Publicado em 31/07/2014 por

[NOTÍCIA] Festa de Santa Clara em Canindé 

As Irmãs Clarissas do Mosteiro do Santíssimo Sacramento, em Canindé, celebram no período de 1 a 11 de agosto, às 19h, a Festa e Novena dedicadas à Santa Clara de Assis, contando com a presença de muitos devotos. santa-clara_caninde

Inspiradas na exortação apostólica, “A Alegria do Evangelho”, do papa Francisco, será refletido o tema central: Santa Clara de Assis, a alegria de viver o Evangelho, onde somos chamados a experimentar o caminho do seguimento de Jesus Cristo.

A proposta de Clara de Assis foi, e é sempre, uma proposta renovada que proporciona a alegria na vivência da fé, e uma fecundidade que evangeliza e penetra em todos os lugares e pessoas. Por isso, as Irmãs Clarissas convidam todos a caminhar juntos neste itinerário e a descobrir o frescor do santo Evangelho e a alegria de vivê-lo.

No dia 11 de agosto, dia de Santa Clara, será o encerramento da Festa. Às 18h30, sairá da Basílica uma procissão com a imagem de Santa Clara e  ao chegar ao Mosteiro acontecerá uma Celebração Festiva.

Durante os festejos, as celebrações serão às 19 horas. Todas as noites, após a novena, haverá barracas com comidas típicas e algumas programações especiais: dia 9,  um show com a Cantora Darline Abreu; dia 10, encenação do Trânsito de Santa Clara e, após a Santa Missa, show com Frei Jurandir; dia 11, bênção dos pães de Santa Clara e uma seresta com um animado Festival de Prêmios – 01 fogão, 01 TV e 01 Moto 0 km.

Informações:  Paróquia de Canindé (85) 3343-0017; (85) 3343-0297

 Fonte: Equipe do site de São Francisco de Canindé. 

inORMA

Publicado em 31/07/2014 por

[NOTÍCIA/Mundo] Aparecida (SP) sediará XII Encontro dos Bispos Lusófonos em 2016

O Brasil foi escolhido para receber o próximo encontro do episcopado Lusófono, no período de 23 a 28 de julho de 2016, no lusófonos_1Santuário Nacional de Aparecida (SP). Entre as decisões que resultaram da reunião realizada em Angola, de 21 a 27 de julho, os bispos apontaram algumas preocupações no relatório final, como indicações pastorais para “o cuidado pastoral da família e de todas as problemáticas que a envolvem”, como também a proteção da vida, “promoção humana” e “dignidade da pessoa humana, bem comum, subsidiariedade e solidariedade”.

A proposta do encontro foi fortalecer a comunhão eclesial, a partir da promoção e cooperação entre as comunidades e a fidelidade à identidade católica lusófona. O Brasil foi representado pelo arcebispo de Aparecida (SP) e presidente da CNBB, cardeal Raymundo Damasceno Assis e pelo bispo auxiliar de Brasília (DF) e secretário geral da CNBB, dom Leonardo Ulrich Steiner.

Propostas

Durante o encontro, o episcopado lusófono debateu os desafios, as urgências e as soluções que a Igreja enfrenta nos diversos países. Os bispos destacaram algumas orientações como a necessidade de continuar a fazer uma análise rigorosa e competente sobre as situações concretas em que a Igreja está profeticamente presente, irradiando com mais eficácia à luz transformadora do Evangelho de Cristo.

Apontaram, também, a urgência de cuidar da evangelização na sua ligação profunda com a promoção humana; atender às situações de pobrezas, dando resposta a partir do estudo das suas causas e soluções, em diálogo constante com a sociedade e o Estado; encorajar a presença e ação dos leigos nas várias áreas de intervenção na sociedade, nomeadamente nos campos social, econômico e político.

Missão permanente

Os bispos pedem que haja maior incentivo à dimensão ética na economia e na gestão, capaz de transformar por dentro uma economia que muitas vezes provoca a exclusão e o sofrimento dos mais fracos; cooperação com outras Igrejas Cristãs e outras religiões, a importância do diálogo ecumênico e inter-religioso em vista de iniciativas comuns e o cuidado da Igreja em continuar em estado permanente de missão.

Entre os desafios relatados pelo episcopado lusófono foi sugerido maior valorização e a divulgação da Bíblia em todos os setores das Igrejas particulares, o cuidado pastoral da família e de todas as problemáticas que a envolvem e a atenção orante e pastoral às vocações ao sacerdócio e de especial consagração.

Há desejo também de intensificar a presença da Igreja nas universidades, a partir da formação de uma pastoral universitária mais articulada e em rede; a abertura da Igreja a todas as problemáticas da vida digna e plena para todos e em todas as fases da vida e a defesa da paz e da justiça, da igualdade e da liberdade nos vários setores da vida da sociedade.

(FONTE: CNBB)

Publicado em 31/07/2014 por

[NOTÍCIA] Festival Halleluya supera 1 milhão de participantes

Em cinco noites, mais de 1 milhão de pessoas passaram por todos os espaços do Festival Halleluya. Na noite de sábado, o público foi recorde em todas as 17 edições com 300 mil participantes no total. Na quarta-feira, foram 180 mil, quinta, 230 mil, sexta, 150 mil e domingo, 200 mil. O Festival aconteceu de 23 a 27 de julho, em uma Festa-do-Halleluya__2estrutura montada em 81m² no Condomínio Espiritual Uirapuru (CEU). As informações são da organização do evento.

De acordo com Tobias Cortez, da equipe de organização do evento, a maior parte do público do Halleluya é composta por jovens. Entre 70% e 80% dos participantes são desta faixa etária. No entanto, há espaço para o público de várias idades. “O Halleluya alcança uma variedade de públicos. É um evento para o jovem, mas não exclui ninguém. Famílias, idosos, crianças, deficientes; pessoas de todas as idades e classes sociais podem participar”.

Para a cofundadora da Comunidade Shalom, Emmir Nogueira, o número de 300 mil pessoas em uma noite ainda é pequeno. “Isso é muito pouco. Precisamos evangelizar mais. Temos quase 3 milhões de habitantes. Até agora foram 10%. Deus quer muito mais”. Com 70% de jovens, o evento está cumprindo seu objetivo de evangelizar em especial a juventude, segundo ela.

Uma das novidades foi a arena cultural, uma estrutura com cinco espaços temáticos: Construtores da Sociedade, Halleluya Adventure, Festival de Artes, Fazendo Barulho e Cine Halleluya.

O espaço da misericórdia é direcionado para aconselhamento, oração, formação e adoração. São quatro grandes ambientes que estão disponíveis para todos os públicos. O espaço Halleluya Kids recebeu cerca de 1500  crianças nos dias do Festival.

Solidariedade

O Festival é o evento mais solidário do estado. Há doze anos, existe uma parceria com o Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará – Hemoce. Nesta edição, foram coletadas  619  bolsas de sangue. Ao todo foram 1.146 doadores, sendo que 409 estavam inaptos para a doação e 118 desistiram durante o processo de triagem. Esta é a maior coleta do Hemoce, em evento, durante o ano. Foram efetivados 318 cadastros para a doação de Medula Óssea.

Foram recolhidas ainda 2,4 toneladas de alimentos não perecíveis. Metade desses alimentos será distribuída para cidades que sofrem com a seca e com os projetos de Promoção Humana da Comunidade Católica Shalom, como a Casa São Francisco, albergue para moradores de rua localizado no centro de Fortaleza. A iniciativa é realizada em parceria com a Defesa Civil.

Além disso, mais de seis mil voluntários se revezaram para servir em vários espaços do Festival.

Arena Cultural

Novidade no Festival Halleluya, a arena cultural promoveu uma maior integração entre os diversos espaços voltados para a juventude. “Todos os momentos foram lotados. Essa junção promoveu a cultura do encontro”, destacou a coordenadora da arena cultural, a missionária da Comunidade de Vida Shalom, Luciane Facundes.

O cine Halleluya contou com 17 sessões de filmes e 1.361 espectadores durante os cinco dias de realização. Na quarta, foram duas sessões e 144 participantes. Na quinta, três exibições e 194 pessoas. Na sexta, 342 pessoas assistiram a quatro sessões. No sábado, foram cinco exibições e 435 participantes. No último dia, 3 sessões alcançaram 246 pessoas. Era a capacidade máxima do espaço. Os filmes com temáticas variadas foram “um novo muito grande”, de acordo com o coordenador do espaço, William Rodrigues, missionário da Comunidade de Vida Shalom.

O Festival das Artes reuniu um público de 10.600 pessoas para assistir às eliminatórias de teatro, dança e música. Foram 1500 espectadores na quarta, 2 mil na quinta, 2400 na sexta, 3500 no sábado e 1200 no último dia. Neste ano, foram treze grupos nas eliminatórias de teatro e dança, das quais quatro se classificaram para as finais. Na música, foram 15 na eliminatória. O Festival das Artes acontece há quatro anos no Halleluya e é “aberto para fomentar a cultura e lançar novos talentos”, de acordo com o coordenador do Festival Allan Patrick, missionário da Comunidade de Vida Shalom

Adaptado do programa de TV da Comunidade Shalom na Rede Vida, o espaço Fazendo Barulho recebeu um total de 2.550 pessoas. Foram 200 participantes no primeiro dia; 350 no segundo; 500 na sexta-feira; 1 mil no sábado e 500 no domingo. Foram debatidos temas como a felicidade, o sentido da existência, a santidade, o amor e um ao de JMJ Rio2013.

O espaço Adventure recebeu cerca de 20 mil jovens por noite. Foram ainda 40 competidores na modalidade de BMX (bicicleta) e 30 no skate. A arena cultural trouxe uma integração do adventure com outros espaços. “A vantagem é que os fez participar do Halleluya, estarem integrados”, destacou o coordenador do espaço, o missionário da Comunidade de Vida Shalom Rafael Moreira. O ônibus estilo Walking Party atraiu 886 jovens para o Seminário de Vida no Espírito Santo. Foram 342 participantes na sexta e 544 pessoas no sábado.

O “Construtores da Sociedade” contou com 33 estandes institucionais e vocacionais. De acordo com a coordenadora do espaço, Jane Rebouças, foi uma oportunidade de gerar receita para os expositores.

Halleluya Quero Mais

Haverá neste final de semana o Halleluya Quero Mais nos 26 Centros de Evangelização da Comunidade Shalom espalhados em Fortaleza e Região. A programação começa no sábado, dia 2, a partir das 14h e prossegue no domingo das 8h às 17h.

Endereços constam no site www.festivalhalleluya.org.  Mais informações: 3261.4444

 

 

Publicado em 31/07/2014 por

[NOTÍCIA/Brasil] Bispos avaliam a Jornada Mundial da Juventude – Rio 2013

Há cerca de um ano, o Brasil recebia jovens de todo o mundo para participar da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) 2013, realizada no Rio de Janeiro. O evento contou com a presença de Francisco, eleito papa meses antes. Esta foi a sua primeira viagem internacional. A capital fluminense abrigou mais de 3 milhões de fiéis que escutaram a mensagem de Francisco para a juventude: “Não tenham medo de ir e levar Cristo para todos os ambientes”.

Na ocasião, o papa salientou que a missão de evangelização é essencial. “A experiência deste encontro não pode ficar trancafiada na vida de vocês ou no pequeno grupo da paróquia, do movimento, da comunidade. A fé é uma chama que se faz tanto mais viva quanto mais é partilhada, transmitida, para que todos possam conhecer, amar e professar que Jesus Cristo é o Senhor da vida e da história”, disse aos jovens.

Aos bispos, o papa havia lembrado do chamado ao anúncio do Evangelho, vivendo a dimensão missionária e incentivando os leigos, em particular os jovens, a também viverem esta dimensão e irem em missão pelo mundo.

Em missa de ação de graças, celebrada no último dia 26, o arcebispo do Rio de Janeiro, cardeal Orani João Tempesta, reforçou a mensagem do papa Francisco para a missão evangelizadora. “O mundo precisa desse testemunho adaptado aos novos tempos e realidades”, afirmou.

O cardeal torce para que os jovens que vivenciaram a JMJ não deixem que a experiência tenha sido em vão e que continuem sempre em missão. Para ele, a celebração após um ano da Jornada foi “um momento para agradecer, louvar a Deus e pedir ao Senhor que cada vez mais dê a todos coragem e ânimo novo para evangelizar”.

Pós JMJ

Para o bispo auxiliar de Campo Grande (MS) e presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude, da CNBB, dom Eduardo Pinheiro da Silva, os jovens compreenderam o chamado de Francisco e estão abraçando cada vez mais o trabalho missionário.

Dom Eduardo citou como exemplo a Primeira Missão Jovem na Amazônia. O projeto, que escolheu 70 jovens para viverem a experiência missionária, registrou, em poucas horas, mais de três mil inscrições no site dos Jovens Conectados. Foi necessário encerrar as inscrições antes do previsto. “É bonito ver essa resposta. Nós temos que dar seguimento nas paróquias, fazer mais trabalhos com os jovens. Eles estão dispostos a fazer essa evangelização”, ressalta.

(FONTE: CNBB)

Publicado em 31/07/2014 por

[NOTÍCIA] I Despertar Vocacional da Região Episcopal São José

1º Despertar Vocacional da Região Episcopal São JoséMateriais_Ms-Vocacional-300x300

 Acontecerá, dia 3 de agosto, das 13h30min às 18h, no Colégio Pe. José Nilson, na Paróquia Nossa Senhora da Saúde, o 1º Despertar Vocacional da Região São José que terá como tema “A Aventura de ser chamado por Deus”.A missa de encerramento será às 17h30min.

O I  Despertar Vocacional contará com uma palestra do Pe. Raphael Maciel, coordenador da Pastoral Vocacional da Arquidiocese de Fortaleza, e o relato de três experiências vocacionais: uma sacerdotal, uma religiosa e outra matrimonial. Convidamos  as paróquias que fazem parte da Região Episcopal São José  a comparecer e a levar a juventude, os casais e agentes de pastoral.

Informações pelo telefone (85) 33888724 na Secretaria da Região.

Publicado em 31/07/2014 por

[VÍDEO] Missa no Mosteiro de São Bento – Fortaleza

VÍDEO – Missa no Mosteiro de São Bento – Fortaleza

Publicado em 30/07/2014 por

[FOTOS] Hallelluya 2014 no CEU

 

 

Por JOCA (PASCOM Arquidiocese de Fortaleza)

Publicado em 30/07/2014 por

[FOTOS] Tudo Pronto para o Halleluya 2014

– Dia 23/7/2014 – Tudo pronto para o Halleluya, no CEU (Condomínio Espiritual Uirapuru);

 

MAIS FOTOS DA FESTA – CLIQUE AQUI

hallelluya_2014

Por JOCA  (PASCOM Arquidiocese)

 

Publicado em 30/07/2014 por

[FOTOS] Velório de Padre Hemetério Alixandre de Santiago

Fotos do dia 28/7/2014 – Velório de Padre Hemetério, na igreja da Prainha.

 

Faleceu, na noite de domingo, dia 27 de julho de 2014, o Pe. Hemetério Alixandre de Santiago, reitor da Igreja do Seminário da Prainha.

velório

Fotos por JOCA (PASCOM Arquidiocese de Fortaleza)

Publicado em 30/07/2014 por

[FOTOS] Encontro da Terceira Urgência da Região Bom Jesus dos Aflitos na igreja São Pio X

 

 

Foto dia 19 / 7 /2014  – Encontro da Terceira Urgência da Região Bom Jesus dos Aflitos, na Igreja de São Pio X, bairro Pan-americano

 

Fotos por Sílvio Martins – (PASCOM Bom Jesus dos Aflitos) urgência

 


QR Code Business Card