Maio 2012 | Arquidiocese de Fortaleza

Publicado em 31/05/2012 por

Paróquia Nossa Senhora da Paz celebra festa de Santo Antônio

De 1 a 3 de junho a Paróquia Nossa Senhora da Paz celebra os festejos de Santo Antônio. A festa terá início amanhã, dia 1º. de junho, sexta-feira, às 17h30min com a abertura oficial, às 18 horas acontecerá uma celebração com a trezana. Diariamente: Forró Pé de Serra para todas as idades; Variação de cardápios típicos das festas juninas; Refrigerantes, sucos, água; Quadrilha de improviso, bingos e sorteios. No dia 13 acontecerá ao vivo um sorteio de um NET BOOK.

Confira aqui a programação completa.

A Paróquia Nossa Senhora da Paz fica na Rua Visconde de Mauá, 905-Aldeota. Telefones (85) 3224-2398 Fax: (85) 3268-3446.

 

Publicado em 30/05/2012 por

Festa da Área Pastoral Santa Paula Frassinetti

A Área Pastoral Santa Paula Frassinetti no Bom Jardim celebra de 3 a 12 de junho a festa de sua padroeira Santa Paula Frassinetti com o tema: “Santa Paula, a exemplo de fé, intercede pela saúde do povo”.

Todas as noites, às 19h, haverá a novena de Santa Paula e celebração Eucarística com a presença de vários sacerdotes, como padre Carlos Antonio, padre Marcos Passerini, padre Neto, padre José Castelo, padre Almeida e padre Jonas. Logo após as celebrações, a Área Pastoral promoverá um momento de alegria e confraternização entre os fieis com barracas de comidas típicas e atrações locais: peças teatrais e música ao vivo para animar as noites de festa. No dia 09 de junho após a missa acontecerá o tradicional leilão. No dia 10 de junho será realizado um Bingão com vários prêmios.

No dia 7 de junho(Corpus Christi) a Área Pastoral realizará um momento especial juntamente com todas as comunidades com a procissão de Corpus Christi saindo da Capela do Cemitério Bom Jardim e percorrendo as ruas do bairro com paradas para momentos de oração e louvor e adoração ao Santíssimo. O encerramento será na Igreja Santa Paula onde acontecerá a Santa Missa.

Informações com Celestino (85) 4008-0515 ou na secretaria da Área Pastoral, de segunda a sexta de 18h às 21h, no telefone (85) 3497-0713.

Maiores informações: Celestino (85) 4008-0515 ou na secretaria da Área Pastoral, de segunda a sexta de 18h às 21h, no telefone (85) 3497-0713.

 

 

 

Publicado em 30/05/2012 por

Santíssima Trindade

Pe. Dr. Brendan Coleman Mc Donald - Redentorista

No dia 3 de junho celebramos o mistério insondável de Deus, a Santíssima Trindade. É dogma da fé católica que proclama a união de três pessoas distintas, Pai, Filho e Espírito Santo, formando um só Deus. Durante os primeiros séculos de sua existência, a Igreja tinha enorme dificuldade para expressar em palavras o inexprimível- a natureza do Deus em que acreditamos. Dois grandes concílios ecumênicos estudaram este grande mistério. O Credo da Igreja Católica que tem o nome de Niceno-Constantinopolitano foi escrito durante o primeiro Concílio Ecumênico em Nicéia em 325, e terminado durante o segundo Concílio Ecumênico em Constantinopla em 381. Chegou à expressão belíssima do Credo Niceno-Constantinopolitano, infelizmente tão pouco usado nas celebrações de hoje, que apresenta o Pai como “criador de todas as coisas”, O Filho como “Deus de Deus, Luz da Luz, Deus verdadeiro de Deus verdadeiro, gerado, não criado…”, e o Espírito Santo que “dá vida, e procede do Pai e do Filho”. Mas, mesmo essas expressões tão profundas não conseguem explicar a Trindade, pois se Deus fosse compreensível à mente humana, não seria Deus. A solenidade da Santíssima Trindade é um convite à admiração, à adoração, à ação de graças, e é também um convite à reflexão.

O Catecismo da Igreja Católica afirma “Jesus mesmo confirma que Deus é ‘o único Senhor’ e que é preciso amá-lo de todo o coração, com toda a alma, com todo o espírito e com todas as forças” (CIC 202 e Mc 12, 29-30). A verdade revelada da Santíssima Trindade esteve desde as origens na raiz da fé viva na Igreja, principalmente por meio do Batismo. Ela encontra sua expressão na regra da fé batismal, formulada na pregação, na catequese e na oração da Igreja. Na liturgia eucarística usamos a expressão: “A graça do Senhor Jesus Cristo, o amor de Deus e a comunhão do Espírito Santo estejam com todos vós” (2 Cor 13, 13).

Deus criou o ser humano, homem e mulher à sua imagem e semelhança. Se formos criados na imagem e semelhança de Deus, é de um Deus que é Trindade, que é comunidade perfeita na diversidade. Assim, só podemos ser pessoas realizadas na medida em que vivemos comunitariamente. Quem vive só para si é destinado à frustração e infelicidade, pois está negando a sua própria natureza. O egoísmo é a negação de quem somos, pois nos fecha sobre nós mesmos, enquanto fomos criados na imagem de um Deus que é o contrário do individualismo, pois é Trindade.

No mundo pós-moderno, onde o individualismo social, econômico e religioso é tido como critério fundamental da vida, a doutrina da Trindade nos desafia para que vivamos a nossa vocação comunitária, criando uma sociedade de partilha, solidariedade e justiça, pois fomos criados na imagem e semelhança deste Deus que é amor e comunhão. A festa de hoje não é de um mistério “matemático” – como pode ter três em um? – mas do mistério do amor de Deus, que nos criou para que vivêssemos comunitariamente na sua imagem e semelhança.

Padre Brendan Coleman Mc Donald, redentorista e Assessor da CNBB Reg. NE1

 

Publicado em 30/05/2012 por

Cruz Vermelha Rio Grande do Norte colabora com o embarque de doações para o povo haitiano

A Paróquia Nossa Senhora da Paz, na Arquidiocese de Fortaleza, coletou doações para a diocese de Jerémie, no Haiti. Na semana passada, nos dias 26 e 27 de maio, padre Virgínio Asencio Serpa esteve no Rio Grande do Norte para pedir solidariedade e colaboração humanitária à Cruz Vermelha de Natal, no sentido de que a instituição acompanhasse os trâmites legais do embarque no navio Almirante Saboia da Marinha Brasileira. Contatos já vinham sendo realizados com a instituição para que se concretizasse o envio das doações.

“Foi uma alegria imensa poder presenciar a saída dessas doações para os nossos irmãos haitianos. Quero agradecer a solidariedade humanitária e dedicação dos membros da Cruz Vermelha do Rio Grande do Norte”, disse padre Virgínio.

Recordando

Um terremoto de magnitude 7 atingiu o Haiti no dia 12 de janeiro de 2010 quando mais de 200 mil pessoas morreram, 300 mil ficaram feridas e mais de um milhão, desabrigadas. O Haiti é o país mais pobre das Américas.

Cruz Vermelha

A Cruz Vermelha iniciou seus trabalhos no Brasil no ano de 1907, com a ação do Dr. Joaquim de Oliveira Botelho. Junto com outros profissionais da área de saúde e pessoas da sociedade, ele promoveu uma reunião na Sociedade de Geografia do Rio de Janeiro, para lançamento as bases da organização da Cruz Vermelha Brasileira. Em 1908, foram discutidos e aprovados os Estatutos da Sociedade. Esta data ficou consagrada como a de fundação da Cruz Vermelha Brasileira, que teve como primeiro Presidente o Sanitarista Oswaldo Cruz. A Cruz Vermelha atua com base nos seus princípios fundamentais, que são: humanidade; imparcialidade; neutralidade; independência; voluntariado; unidade; universalidade. Leia mais em http://www.cruzvermelha.org.br/

Galeria de fotos.

A Paróquia Nossa Senhora da Paz fica na Rua Visconde de Mauá, 905, Aldeota. Telefone: (85) 3224. 2398 – página http://www.paroquiadapaz.org.br/v2/

Publicado em 29/05/2012 por

XII Semana Teológica tem como temática “Concílio Vaticano II, 50 anos depois: retrospectivas e perspectivas”

No ano em que a Igreja celebra os 50 anos da abertura do Concílio Vaticano II (11 de outubro de 1962), e atendendo ao pedido do Santo Padre, Bento XVI, para que possamos retornar aos seus escritos na esperança de responder aos desafios de hoje com um renovado compromisso com a evangelização, a Faculdade Católica de Fortaleza realizará sua XII Semana Teológica com a temática “Concílio Vaticano II, 50 anos depois: retrospectivas e perspectivas”, nos dias 30 e 31 de maio e 01 de junho, no Auditório Central Aloísio Cardeal Lorscheider, FCF. A presença do teólogo Dr. Pe. Mário de França Miranda, SJ., Professor da Pontifícia Universidade do Rio de Janeiro (PUC RIO), como Conferencista principal, enriquecerá o evento que contará ainda com todo o corpo de professores da FCF, possibilitando assim a reflexão da temática em diversos aspectos da vida eclesial. O Arcebispo de Fortaleza, Dom José Antônio Aparecido Tosi Marques, fará a abertura da XII Semana Teológica. O que afirmou o papa João XXIII que o Concílio devia “apresentar às pessoas do nosso tempo, íntegra e pura, a verdade de Deus”, de tal forma que elas pudessem “compreender e abraçar espontaneamente”, queremos, como Instituição Católica comprometida em colaborar com a verdade, dá um grande passo em favorecer a todas as pessoas esta oportunidade de retornar aos escritos do Concílio Vaticano II, e assim nos prepararmos para uma nova primavera na vida da Igreja.

Veja aqui a programação completa.

Leia também a Carta Convite.

Por Antonio Marcos: assessor de comunicação e divulgação da Faculdade Católica de Fortaleza (85) 88 60 71 22 ou (85) 34 53 21 50

Publicado em 29/05/2012 por

Festejos de São João na Arquidiocese

Comunidade Canção Nova faz cobertura do arraiá  do Seminário Propedêutico e da Jornada Mundial da Juventude.

VÍDEO

 

Publicado em 29/05/2012 por

Informação e liberdade: o futuro das redes sociais

A China é hoje o maior mercado de internet do mundo. Existem mais de 221 milhões de blogs, 181 milhões de blogueiros e 235 milhões de usuários de redes sociais, segundo informações da Red Ant (organização inglesa especializada em análise de internet e redes sociais). O cenário da mídia social é complexo, vasto e sempre em mudança. Também, progressivamente, as redes sociais estão se tornando parte crucial da vida do povo chinês, sendo um dos poucos meios que saltam as barreiras impostas pela censura do governo à informação.

Atualmente, existem milhões de cadastrados nas diversas redes sociais chinesas. O Sina Weibo é o maior microblogging do país. Seus usuários são executivos entre 20 e 30 anos de idade e 48% dos usuários acessam o microblog em seus telefones celulares, segundo dados da Fundação Centro Unitário para a Cooperação Missionária na China (Fondazione Cum). O Weibo.com – que é uma cópia do Twitter – tem mais de 200 milhões de inscritos, mais do que toda a população brasileira. O governo chinês nomeou 700 censores para administrar o microblog. Como o alfabeto chinês é baseado em ideogramas, e cada ideograma tem um ou vários significados, a quantidade de informações em 140 caracteres é muito superior ao do alfabeto latino, na qual um conjunto de letras define um significado apenas, fazendo assim com que os chineses consigam transpor a barreira da censura no país com um elevado fluxo de informações.

Segundo o assessor da Comissão Episcopal Pastoral para a Comunicação Social da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), padre Clovis Andrade de Melo, o impacto das redes sociais na humanidade está mudando as relações interpessoais. “As redes sociais são um caminho sem volta. É um espaço dinâmico de convívio social. A censura só aumenta o desejo por conhecimento pois, quem tem a informação, tem o poder em suas mãos. Por isso a China tem em sua política o bloqueio parcial da informação, que na minha opinião é uma política equivocada”, explicou.

Não somente o Twitter é clonado, como no caso do site Weibo, as outras redes sociais também o são, como o Facebook, Blogger, Google+, LinkedIn, Instagram, Flickr, Youtube, além dos famosos motores de buscas, como o Google, Bing, Yahoo.

A lei chinesa quanto a utilização das redes sociais para fins políticos e críticas sociais é bastante rigorosa. Um dos casos mais representativos é o de Chen Wei, 42 anos, que em dezembro passado foi condenado a nove anos de prisão por quatro artigos publicados em seu blog. A acusação é de “incitação à subversão contra o poder do Estado”. Na verdade, Chen foi detido em fevereiro de 2011 por querer “promover a Primavera Árabe” na China, inspirada nas revoltas no Oriente Médio.

Para o jesuíta e integrante do Pontifício Conselho para as Comunicações Sociais, padre Antônio Spadaro, profundo estudioso das mídias sociais, as redes sociais não são um meio de comunicação, mas o lugar da comunicação. “Não podemos pensar a rede como um instrumento, mas sim um lugar que nos permite existirmos no mundo digital”, disse o padre Spadaro em sua palestra, em Brasília (DF) no último dia 19 de maio, no Seminário para Jovens Comunicadores promovido pela CNBB.

Ainda de acordo com o padre Spadaro, hoje nenhuma mensagem passa se ela não for transmitida através de uma relação. “Comunicar não significa transmitir, mas relacionar-se. É justamente por isso que muitos canais de televisão estão morrendo pois, os únicos canais que sobreviverão serão aqueles que criarem a capacidade de interagirem com o público. A lógica das redes sociais nos faz compreender que o conteúdo oferecido está sempre ligado a pessoa que o oferece, não existindo assim comunicação neutra, ela sempre será parcial”, explicou.

No Brasil

As redes sociais fazem o maior sucesso em terras tupiniquins. Pesquisas apontam que um em cada três brasileiros está conectado a internet, o que equivale a 70 milhões de pessoas. O brasileiro gasta, em média, 23 horas e 12 minutos aos mês com internet. Entre os conectados, 79% utilizam as redes sociais, ou seja, 55 milhões de pessoas. Só para ter ideia do crescimento das redes sociais no país, somente em 2008, o Twitter cresceu 1382%.

O episcopado brasileiro também faz parte das estatísticas e se utiliza das novas ferramentas para a evangelização. Seja na pessoa do cardeal, arcebispo e bispo, quanto de uma arquidiocese, diocese ou prelazia, as redes sociais são parte integrante da comunicação social moderna. As redes mais usadas são o Facebook e o Twitter.

Um dos bispos mais atuante é o cardeal arcebispo de São Paulo, dom Odilo Pedro Scherer. “Saúdo a todos vocês, que ajudam a anunciar, também aqui no mundo digital, que ‘Deus habita esta cidade’! Se Jesus pregasse o Evangelho hoje, usaria também a imprensa escrita, o rádio, a TV, a internet, o Twitter. Dê uma chance a Ele!”, postou o arcebispo em sua estreia na mídia social.

Visão do Papa

“Verdade, proclamação e autenticidade da vida na era digital”, esse foi o título da mensagem do papa Bento XVI para o 45º Dia Mundial das Comunicações, no ano de 2011. O papa enalteceu pontos positivos da utilização das redes sociais como a promoção do diálogo, mas alertou para algumas condições: “Entrar no ciberespaço pode ser sinal de uma busca autêntica de encontros pessoais com os outros, desde que as pessoas estejam atentas e evitem perigos como o de se inserir em uma espécie de existência paralela ou de o exposição excessiva ao mundo virtual”.

No dia 28 de junho de 2011, o papa estreou no Twitter. Segundo o próprio Pontífice, o objetivo foi divulgar o lançamento de um portal de notícias do Vaticano, o News.va. “Queridos amigos, acabei de lançar o News.va. Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo. Com minhas orações e bênçãos. Bento XVI”, foi o primeiro post do Sumo Sacerdote, na rede social.

Fonte CNBB

Publicado em 29/05/2012 por

Nota de Falecimento de Padre Pimentel

Nota de Falecimento

Padre Antônio Augusto Guerra Sobreira Barata Pimentel

A Arquidiocese de Fortaleza com pesar comunica  o falecimento do querido  Padre Antônio Augusto Guerra Sobreira Barata Pimentel, 80 anos, vítima de problemas cardíacos. Padre Pimentel faleceu nessa madrugada, dia 29 de maio de 2012, no hospital do Coração, em Messejana.

Seu corpo está sendo velado na Paróquia São José de Ribamar, onde foi alguns anos pároco e atualmente era vigário paroquial.

Logo mais, às 15h30min, Dom Rosalvo Cordeiro de Lima, bispo Auxiliar de Fortaleza, presidirá a missa de corpo presente na Igreja Matriz de Aquiraz. O sepultamento será às 17 horas no Cemitério Parque da Paz.

Conhecendo Padre Pimentel

Nasceu em Quixeramobim no dia 25/3/1932 e sua ordenação sacerdotal se deu em 8/12/1959. Foi sacerdote Salvatoriano e depois  tornou-se diocesano na arquidiocese de Fortaleza. Exerceu seu ministério sacerdotal nas paróquias de Quixeramobim, Redenção, Messejana, Guanacés  e em Campo Mourão no estado do Paraná.

 

Publicado em 29/05/2012 por

“Querigma: experiência de fé e anúncio” é tema de palestra na Paulinas Livraria

A Paulinas Livraria e Arquidiocese de Fortaleza realizam um encontro de estudo no dia 2 de junho, das 8h30min às13h30min, no Auditório da Paulinas Livraria com o tema: “Querigma: experiência de fé e anúncio”. O objetivo é aprofundar a experiência de Deus hoje e na própria vida para anunciar o Reino. O assessor será Pe. Francisco Lelo, doutor em Liturgia, licenciado em Filosofia e Teologia e editor-assistente nas áreas de liturgia e catequese da Paulinas Editora. Estão convidados a participar catequistas, sacerdotes, agentes de pastoral e interessados na área de catequese e liturgia.

Informações na Paulinas Livraria, tel.: (85) 3226-7544. E-mail: promovfortaleza@paulinas.com.br ou Facebook: paulinasfortaleza@hotmail.com

 

Publicado em 28/05/2012 por

Mensagem do Papa na homilia da festa litúrgica de Pentecostes

Na missa de Pentecostes celebrada na Basílica de São Pedro, no Vaticano, neste domingo 27 de maio, o Papa Bento XVI disse que a Igreja tem que ser um “lugar de unidade e de comunhão na verdade, neste momento em que o mundo parece reviver a passagem bíblica da Torre de Babel”:

O Papa fez hoje um apelo à unidade e à compreensão entre as pessoas, que a seu ver, são muitas vezes “superficiais e difíceis”, não obstante o progresso tecnológico que melhorou as comunicações e reduziu as distâncias geográficas.

“Perduram desequilíbrios que muitas vezes geram outros conflitos; o diálogo entre as gerações se faz árduo e muitas vezes, prevalece a contraposição; assistimos fatos cotidianos que apresentam o homem sempre mais agressivo e irritado; compreender-se parece demasiadamente penoso e cada um prefere permanecer dentro de si, concentrado em seus interesses”.

Em seguida, o Papa advertiu que a sociedade atual está vivendo novamente a experiência de Babel, o trecho bíblico que ilustra um reino em que os homens pensam ter tanto poder para chegar ao céu, abrir suas portas e colocar-se no lugar de Deus, que não se dão conta de construírem a torre uns contra os outros.

“Com o progresso da ciência e da técnica, obtivemos o poder de dominar as forças na natureza, de manipular os elementos, de fabricar seres animados, de chegar quase até o próprio ser humano. Nesta situação, rezar a Deus parece algo superado, inútil, porque nós mesmos podemos construir e realizar tudo o que quisermos” – indicou Bento XVI.

“Multiplicamos as possibilidades de comunicar, de trocar informações, de transmitir notícias, mas podemos dizer que aumentou a capacidade de nos entendermos, ou, paradoxalmente, nos entendemos cada vez menos? Não existe entre as pessoas uma sensação de desconfiança, de suspeito, de temor recíproco, ao ponto de parecermos perigosos uns para os outros?” – questionou o Papa.

À multidão de fiéis, 40 cardeais e 50 bispos presentes, o Pontífice afirmou que a Igreja deve ser um “lugar de unidade e de comunhão na verdade”, que propicie o encontro e a comunicação das pessoas, na qual os cristãos não se fechem em si mesmos, mas que se “orientem para o todo”.

Bento XVI instou a viver segundo o espírito da unidade e da verdade, e recordou palavras de São Paulo, afirmando que a vida das pessoas está marcada por um conflito interior entre “os impulsos que provêm da carne e os que provêm do espírito, e não podemos segui-los, todos”.

“Com efeito, não podemos ser ao mesmo tempo egoístas e generosos, seguir a tendência de dominar os outros e sentir a alegria do serviço desinteressado. Temos sempre que escolher que impulso seguir” – disse o Papa, explicando que “as obras da carne são os pecados de egoísmo e de violência, como inimizade, discórdia, invejas e desacordos: são pensamentos e ações que não fazem viver realmente como humanos e cristãos, no amor. Ao contrário, o Espírito Santo nos guia a Deus”.

Fonte CNBB


QR Code Business Card