Pós-Graduação (áreas de Filosofia, Sagradas Escrituras, Família, Estudos de Logoterapia, Gestão em Bibliotecas Públicas) e Extensão (Módulos de Libras, Línguas, Eclesiais, etc).

SERVIÇO

 As Vagas são limitadas e as inscrições são feitas pelo site do encontro: http://recipar.catholicus.org.br/

Publicado em 31/01/2018 por João Augusto

Encontro arquidiocesano sobre CF 2018 tem data alterada

CAMPANHA DA FRATERNIDADE 2018: “FRATERNIDADE E SUPERAÇÃO DA VIOLÊNCIA”

 O encontro arquidiocesano da CF 2018 que estava marcado para o dia 27 de janeiro foi transferido para o dia 3 de fevereiro de 2018.

Lembramos que a cada ano a Igreja nos convida, por meio da Campanha da Fraternidade (CF), a refletir sobre um problema da sociedade. Em 2018, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), põe em evidência o assunto violência e nos convida a refletir maneiras de combatê-la. O tema da CF 2018 é “Fraternidade e superação da violência”, e o lema: “Vós sois todos irmãos” (Mt 23,8).

Para conhecermos melhor este tema e assim podermos vivenciar melhor a Campanha, a Equipe Arquidiocesana de Animação das Campanhas realizará uma formação,

dia 03 de fevereiro, sábado, de 8h30 às 11h30,
no Centro de Pastoral Maria Mãe da Igreja
(entrada pela Rua Rodrigues Júnior, 300).

No estudo, será apresentado o trabalho do Comitê Cearense pela Prevenção de Homicídios na Adolescência. Será também apresentado o trabalho do Centro de Referência e Apoio às Vítimas de Violência – CRAVV, órgão vinculado à Secretaria da Justiça e Cidadania do Ceará – SEJUS.

As pessoas interessadas deverão fazer sua inscrição até dia 31 de janeiro, quarta feira, no Secretariado de Pastoral. Não há taxa de inscrição; solicitamos que os participantes tragam lanche para partilhar.

Telefones para contato: (85) 3388-8701; 3388-8723.

Publicado em 30/01/2018 por João Augusto

Papa propõe ‘catecumenato matrimonial’ para noivos

A sugestão aos membros do Tribunal Eclesiástico da Rota Romana: um itinerário indispensável para que jovens e casais revivam a sua consciência cristã amparada pela graça dos dois sacramentos: batismo e matrimônio

Cristiane Murray – Cidade do Vaticano

Os Sínodos sobre a família e a Exortação Amoris Laetitia nasceram da necessidade de ouvir aqueles fiéis que haviam silenciado suas consciências e depois reencontraram um caminho para ver um pouco de ‘luz’.

Foi o que disse o Papa na audiência aos membros do Tribunal da Rota Romana, que estão inaugurando o Ano Judiciário 2018.

Conscientização

O discurso do Papa teve como ponto central a consciência: seja nos casos dos quais os juízes se ocupam, como na vida das pessoas dos quais são protagonistas. As atividades dos Tribunais Eclesiásticos, seu empenho em causas de nulidade matrimonial e em geral, a pastoral familiar da Igreja – acrescentou Francisco – se expressam também como ‘ministério da paz das consciências e devem ser exercidos com toda a consciência’.

Catecumenato matrimonial

Papa recomendou também o esforço de um ‘catecumenato matrimonial visto como itinerário indispensável para que jovens e casais revivam a sua consciência cristã amparada pela graça dos dois sacramentos: batismo e matrimônio’.

Todavia, quando a vida conjugal encontra em seu caminho graves obstáculos e fica ferida, chegando a pedir ajuda ao Tribunal, é preciso que o exercício da consciência sirva para evitar o risco de que de ‘o exercício da justiça seja reduzido a um simples processo burocrático’:

“ Se os Tribunais Eclesiásticos caíssem nesta tentação, trairiam a consciência cristã ”

Francisco explicou ainda que esta é a razão pela qual estabeleceu que nos processos breves seja o próprio bispo diocesano a julgar a primeira instância dos casos de nulidade matrimonial.

Neste sentido, o Pontífice pediu aos membros da Rota que evitem o risco que ‘à consciência dos fiéis com dificuldades no matrimonio seja negado um caminho de graça’.

Fonte: vaticannews

Publicado em 30/01/2018 por João Augusto

Veritatis Gaudium

A Constituição Apostólica “Veritatis Gaudium” (Alegria da Verdade) do Papa Francisco, sobre as Universidade e Faculdades Eclesiásticas, foi publicada no dia 29 de janeiro de 2018. O documento foi apresentado à imprensa em uma entrevista coletiva. Presentes na coletiva com os jornalistas o Prefeito da Congregação para a Educação Católica, Cardeal Giuseppe Versaldi; o Secretário da Congregação, Dom Angelo Vincenzo Zani, e o Presidente do Instituto Universitário Sophia, professor Piero Coda. Até agora as universidades e faculdades eclesiásticas eram regidas pela Constituição Apostólica “Sapiencia Christiana” (Sabedoria Cristã) escrito pelo Papa São João Paulo no dia 15 de abril de 1979.

Diante dos desafios atuais, a Congregação para a Educação Católica propôs ao Papa Francisco um novo quadro normativo. O próprio Papa no proêmio do documento defende essa necessidade de atualização quando escreveu; “Passados quase quarenta anos, fiéis ao espírito e às orientações do Vaticano II e como sua oportuna atualização, torna-se hoje necessário e urgente uma atualização da referida Constituição Apostólica. De fato, permanecendo plenamente válida na sua visão profética e no seu lúcido ditame, precisa ser integrada com as disposições normativas, entretanto emanadas, tendo em conta ao mesmo tempo o desenvolvimento no campo dos estudos acadêmicos que se registrou nas últimas décadas bem como as mudanças no contexto sociocultural a nível global, e ainda quanto foi recomendado a nível internacional na implementação das várias iniciativas a que aderiu a Santa Sé”.

O documento “Veritatis Gauduim” tem algumas novidades. “Além de confirmar as disposições normativas anteriores, o documento prevê novidades de natureza diversa, sendo que algumas dizem respeito aos cursos de estudo e aos relativos títulos, outras à figura dos docentes e de pessoas com cargo de responsabilidade, e outros de aspectos institucionais”. Outra novidade é sobre o ensino à distância. “O documento reconhece que a revolução informática e telemática é perpetrada amplamente nos sistemas acadêmicos abrindo cenários antes impensáveis com oportunidades novas de conhecimento, estudos e pesquisas” segundo Dom Zani.

Resultado de imagem para Veritatis GaudiumO Jornal do Brasil no dia 30 de janeiro de 2018 publicou algumas estatísticas interessantes; Atualmente existem 298 faculdades eclesiásticas, além de 503 instituições afiliadas, o que totaliza 792 institutos de ensino. No ensino  superior, são 160 faculdades de Teologia, 49 de filosofia, 32 de Direito Canônico e 40 de outras disciplinas. Atualmente 64.5 mil estudantes comparecem às aulas nessas instituições, ministradas por 12 mil docentes. Esta nova Constituição Apostólica do Papa Francisco, apresenta uma nova visão para as universidades católicas, perante a globalização e a necessidade de uma Igreja “em saída”.

Pe. Brendan Coleman Mc Donald, Redentorista

Artigos Relacionados

Publicado em 30/01/2018 por João Augusto

Festa de Nossa Senhora dos Navegantes – 2018

A Paróquia de São Francisco de Assis no bairro Jacarecanga estará realizando um tríduo em honra a patrona da Paróquia: Nossa Senhora dos Navegantes com o Tema: Na companhia das mães dos Navegantes e de São José primeiros leigos na missão com Jesus, somos uma Igreja em saída.

Programação:

TRÍDUO N. SRA DOS NAVEGANTES
Dia 30 de Janeiro – 3ª-
CELEBRANTE: Pe. Marcos
CÂNTICOS: Romenick e Renata

Dia 31 de Janeiro 4ª
CELEBRANTE: Frei Rogério
CÂNTICOS: Cristo é Vida

Dia 01 de Fevereiro 5ª-
CELEBRANTE: Pe. Sartorel
CÂNTICOS: Bom Pastor

Dia 02 de Fevereiro 6ª
CELEBRANTE: Pe. Bezerra
CÂNTICOS: N. S. Navegantes

Obs: Após a missa do dia 02 de Fevereiro sairá a profissão de Nossa Senhora dos Navegantes.

Informações: 32380978

Publicado em 30/01/2018 por João Augusto

Boletim Igreja no Brasil nº 272 com destaque para o 14º Encontro Intereclesial de CEBs em Londrina (PR).


QR Code Business Card